ESPAÇO FEMININO: História em quadrinhos conta como a vagina virou um tabu na sociedade

A relação da humanidade com a genitália feminina é revisitada nos quadrinhos de Liv Strömquist.

Por que a genitália feminina é um assunto tão tabu? É essa pergunta que a cartunista Liv Strömsquist tenta responder no livro “A Origem do Mundo: uma história cultural da vagina ou da vulva vs. o patriarcado” (ed. Quadrinhos na Cia, R$ 69,90). Usando a linguagem dos quadrinhos, com muita ironia, bom humor e uma extensa pesquisa histórica, ela reconta como a relação da humanidade com a vagina e a vulva mudou ao longo dos tempos.

Lendo os quadrinhos, é possível saber sobre sociedades antigas que adoravam vaginas e como alguns cientistas que, segundo Liv, “que se interessaram um pouco demais por aquilo que se costuma chamar de ‘genitália feminina'” ajudaram a transformá-las em algo vergonhoso, um assunto sobre o qual não se fala.

É uma HQ para ler sorrindo, a cada página pensando: “nossa! Então é por isso que eu quero diminuir meus grandes lábios” ou “uau! Então foi assim que o clitóris sumiu dos livros”. E, ao final, sair com o delicioso alívio de saber que está, sim, tudo ótimo com a sua vagina – o problema é a sociedade mesmo.

POR Helena Bertho
da Universa

BACABAL: PT aprova por ampla maioria o nome de Zé William como o pré-candidato a prefeito 2

O Partido dos Trabalhadores de Bacabal esteve reunido na última quarta-feira (18) com o presidente municipal do PT, Raimundo Sousa, e todos os membros do diretório. Na pauta, escolha do pré candidato a prefeito nas eleições suplementares em Bacabal/MA.

Logo após a reunião Zé William recebeu as confirmações de apoio do Deputado Estadual Zé Inacio, do Deputado Federal Zé Carlos, do Presidente Estadual do PT Augusto Lobato, do representante do PT Nacional Raimundo Monteiro, Rogério do PT da Executiva Estadual do Partido, Edinalva Lima Secretária Estadual de Mulheres do PT e da Presidenta Nacional do PT Senadora Gleisi Hoffmann. Na oportunidade foi feita uma avaliação da conjuntura política nacional com o registro da candidatura de Lula Presidente em 15 de agosto de 2018. Sobre a conjuntura estadual foi debatido a possibilidade de o PT participar da chapa majoritária do governador Flávio Dino indicando o Vice ou um Senador, e na impossibilidade de participar da chapa majoritária o PT lançará as candidaturas de Aníbal Lula da Silva Lins Governador, Adriana da CUT Senadora, Márcio Jardim Senador, Chapas próprias de Federais lideradas pelo Deputado Zé Carlos e Chapas próprias de Estaduais lideradas pelo Deputado Zé Inácio.

Quanto a conjuntura local foi decidido por ampla maioria o nome de Zé Willian para concorrer ao cargo de Prefeito da cidade de Bacabal. Todos os dirigentes municipais, estaduais e nacionais do PT já haviam declarado apoio a pré candidatura de Zé William em reuniões anteriores.

Zé William é servidor público do poder Judiciário, foi o coordenador regional das campanhas de Lula e da Presidenta Dilma nas eleições de 2014, é o atual secretário de organização do PT em Bacabal e tem todas as condições de ser escolhido pelo povo para ser o próximo Prefeito de Bacabal e realizar uma excelente gestão democrática, participativa e com geração de empregos e renda ao lado do Presidente Lula que será eleito pelo povo em outubro de 2018.

Marcos Lobo é o mais novo filiado do PT: “Entro no PT para engrossar as fileiras em defesa do Lula, Zé Dirceu e da candidatura própria no MA” 2

Vários petistas elogiaram a atitude do advogado em escolher o PT para se filiar num momento em que o partido e suas principais lideranças sofrem uma perseguição implacável de setores do Ministério Público, Justiça Federal, Polícia Federal e da grande mídia.

O advogado constitucionalista Marcos Lobo é o mais novo petista de carteirinha do Maranhão.

O jurista, um dos mais talentosos do país, teve sua filiação aprova pelo diretório municipal do partido que é presidido pelo vereador Honorato Fernandes, que entendeu que o momento é de mobilizar vários setores da sociedade e personalidades em defesa do movimento “Lula Livre”.

Marcos Lobo é um dos maiores defensores do ex-presidente Lula e do ex-ministro José Dirceu e já deixou isso claro em vários artigos publicados no seu blog, entre eles o excelente texto “Caso triplex: peço/absolvo Lula”, postado em janeiro deste ano (leia aqui).

Ao Blog do Robert Lobato, Marcos Lobo disse que entra no PT “para engrossar as fileiras em defesa do Lula, Zé Dirceu e da candidatura própria do partido no Maranhão com Aníbal Lins governador” – o sindicalista e economista é pré-candidato a governador pelo PT.

Vários petistas elogiaram a atitude do advogado em escolher o PT para se filiar num momento em que o partido e suas principais lideranças sofrem uma perseguição implacável de setores do Ministério Público, Justiça Federal, Polícia Federal e da grande mídia.

O ex-coordenador das campanhas de Lula e Dilma no Maranhão, o sindicalista Evandro Sousa, afirmou que “se trata de um excelente quadro que irá qualificar ainda mais o PT no Maranhão e agregar valor no debate político sobre o nosso estado”.

O ex-secretário de Estado, José Antônio Heluy, também elogiou a filiação de Marcos Lobo. Para o petista, “a filiação desse competente jurista vai ajudar na luta em defesa de Lula, do companheiro José Dirceu e todos os dirigentes petista que sofrem uma injustiça neste momento. Seja bem-vindo, companheiro Marcos Lobo”.

Já o ex-presidente municipal do PT/São Luis, professor Fernando Silva, se manifestou sobre a filiação de Marcos Lobo no partido assegurando que “se trata de um fato político de muita importância e que todos que entram no PT para defender Lula e demais companheiros são bem-vindos”.

De fato, não há como negar a importância da filiação de um quadro da grandeza do advogado Marcos Lobo.

O PT só tem a ganhar.

VÍDEO: Ao lado de petista, Adriano Sarney afirma que ‘Roseana é a Lula do Maranhão’ 8

Ao lado do petista Edmilson Carneiro, o jovem parlamentar afirmou que “Roseana é a Lula do Maranhão” e sendo assim não tem como o grupo Sarney deixar de votar no petista, que ainda encontra-se na condição de preso político na famigerada “república de Curitiba”.

Enquanto o governador e o seu PCdoB esnoba Lula e o PT, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) anda pelo estado com a sua caravana afirmando que votará em Lula, caso o petista consiga ser candidato a presidente de República.

Ontem, sábado, 21, por exemplo, Roseana esteve na cidade Vargem Grande em ato que contou com a participação de lideranças locais do MDB (Miguel Fernandes), PMN (ex-vereador Abdias Cidrão), PV (Dr. Fernando), PRB (Raimundo Verde) e do PT (Edmílson Carneiro), e mais uma vez a emedebista reafirmou que votará em Lula para presidente.

Contudo, quem roubou a cena do ato foi o sobrinho da “Branca”, o deputado estadual Adriano Sarney (PV).

Ao lado do petista Edmilson Carneiro, o jovem parlamentar afirmou que “Roseana é a Lula do Maranhão” e sendo assim não tem como o grupo Sarney deixar de votar no petista, que ainda encontra-se na condição de preso político na famigerada “república de Curitiba”.

 

 

 

 

Presidente do PCdoB diz que Lula não é candidato a presidente 2

Luciana Santos, presidente do PCdoB, durante reunião do partido na sexta-feira (20).

Em reunião no diretório nacional na última sexta-feira (20), a presidente do PCdoB, deputada federal Luciana Santos (PE), indicou que o desejo do partido seria uma unidade da esquerda, com PT, PDT e PSB. Essa união, porém, estaria complicada, neste momento, pela indefinição da candidatura do ex-presidente Lu

“O que ocorre? Uma coisa é você ter Lula. Lula candidato a presidente da República não dá para ninguém, é todo mundo se juntar e a gente fazer um bom debate. Mas acontece que não é Lula o candidato. Será um candidato do PT”, disse. A fala de Luciana aconteceu um dia após reunião entre dirigentes do PT e do PCdoB em São Paulo a respeito da eleição nacional.

Condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro, Lula, atualmente, está inelegível, de acordo com a Lei da Ficha Limpa. O PT, porém, sustenta que irá registrá-lo como seu candidato ao Planalto em 15 de agosto e e que lutará pela elegibilidade de Lula até quando for possível.

Sobre esse ponto, a presidente do PCdoB diz que “essa tática de levar a candidatura de Lula até as últimas consequências é de altíssimo risco”. Para Luciana, deveria haver, por parte do PT, compreensão de que, “para a elite, enfrentar Lula é uma coisa, mas enfrentar o PT não é, assim, enfrentar Lula”

“Quando você tira Lula da cena, não quer dizer que os votos vão para o candidato do PT. Tanto é que uma turma vai para Marina [Silva, da Rede]. Até para Bolsonaro [deputado federal pelo PSL] vai”, avalia Luciana.

O PCdoB apoiou o PT em todas as eleições presidenciais desde 1989, mas, neste ano, tem sua própria pré-candidata, a deputada estadual Manuela D’Ávila (RS). “A tendência principal nossa é a manutenção da candidatura porque a dispersão das nossas forças prevalece”, diz Luciana.

Na última pesquisa Datafolha, divulgada em 10 de junho, em cenário sem Lula e sendo substituído pelo ex-prefeito paulistano Fernando Haddad (PT), Bolsonaro tem 19% das intenções de voto, Marina, 15%, Ciro, 10% e Manuela, 2% das intenções de voto. Haddad fica com 1%.

Já no último Ibope, de 26 de junho, Bolsonaro registrou 17% das intenções de voto, Marina, 13%, Ciro, 8%, Haddad, 2% e Manuela, 1%.

A presidente do PCdoB avaliou que, atualmente, há um isolamento por parte do PT com relação à candidatura do PDT, com Ciro Gomes. “Nós achamos que teria de haver um entendimento entre as lideranças do nosso campo que mais pontuam [nas pesquisas], que cumprem papel decisivo no desfecho dessa eleição, que é Ciro, do PDT, e Lula, do outro”, pontuou. “Até agora, a tendência é não haver entendimentos em torno disso”.

Luciana diz que, hoje, a esquerda deveria se unir para vencer a eleição presidencial e dar “à injustiça de Lula estar preso”. “Então todos os projetos partidários deveriam estar abaixo do projeto nacional. Mas o que tem o que trem prevalecido é isso.

Apesar de ter uma pré-candidata, o PCdoB tem sido cortejado, nos últimos dias, pelo PT para uma aliança em torno da candidatura de Lula.

Em função disso, os petistas adiaram algumas de suas convenções estaduais para 2 de agosto à espera de uma posição sobre coligação com o PCdoB, que fechará seu entendimento nacional até 1º de agosto. PT deverá ter a definição quanto a suas alianças até 4 de agosto, quando fará sua convenção nacional para lançar a candidatura de Lula ao Planalto.

(Fonte: Notícias UOL)

ELEIÇÕES 2018: Flávio Dino implora para Gleisi Hoffmann mudar data do encontro do PT 9

A pergunta que não quer calar é: Por que será que a presidenta do PT atendeu o pedido desesperado de Flávio Dino?

Que o presidente estadual do PT Augusto Lobato é uma “rainha da Inglaterra” tudo que é petista e não petista sabe. Quem preside o PT de fato no Maranhão é o secretário Francisco Gonçalves (Direitos Humanos e Participação Popular).

Essa história de que o encontro do PT, que estava marcado para o dia 27 de julho, foi mudado porque o Augusto Lobato pediu para presidenta Nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, é pura balela, conversa fiada!

Na verdade foi o governador Flávio Dino (PCdoB) que ligou pessoalmente para Gleisi Hoffmann implorando pela mudança da data do encontro petista sob a alegação de que o PCdoB ainda definiu qual rumo seguirá para a eleição de presidente, ou seja, se vai com Ciro, Bolsonaro, Alckmin, Lula ou se vai de candidatura própria com a bela mas fraquinha (eleitoralmente) Manuela d’Ávila.

Flávio Dino mente e mente muito. Mas, pior, que convence.

Mentiu para a presidenta Gleisi Hoffmann, que tem a consciência da mentira do governador maranhense, só que não teve como ela dizer não.

A pergunta que não quer calar é: Por que será que a presidenta do PT atendeu o pedido desesperado de Flávio Dino?

Cedo ou mais tarde saberemos.

SENADO 2018: Weverton Rocha quer Fernando Fialho de primeiro suplente 2

Fernando Fialho é sogro de outro traquino igual a Weverton Rocha, o também deputado federal Juscelino Rezende, que vem ser sobrinho do deputado estadual Stênio Rezende e ainda é presidente do DEM.

Roseana Sarney orientando seu secretário Fernando Fialho.

O deputado federal e pré-candidato a senador pelo PDT deseja emplacar o ex-secretário de Roseana Sarney, Fernando Fialho, para primeiro suplente de senador na sua chapa.

Fernando Fialho era um dos nomes de confiança de Roseana Sarney (MDB) e do seu marido Jorge Murad, e um dos homens fortes do governo da emedebista, mas de repente virou “queridinho” do governo Flávio Dino (PCdoB) tanto que faz parte do time dos ex-gestores do governo da Branca que não foi alcançado pelo “Controle e Transparência” do secretário Rodrigo Lago, filho do ex-deputado Aderson Lago. E olha que Fernando Fialho operou horrores!

“E por que Fernando Fialho, Bob”?, pergunta aquele leitor inquieto.

Ora, bolas!

Fernando Fialho é sogro de outro traquino igual a Weverton Rocha, o também deputado federal Juscelino Rezende, que vem ser sobrinho do deputado estadual Stênio Rezende e ainda é presidente do DEM.

Tudo combinado com o governador Flávio Dino que não quer ver nem de perto o PT na sua chapa.

Resumindo a história: Flávio Dino prefere o DEM ao PT.

Entenderam, né?

ELEIÇÕES 2018: Apoio do “centrão” fortalece Geraldo Alckmin e consequentemente Roberto Rocha 6

Isso porque o simples fato do fortalecimento político e eleitoral de Alckmin significa o fortalecimento de Roberto Rocha, pois Alckmin é Roberto e Roberto é Alckmin. Entendeu, né Manuela D’Ávila?

A se confirmar o acordo do chamado “centrão”, capitaneado por DEM e PP, além do já declarados aliados PTB e PSD, o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) ganha musculatura na campanha rumo ao Palácio do Planalto.

Esse eventual acordo será um fato novo na campanha eleitoral, com potencial para mudar o jogo a favor do pré-candidato tucano.

As esquerdas já acusaram o golpe através da pré-candidata a presidente de mentirinha do PCdoB, Manuela D’Ávia, que pela rede social do Twitter declarou: : “Os partidos do centrão que apoiam Alckmin ocupam vários ministérios e são a espinha dorsal do governo Temer. Esse apoio demonstrou que o tucano é a continuação do governo mais odiado da história do país. Nessas eleições, Temer é Alckmin e Alckmin é Temer.”

O engraçado, não fosse ridículo, é que o PCdoB de Manu estava flertando até dias atrás com o também presidenciável Ciro Gomes (PDT), que por sua vez estava maluco atrás do mesmo centrão que agora a mesma Manu ridiculariza. É a tal “coerência” comunista de todo nosso santo dia.

Roberto Rocha fortalecido

Não há como desconhecer ou ignorar que uma vez selado o acordo centrão/Alckmin a pré-candidatura do senador Roberto Rocha (PSDB) ao Governo do Maranhão vai ser vitaminada ainda que não haja a verticalização, no Maranhão, do arco de alianças costurado pelo presidenciável tucano.

Isso porque o simples fato do fortalecimento político e eleitoral de Alckmin significa o fortalecimento de Roberto Rocha, pois Alckmin é Roberto e Roberto é Alckmin.

Entendeu, né Manuela D’àvila?

SANTA HELENA: Prefeitura realiza “Julho Amarelo” para prevenir os riscos de hepatites virais

A Prefeitura de Santa Helena em parceria com a secretaria de Saúde do município realizam rotineiramente ações da saúde que envolvem os profissionais da área com a população que busca os mais diversos tipos de atendimentos.
Julho Amarelho como é batizado por ser o mês de conscientização das hepatites virais, trás consigo vários serviços que estão sendo oferecidos aos helenenses.
Durante todo o dia de hoje (18) está sendo realizado na Praça da Bandeira os atendimentos de Aferição da PA, Teste de Glicemia, Testes rápidos, Palestras, Orientações de saúde bucal, consultas médicas, vacinação, atendimento Nasf e muito mais.
A dedicação que as equipes de Saúde e que o Prefeito Zezildo Almeida tem com a população de Santa Helena é um feito que por alguns anos a cidade não viu.
Dedicação, trabalho e muitas pessoas sendo atendidas, quem comparece nas ações para se prevenir, sai satisfeito e claro com a saúde em dia, o que é mais importante.
Para o Prefeito Zezildo, essas ações estabelecem na cidade um elo de confiança entre poder público e população, pois os dois unidos conseguem mudar a vida de muita gente.
Prefeitura de Santa Helena- União, Trabalho e Compromisso.

ELEIÇÕES: Sobre “esconder” sobrenomes 22

Imaginem se adianta alguma coisa Ricardo, Andrea, Roseana, Zequinha, Edinho etc., “esconderem” os sobrenomes dos eleitores…

A luta política no Maranhão tem umas idiotices que é de fazer dó.

Agora passaram a dizer que os pré-candidatos da família Murad e Sarney estão “escondendo” os seus sobrenomes dos eleitores por vergonha. Santo Deus!

Esse negócio de omitir sobrenomes em material de campanha nada tem a ver com fatos negativos envolvendo as famílias citadas. Tudo não passa de coisa de marqueteiro e que não é de agora.

Eu, particularmente, acho isso uma bobagem e quando for candidato não abrirei mão do meu Lobato nem que Duda Mendonça peça, ora bolas!

Imaginem se adianta alguma coisa Ricardo, Andrea, Roseana, Zequinha, Edinho etc., “esconderem” os sobrenomes dos eleitores…

Será que existe no Maranhão alguém que não saiba quem são essas pessoas pelo nome e sobrenome? Até é possível que sim, claro, mas qualquer eleitor com a miníma da miníma informação sabe quem são todos, independente se os sobrenomes estejam ou não estampados no material de campanha.

Enfim, é cada factoide que neguinho inventa.

Eu, hein!