URBANO SANTOS: Prefeita Iracema Vale inaugura três escolas na Zona Rural 2

Os barracões de palha agora fazem parte do passado dos alunos do povoado Canzilo, São Felipe e Bacabal, na Zona Rural de Urbano Santos, cidade a 262 quilômetros da capital. A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação, inaugurou neste sábado (17), três escolas nestas localidades.

O ato significa mais um avanço na meta da gestão da prefeita Iracema Vale, em priorizar e melhorar a Educação no município. Os novos prédios atendem perfeitamente os padrões exigidos pelo MEC (Ministério da Educação) e foram construídos com recursos próprios.

Diante do atual cenário econômico, a prefeita destaca que a boa gestão consegue buscar o equilíbrio das contas e com isso não parar de investir no município. “Inaugurar três escolas não é uma tarefa fácil. Mas na nossa gestão, a educação é algo prioritário. Os estudantes precisam estar em locais adequados para o ensino e por isso nos esforçamos para cumprir esta meta”, declarou a Iracema Vale.

As escolas vão acolher estudantes do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) e EJA (Educação de Jovens e Adultos). Amplas e modernas, as unidades possuem sala com capacidade para 30 alunos, secretaria, cantina, local adequado para o armazenamento de merenda escolar, banheiro feminino e masculino.

URBANO SANTOS: Folia carnavalesca de qualidade e funcionários com o “faz-me rir” no bolso

Enquanto vários municípios maranhenses estão penúria seja por dificuldades econômicas conjunturais ou por incompetência e malversação dos recursos públicos, em Urbano Santos, cidade localizada na Região do Baixo Parnaíba, é só alegria.

Além de contar com uma vasta e qualificada animação carnavalesca, o povo urbano-santense vai brincar o carnaval em meio a mais obras que serão entregues pela prefeita reeleita Iracema Vale (PT).

Outro diferencial da gestão de Urbano Santos é a situação do funcionalismo público que vai cair na folia com o salário no bolso e totalmente em dia, o que vai de encontro ao que acontece com centenas de outros municípios que estão com meses de vencimentos dos servidores em atraso.

“Em Urbano Santos na Gestão todos os funcionários estão em dias: efetivo, comissionados, contratados, ou seja, todos os nossos colaboradores passarão o carnaval com dinheiro no bolso. E ainda iremos inaugurar 5 escolas construídas com recursos próprios. O trabalho não para”, comemora a prefeita.

É isso aí…

URBANO SANTOS: Projeto melhora qualidade de vida de idosos

Desde 2012 o projeto “Aproveitando a Melhor Idade” oferece aos idosos de Urbano Santos diversas atividades que vão desde o lazer, passando pela saúde, oficinas de cursos focados em geração de renda e a garantia de direitos. O trabalho é desenvolvido pela prefeitura de Urbano Santos, por meio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), órgão ligado a Secretaria Municipal de Assistência Social.

O projeto atua em diversas frentes. Uma delas é o encontro semanal para realização de atividades físicas com profissionais especializados. Os exercícios são responsáveis por melhorar a qualidade de vida dos idosos por conta dos impactos na saúde física e mental, proporcionando bem-estar e aumento da autoestima. Os participantes também recebem atenção à saúde por meio de ações que oferecem acompanhamento clínico e realização de exames rápidos.

A coordenadora do “Aproveitando a Melhor Idade”, Lurdes Silva, disse que o resultado das ações na vida do idosos do município é positivo. “Além de se sentirem valorizados pela gestão municipal, os participantes têm acesso a informações e direitos que muitas vezes nem sabiam que existiam” diz a coordenadora.

Por meio desses trabalhos, a Secretaria Municipal de Assistência Social proporciona a reinserção social do idoso que, em muitos casos, vive à margem da sociedade.

Atualmente são 80 idosos inscritos no projeto. As ações contam com apoio de outros órgãos e secretarias do município como Cultura, Saúde, Mulher, Transporte, Trabalho e Finanças. A integração das secretarias faz parte do sucesso do projeto, como destaca a secretária municipal de assistência social, Caroline Soeiro.

“O projeto é mantido completamente pela prefeitura. As outras secretarias são acionadas e prontamente atendem às necessidades, fazendo assim com que as atividades sejam realizadas”, disse a secretária.