O Governo do Maranhão começa a liberar créditos do Bolsa Escola 2018 na próxima semana.

Cerca de 1.800 estabelecimentos estão aptos a realizar a venda de material escolar aos beneficiários do Bolsa Escola neste ano. O quantitativo é 22% maior do que o alcançado no ano passado

“Dia 31, na próxima quarta-feira, estará disponível crédito em cartões das nossas crianças para que possam garantir a compra de seu material escolar”, conta o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, responsável pelo Bolsa Escola.

O Bolsa Escola concede crédito para famílias cadastradas no Bolsa Família, do Governo Federal, com filhos em idade escolar.

Trata-se de um complemento de renda feito pelo Governo do Maranhão para garantir caderno, livro, canetas e outros itens escolares às crianças e aos adolescentes.

Esta é a terceira edição do Bolsa Escola. Para liberar os créditos, o Governo do Maranhão estava aguardando o Governo Federal revisar a lista dos beneficiados do Bolsa Família, já que esta é a base de quem será alcançado pelo programa maranhense.

Com a revisão concluída, o Governo do Estado pôde organizar o cronograma para a concessão do crédito.

Quem tiver dúvidas pode acessar www.bolsaescola.sedes.ma.gov.br/site/ ou usar os aplicativos referentes ao programa.

Comércios credenciados

Cerca de 1.800 estabelecimentos estão aptos a realizar a venda de material escolar aos beneficiários do Bolsa Escola neste ano. O quantitativo é 22% maior do que o alcançado no ano passado.

Por meio de um cartão magnético tipo débito, as famílias beneficiárias poderão realizar compras nas lojas e comércios autorizados em seus próprios municípios para a venda de material escolar.

Confira a mensagem do secretário Neto Evangelista:

ELEIÇÕES 2018: Neto Evangelista também cotado para vice de Flávio Dino 30

Ainda que esteja focado na sua reeleição de deputado estadual, Neto Evangelista é um dos nomes cotados para ser o próximo vice de Flávio Dino, não somente porque é bem articulado politicamente e muito carismático, mas também por ser reconhecidamente um dos melhores secretários do Governo do Maranhão e, sobretudo, leal ao governador

O final de semana foi marcado pela notícia de que o secretário de Educação, Felipe Camarão, estaria pronto para filia-se ao DEM para disputar as eleições de 2018 como candidato a vice-governador ou senador na chapa liderada por Flávio Dino (PCdoB).

Ocorre que outro secretário de Estado também é cotado para ser vice do atual governador do Maranhão.

Segundo apurou o Blog do Robert Lobato, o deputado estadual licenciado Neto Evangelista estaria nos planos do governador Flávio Dino para uma eventual composição na chapa majoritária na condição de vice.

Neto Evangelista ainda está filiado ao PSDB, mas provavelmente deixará o partido porque os tucanos terão candidato próprio ao governo cujo nome é o do senador Roberto Rocha.

Atual comandante da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Neto Evangelista já teria recebido convites para se filar ao PTB, Solidariedade, PPS, PSB e mesmo no DEM. Chegou a ser ventilado que a direção do PRB teria convidado o secretário para se filiar a este partido, mas em conversa com este blogueiro Neto negou tal convite.

No PSB

Observadores atentos da cena política local garantem que o convite de filiação de Neto Evangelista no PSB é mesmo para que ele seja o vice de Flávio Dino. O problema nesse particular é que a legenda socialista está em disputa interna entre o pessoal de Pernambuco, que atualmente controla o partido, e pessoal de São Paulo, cujo nome principal para presidir a sigla do “40” é o vice-governador paulista Márcio França.

Está prevista para março a definição da nova direção e do novo presidente do PSB.

Caso o escolhido seja Márcio França, aí Neto Evangelista poderá encontrar dificuldades para entrar nos quadros do partido, uma vez que, nessa situação, os socialistas tendem apoiar a candidatura de Roberto Rocha.

O fato é que Neto Evangelista ainda que esteja focado na sua reeleição de deputado estadual contando com apoios de peso como os prefeito Hilton Gonçalo (Santa Rita) e Luis Fernando (São José de Ribamar), é um dos nomes cotados para ser o próximo vice de Flávio Dino, não somente porque é bem articulado politicamente e muito carismático, mas também por ser reconhecidamente um dos melhores secretários do Governo do Maranhão e, sobretudo, leal ao governador.

É aguardar e conferir.