ELEIÇÕES 2018: Ricardo Murad reúne imprensa para anunciar pré-candidatura ao governo e apresentar “Carta Compromisso” 10

O ex-secretário assegura que fará uma campanha propositiva e que não vai se limitar apenas a bater em Flávio Dino como muitos podem achar.

Amanhã, terça-feira, 12, o ex-secretário Ricardo Murad vai anunciar oficialmente que irá disputar o governo do Maranhão em 2018.

Em coletiva à imprensa, Ricardo reunirá a executiva do PRP para, além de ratificar a sua pré-candidatura de governador, apresentar uma “Carta Comprimisso” com várias propostas “inovadoras, arrojadas e viáveis para o nosso estado”, para usar as palavras do próprio pré-candidato.

Não obstante seja de um partido “nanico” praticamente sem tempo no horário gratuito de rádio e tevê, Ricardo Murad avalia que pode fazer uma boa campanha via redes sociais, debates e encontros presenciais pelo Maranhão afora.

O ex-secretário assegura que fará uma campanha propositiva e que não vai se limitar apenas a bater em Flávio Dino como muitos podem achar.

Farei uma campanha propositiva, pra cima e defendendo ideias e projetos viáveis para o Maranhão. Quem achar que limitarei a minha campanha a bater no Dino vai quebrar a cara, pois quero discutir o nosso estado, embora as criticas a essa gestão desastrosa do comunista serão invitáveis”, disse Ricardo ao Blog do Robert Lobato.

O lançamento da pré-candidatura de Ricardo Murad será feito no Hotel Luzeiros.

ELEIÇÕES 2018: Ricardo Murad vai apresentar diretrizes do seu “Plano de Governo” 12

O ex-secretário de Saúde usou ainda a rede social do Facebook para comentar os números da pesquisa Vox Populi contratada pela Jakarta Publicidade

O ex-secretário de Saúde do governo Roseana Sarney (PMDB), Ricardo Murad, vai, ainda este ano, apresentar à imprensa e à sociedade em geral o que seria as diretrizes do seu “Plano de Governo”.

Quem teve acesso ao documento afirma tratar-se de algo “arrojado” e “diferente de tudo do que já se viu em termos de objetivos, metas e projetos socioeconômicos bem definidos e viáveis”.

Apresentação estava marcada inicialmente para acontecer nesta quarta-feira, 6, mas foi adiada para o próximo dia 12 de dezembro.

Pela sua página pessoal no Facebook, o pré-candidato pelo PRP anunciou: “Reunião da Executiva do PRP remarcada para o dia 12 de dezembro. Mais próximo comunico hora e local. Estamos trabalhando para apresentar o conceito de um projeto estratégico para o Maranhão e precisamos de mais um pouco de tempo”.

Bom, quem conhece um pouco o perfil de Ricardo Murad sabe que se trata de um gestor realmente ousado, líder que valoriza os bons talentos da sua equipe, delega e cobra tarefas, enfim, é alguém que tem foco em resultados, característica fundamental para qualquer gestor público, ou melhor dizendo, para um “empreendedor público”.

Vox Populi

Ricardo Murad usou a rede social do Facebook também para comentar os números da pesquisa Vox Populi, contratada e apresentada pela Jakarta Publicidade, na tarde de ontem, 4, no Hotel Luzeiros.

O ex-secretário de Saúde mostrou-se confiante na vitória da oposição assegurando que que a pesquisa confirma a insatisfação do eleitorado com o governo de Flávio Dino.

Como digo, a população clama por um novo governo. Flavio Dino, eleito com 68% dos votos, a cada dia perde eleitores. Nessa pesquisa nacional divulgada hoje pelo instituto Vox Populi, está com apenas 37% das intenções de voto. Os nomes da oposição já somam 52%. O resultado confirma a insatisfação cada vez maior com o governo comunista que não cumpriu nada do que prometeu. E ainda estamos na fase embrionária do processo eleitoral.
Vamos que vamos. A vitória será da oposição”, postou.

Se realmente levar a cabo o projeto “Ricardo governador-44”, e nada levar a crer que não o fará, e conseguir o um tempo minimante razoável no horário gratuito, não há sombras de dúvidas de que o “Trator” dará trabalho para muita gente aí.

É aguardar e conferir.

ELEIÇÕES 2018: Ricardo Murad afirma que será candidato e pode “tocar o terror” nos comunistas 4

Ainda que tenha feito opção por uma pequena legenda que sequer tem tempo no horário eleitoral de rádio e tevê, se conseguir mais alguns outros partidos para viabilizar uma candidatura majoritária, com certeza Ricardo Murad dará muito trabalho para o atual governador do estado.

O ex-deputado, ex-prefeito e ex-secretário de Saúde Ricardo Murad divulgou nas redes sociais uma “Carta aos Maranhenses”, na noite desta segunda-feira, 23, em que confirma sua filiação ao PRP e anuncia que será candidato nas eleições de 2018.

“Filiei-me ao Partido Republicano Progressista (PRP), partido pelo qual disputarei as próximas eleições, de forma a fortalecer o vasto espaço oposicionista que irá eleger o nosso novo governador”, afirmou Murad,

Na sua carta, Ricardo destaca o trabalho empreendido quando comandou a Secretaria de Saúde no governo Roseana Sarney (PMDB) e aproveitou para bater na gestão do governador Flávio Dino (PCdoB) considerada pelo ex-secretário um fracasso fragoroso.

“O governo comunista, ao invés das falsas promessas e da expectativa criada junto dos eleitores, fracassou fragorosamente”, avalia.

Ricardo Murad sempre sustentou que o governo Flávio Dino não tinha “o perigo de dar certo”. Opositor implacável do comunista, o ex-deputado paga um preço altíssimo pela pela sua coragem de enfrentar o governador que já tentou de tudo, moveu terra e céu para vê-lo preso, mas não conseguiu.

Ainda que tenha feito a opção por uma pequena legenda que sequer tem tempo no horário eleitoral de rádio e tevê, se conseguir mais alguns outros partidos para viabilizar uma candidatura majoritária, com certeza Ricardo Murad dará muito trabalho para o atual governador do estado.

E poderá “tocar o terror” nos comunistas.

É agudar e conferir.