PT/MA: “Futebol Lula Livre” acontece nesta quinta-feira, 27 12

As partidas de futebol são chamada “NINGUÉM SOLTA A MÃO DE NINGUÉM”, numa alusão à resistência de petistas e aliados do PT contra a prisão do ex-presidente Lula.

Dirigentes, militantes e simpatizantes do PT participam amanhã, quinta-feira, 27, de confraternização em forma de uma “pelada” denominada “Futebol Lula Livre”.

A “confra” será na Sede Recreativa do Sindicato dos Comerciários, no bairro do Laranjal, em São José de Ribamar, a partir das 9h.

As partidas de futebol são chamada “NINGUÉM SOLTA A MÃO DE NINGUÉM”, numa alusão à resistência de petistas e aliados do PT contra a prisão do ex-presidente Lula.

Segundo o presidente do Sindicato dos Comerciários, Osvaldo Muller, um dos coordenadores do evento, “a ideia central é confraternizar petistas e aliados em torno da luta pela campanha Lula Livre, além de marcar nossa oposição ao governo Jair Bolsonaro que é herança do golpe contra o ex-presidente Dilma ocorrido em 2016”.

Outro coordenador do “Futebol Lula Livre”, o secretário municipal de Produção e Abastecimento, Nonato Chocolate, que é também dirigente estadual do PT, afirmou que “o ano de 2018 não poderia passar batido sem que os petistas maranhenses se confraternizassem em torno da liberdade do companheiro Lula simbolizada na campanha Lula Livre, e que o momento é de unir não apenas o PT, mas todos aliados do partido que entendem que a prisão de Lula é um atentado à democracia e aos direitos humanos. Também é uma forma de comemorar a grande vitória do nosso candidato a presidente da República, Fernando Haddad, no estado do Maranhão e no Nordeste”.

Os organizadores esperam a presença de um grande número de militantes e aliados do PT no “Futebol Lula Livre”.

Presenças já confirmadas, segundo os coordenadores: Deputados Zé Inácio e Luís Henrique, prefeito Domingos Dutra, Márcio Jardim, Augusto Lobato, Genilson Alves, Fernando Chetrepa, Dimas Salustiano, Francisco Gonçalves, Genilson Protásio, Eri Castro, Rodrigo Comerciário, Kleber Gomes, Marlozinho, Osmundo, Aluísio, Prof Zé Costa, Raimundo Monteiro, Vilanor, Cintra, Jomar Fernandes, Joubert, Fred Viana, Daniel, professor Chicão, professor Coelho, Ivanzinho, Saide, Genivaldo Abreu, Ligerinho, Luís Pedro, Sílvio Bembém, Aníbal Lins, Edmilson Santos, Gugu, Cacau, Raimundo Filho, Ribamar, Coelho, Manelito, Claudecir, Maxwell, Jr Esperança, Nivaldo, Zé Antônio, Raimundão, Miguel Pinheiro, Raimundo do Sindsep, Fernando Silva, Espião, Frasqueira, Araquém, Fernando Magalhães, Magal, Josmael, Volney, Paulo Romão, Márcio Negão, Arnaldo, Carneirinho, Luís Comerciário, Estênio do Posto, Machadinho, Capilé, Filipeza, Marcelo Gaguinho, Claudiney, Carlito Reis, Paulo Romão, Adailton, Xarope, Binê, Jean, Edson, Catatau, Leleco, Joan, Joab Jeremias, Francismar, Evandro, Titico, Daniel, Neil, Jonas Alves (Imperosa), Augusto Bastos e Filipeza.

O evento contará ainda com a participação dos jogadores profissionais Bibinha, Juca Balaia, Marco Aurélio, Kleber Pareira, Magno do Vasco , Raimundinho e Josemar ex-Seleção Brasileira.

Participações especiais: governador Flávio Dino, senador eleito Weverton Rocha e dos deputados federais eleitos Márcio Jerry e Bira do Pindaré.

E ainda a cobertura do Blog do Robert Lobato.

ELEIÇÕES 2018: Roseana Saney e o “Lula livre” 12

É bem verdade que o amigo do peito de Lula não é Roseana, mas o pai dela o ex-senador José Sarney, cuja relação com o petista extrapola a política: é uma relação de compadrio.

“A luta de Lula por justiça também é nossa!”

Assim falou Roseana Sarney.

Algumas pessoas me questionaram sobre o que eu achava da ex-governadora Roseana Sarney (MDB) apoiar campanha ‘Lula Livre’.

Ora, Roseana foi aliada de Lula em todos os seus governo e no governo Dilma também. Acertaram e erraram juntos num conjuntura que era bem melhor do que essa que atravessamos agora.

É bem verdade que o amigo do peito de Lula não é Roseana, mas o pai dela o ex-senador José Sarney, cuja relação com o petista extrapola a política: é uma relação de compadrio. Basta lembrar quem Lula levou para São Bernado do Campos assim que desceu a rampa do Planalto em dezembro de 2010,

Logo, essa história de que reclamar que Roseana defende Lula agora por oportunismo é pura bobagem!

Talvez tenha “aliados ideológicos” de Lula que esteja agindo como mais falsidade e oportunismo do que a “Branca”.

Até porque Roseana não disputa o espólio de Lula para ser liderança nacional no lugar do petista…