ESPAÇO FEMININO: Bolsas, as inseparáveis companheiras das mulheres

Há de todos os tipos e para todos os gostos. Vários modelos, cores, marcas e preços.

Se há algo de que as mulheres não abrem mão é da companhia de uma bolsa.

Nem Freud se atreveu a explicar o porquê da paixão da mulheres por esse artigo que, mais do que de luxo, é quase uma necessidade fisiológica da mulherada.

Desde um modelito simples encontrado em qualquer loja de R$ 1,99 a modelos que custam até 5 mil dólares, há décadas as bolsas conquistaram o status de companheiras inseparáveis das mulheres, até mais do que o famoso “salto alto”.

E as bolsas não são apenas para as meninas carregaram dentro tudo que é tipo de penduricalhos não. Aliás, quem abre uma bolsa de mulher se depara com quase tudo. É coisa que não acaba.

O fator charme também é o ingrediente que faz desses acessórios quase uma parte do corpo da mulheres, como se elas fosse cabeça, tronco, membros e… bolsa!

E via de regra não bastam uma ou duas bolsas para atender o look das mulheres. Algumas possuem coleções inteiras que valem uma fortuna!

Quando resolvi escrever esse post procurei saber a opinião de algumas amigas sobre o porquê das mulheres gostarem tanto de bolsas. As opiniões, claro, variam tanto quantos as próprias bolsas.

Teve uma que garante não ser lá muito apaixonada por bolsas e passa um bom tempo com o mesmo modelo até a “bicha” ficar surrada. Eu gosto de bolsa , mas não tanto! Por exemplo, não sou aquela mulher que olha uma bolsa e sai comprando e nem gosto de trocar também. Eu uso uma até dizer já chega e quando enjoo, que compro outra”, disse uma das amigas consultadas.

Uma outra, assegurou que ama tudo em quantidade e que não é diferente em relação à bolsas.“Eu amo bolsas. Amo tudo, na verdade. Tenho tudo em grande quantidade, nada de apenas de 1”

Já uma terceira amiga disse o seguinte: “Bob eu adoro bolsas. Se eu pudesse tinha muitas. Mas tenho mais desejo por sapatos, e como não posso ter grande quantidade dos dois, eu compro mais sapatos kkkkkkk. A bolsa revela um pouco da personalidade da mulher, na minha opinião”.

Interessante esse ponto de vista sobre as bolsas revelarem um pouco sobre a personalidade das mulheres. Não havia pensando nisso…

Por incrível que possa parecer, surgiu uma mulher que disse não ser chegada à bolsas. “Não sou ligada nisso. Não sou consumista. Uso bolsa só para guardar bagulho porque não posso pendurar no pescoço. kkkkkkk. Eu fujo à muitas regras de “mulheres”. Não ligo pra marca, pra nada”, afirmou uma “rebeldizinha”. Rsrsrs

Contudo, entre as respostas que me deram ao questionamento, uma resumiu muito bem essa louca paixão das meninas pelo famoso acessório. “Bob, não sei te explicar porque gostamos tanto de bolsas, mas o fato é que é mais fácil uma mulher sair de casa sem a sua peça íntima do que sem uma bolsa. kkkkkkkkk”.

Mais sincera impossível, não é mesmo?  🙂

Até o próximo “Espaço Feminino”.