Os 9 anos do Blog do Robert Lobato 12

Muita coisa mudou desde quando chegamos na blogosfera. O próprio Blog mudou várias vezes sempre tentando fazer o melhor para a satisfação dos leitores e parceiros.

E lá se vão 9 anos de blogosfera…

Isso se não lavar em conta o primeiro blog que fiz no antigo zip.net, da UOL Blogs, no início dos anos 2000.

São nove anos de domínio próprio, a bem dizer. Aliás, teve um bom período no portal do Jornal Pequeno também.

Ao longo de desse tempo ganhei muitos admiradores e pessoas que incentivam o nosso trabalho. Mas também ganhei alguns desafetos que não sabem diferenciar posição e concepções políticas de questões pessoais. Faz parte!

“Bob, qual seria o melhor e o pior momento nestes 9 anos como blogueiro?”, perguntaria uma leitora muito especial do Blog do Robert Lobato (Rsrsrs).

Confesso que não saberia dizer qual o melhor momento. Talvez tenha sido quando da cobertura do impeachment da Dilma, quando gravei, direto de Brasília, vários vídeos com protogonistas daquele traumático momento da vida política nacional.

O pior o momento fica mais fácil de falar, infelizmente. Na verdade, os piores momentos.

Entre eles, quando perdi todos os meus arquivos dos tempos de Jornal Pequeno e agora mais recente os meus posts do robertlobato.com devido a irresponsabilidade da empresas responsável pela hospedagem do blog. Trata-se de um prejuízo incalculável para mim do ponto de vista intelectual e pessoal – modéstia à parte tinha ótimos textos que talvez nunca mais voltarão estar disponíveis para mim e os meus leitores. Uma lástima!

“E qual a melhor e a pior postagem que você escreveu, Bob?”, perguntaria novamente a minha dileta leitora.

Bom, foram tantas postagens interessantes neste 9 anos que seria um equívoco escolher uma especificamente. Sem falar que nem sempre a postagem que para mim é “top”, o é para o leitor. Mas,claro, há vários textos muito bons.

Também não é fácil identificar a pior postagem. Possível é dizer qual delas não escreveria novamente ou que não deveria ter escrito porque o fiz com raiva.

Por exemplo, há uma postagem em que julgo ter sido muito duro, e talvez até injusto, com a ex-deputada federal Rosângela Curado, ainda que minha ira possa encontrar uma explicação razoável que reside numa questão de quebra de confiança.

Mas, enfim, não é bom a gente escrever quando se está com raiva, ou, se tiver que escrever, escolher gente como Bolsonaro, Trump, Doria, aquele baixinho da Coreia do Note e gente desse naipe para liberar a adrenalina. Porém, se puder evitar, melhor!

Mudanças

Muito coisa mudou desde quando chegamos na blogosfera. O próprio Blog mudou várias vezes sempre tentando fazer o melhor para atender a satisfação dos leitores e parceiros.

E para entender melhor o Blog do Robert Lobato é preciso entender que o seu editor não é apenas um “blogueiro” simplesmente, mas uma militante político e social, além de um ativista digital! Logo tem lado e nunca pretendeu aceitar a falácia de que a imprensa tem que ser imparcial. Isso não existe!

É assim, com coragem, duro mas sem perder a ternura, procurando o equilíbrio na informação e nas análises, que o Blog do Robert Lobato completa exatos 9 anos de idade!

E que venham tantos outros anos pela frente.

Se Deus, São José de Ribamar e Nossa Senhora quiserem!

E eles há de quererem!

ELEIÇÕES 2018: Eduardo Braide está no jogo e pode disputar o governo filiado em partido “grande” 12

Os articuladores desse movimento são dois deputados maranhenses, um estadual e outro federal, e mais um senador de outro estado, mas do mesmo partido dos parlamentares do Maranhão.

Engana-se quem pensa que o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) já tenha desistido de disputar um cargo majoritário nas eleições de 2018.

Segundo apurou o Blog do Robert Lobato, a uma intensa movimentação de bastidores que visa convencer Eduardo a concorrer ao Governo do Estado. E não seria pelo PMN, mas por outro partido com mais tempo no horário eleitoral de rádio e tevê. Um partido “grande”.

Os articuladores desse movimento são dois deputados maranhenses e mais um senador por outro estado, mas do mesmo partido dos parlamentares do Maranhão.

Segundo um observador que acompanha de perto essas articulações, “a ideia é convidar o deputado Braide para o nosso partido para concorrer ao governo já que ele pode surpreender como ocorreu na disputa pela prefeitura de São Luis em 2016 e de repente ir para o segundo e ganhar a eleição. Além de ajudar o nosso partido eleger deputados estaduais e federais”.

O Blog do Robert Lobato procurou Eduardo Braide para tratar do assunto, mas não obteve um feedback do parlamentar.

SAÚDE DA “MUDANÇA”: Hospital do Câncer está proibido de divulgar dados sobre óbitos, segundo denúncia 2

Segundo denúncia, a ordem para o não fornecimento de dados sobre óbitos no Hospital do Câncer seria determinação da senhora Juliana Guerra, chefe de Enfermagem da unidade, mas quem de fato manda na referida unidade hospitalar.

O Blog do Robert Lobato recebeu a seguinte denúncia de um leitor. Volto em seguida.

Boa tarde meu amigo.
Veja se procede a informação de recebi agora de um servidor do Hospital Geral [Hospital do Câncer], mês passado foram 82 óbitos na unidade, muitos por falta de equipamentos e medicação.
Os servidores foram proibidos de divulgar esses dados.
Tenta confirmar

Comigo de novo
Pois bem. Para que não passasse a ideia de que o titular do Blog tem implicância ou faça oposição irresponsável a esse governo, foi encaminhado o seguinte e-mail para a Secretaria de Saúde (SES) com cópia para a poderosa Secretaria de Comunicação e Articulação Política (SECAP), conforme orientação da Assessoria de Imprensa da SES:

Caros, boa tarde
O Blog do Robert Lobato (www.blogdorobertlobato.com.br) recebeu a seguinte denúncia de um leitor:

Boa tarde meu amigo.
Veja se procede a informação de recebi agora de um servidor do Hospital Geral, mês passado foram 82 óbitos na unidade, muitos por falta de equipamentos e medicação.
Os servidores foram proibidos de divulgar esses dados.
Tenta confirmar

Para efeito de esclarecimento sobre o assunto, gostaria de saber da Secretaria de Estado da Saúde:
1. Há divulgação de óbitos no Hospital Geral? Em caso positivo como é feito e qual a frequência?
2. É possível fazer uma comparativo do número de óbitos nos últimos 3 anos em relação ao governo anterior?
3. Procede a informação de que maioria dos funcionários trabalha sem carteira assinada e sem os direitos trabalhistas 100% garantidos?
4. Procede ainda informação sobre falta de materiais hospitalares básicos e também de medicação para tratamento de vários tipos de câncer?

Grato pela atenção.

Não fiquei surpreso pelo feedback da SES, pois tinha certeza que o secretário Carlos Lula não se negaria a dar um posicionamento.

De fato foi enviado uma nota da SES ao Blog do Robert Lobato (veja abaixo) mas, infelizmente, ela não responde a absolutamente nada do que foi questionado com base nas denúncias feitas pelo leitor.

Nenhuma linha sobre o números de óbitos no Hospital Geral/Hospital do Câncer; nada sobre o porquê do hospital não divulgar esses números; completo silêncio sobre a falta de equipamentos, medicamentos e materiais hospitalares, enfim, é uma decepção total a nota da SES.

Em verdade, a nota apenas afirma que Hospital de Câncer do Maranhão é referência no tratamento de pacientes oncológicos, tem sido reconhecido no cenário nacional e internacional… blá blá blá, e que zela pela garantia da qualidade dos seus profissionais, sendo leviana a informação sobre não assegurar os direitos trabalhistas destes servidores.

O fato é que continua a suspeita de que o Hospital de Câncer do Maranhão sonega/omite dados sobre números de óbitos ocorridos na unidade e que isso seria uma determinação da senhora Juliana Guerra, chefe de Enfermagem do hospital e quem de fato dá as ordens por lá, segundo informações que não param de chegar ao Blog do Robert Lobato.

E assim segue a saúde da “mudança” no governo Flávio Dino.

Sai daí enquanto é tempo, Calos Lula!

Vaja a nota insossa da SES:

ELEIÇÕES 2018: Márcio Jerry como suplente de senador de Bira do Pindaré???? 2

Flávio Dino precisa de um senador “para chamar de seu” e nenhum dos pré-candidatos a senador lançados até agora, ligados ao Palácio dos Leões, pode ser considerado dessa forma, e  único que poderia sê-lo, o ex-governador José Reinaldo (ainda no PSB), é relaxado pelo comunista

Leia nota publicada na coluna Estado Maior, do jornal O Estado do Maranhão, edição desta segunda-feira, 30. Volto em seguida.

Alternativa
O governador Flávio Dino tenta criar uma alternativa para evitar que o seu principal auxiliar, Márcio Jerry, seja candidato a deputado federal em 2018.
Ele tenta encontrar formas de fazer do deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) um dos candidatos a senador em sua chapa,com Jerry de primeiro suplente.
Assim, garantiria um futuro mandato para o auxiliar e ainda o teria como coordenador de campanha no ano que vem.

Comigo novamente
Não é de hoje que há rumores de que o governador Flávio Dino (PCdoB) pensa em sacrificar o projeto “Márcio Jerry deputado federal”.

Além de ser considerado um candidato “muito pesado” eleitoralmente, a candidatura do homem forte do governo incomoda aliados da base que já estão no mandato ou outros candidatos de maior densidade eleitoral que poderiam somar mais no projeto de reeleição de Flávio Dino.

Contudo, Márcio Jerry avalia que sua candidatura de deputado federal é viável e mesmo necessária para o fortalecimento político não só do seu chefe, mas principalmente do PCdoB – em recente conversa com o titular deste blog, Jerry disse ser perfeitamente plausível ser candidato e ao mesmo tempo coordenador da campanha de Flávio Dino em 2018.

Quanto ao deputado estadual Bira do Pindaré (ainda no PSB) ser candidato ao Senado Federal, bom, isso é uma possibilidade real uma vez que Flávio Dino precisa de um senador “para chamar de seu” e nenhum dos pré-candidatos a senador lançados até agora, ligados ao Palácio dos Leões, pode ser considerado dessa forma, e  único que poderia sê-lo, o ex-governador José Reinaldo (ainda no PSB), é relaxado pelo governador comunista.

Procurado pelo Blog do Robert Lobato se gostaria de comentar a nota da coluna Estado Maior, o secretário Márcio Jerry limitou-se a dizer: “Apenas o óbvio: especulação criativa e ficcional. Sem menor sentido.

Vale aguardar e conferir.

ELEIÇÕES 2018: Clayton Noleto revela-se triste por não poder ser candidato a deputado federal 4

Quando perguntado sobre o fato de não ter conseguido o “de acordo” de Flávio Dino a sua candidatura, o comandante da Sinfra limita-se a dizer: “sou um soldado do governador”.

O secretário de Estado Clayton Noleto (Infraestrutura) tem admitido a amigos que sente-se triste em não poder ser candidato a deputado federal por exigência do governador Flávio Dino (PCdoB), que deseja tê-lo apenas como um dos coordenadores da sua campanha de reeleição em 2018.

Clayton acalentava o sonho de disputar uma vaga na Câmara Federal representando a Região Tocantina, mas não conseguiu convencer nem o patrão e muito menos o seu colega de governo, e presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry (Articulação Política e Comunicação), que deverá ser o candidato “priorizado” do partido a deputado federal.

Quando perguntado sobre o fato de não ter conseguido o “de acordo” de Flávio Dino a sua candidatura, o comandante da Sinfra limita-se a dizer: “sou um soldado do governador”. É aquela história: “Manda quem pode, obedece quem tem juízo”.

O Blog do Robert Lobato hipoteca solidariedade ao secretário Clayton Noleto.

A quem interessa a desmoralização da Codevasf?

A pequenez política que assola estas terras faz com que a Codevasf vire alvo de ataques e insinuações maledicentes tão somente por ter recebido recursos legais e legítimos da bancada de senadores ou ainda porque Roberto Rocha indicou um técnico maranhense para ocupar uma importante diretoria da empresa em Brasília.

Quando a gente pensa que já viu tudo na política do Maranhão, eis que vêm os comunistas, seus asseclas et caterva para mostrar que ainda se viu foi nada!

O que fizeram? Simples: passaram a questionar, de forma completamente desqualificada, o fato da bancada de senadores do Maranhão alocado, via emenda parlamentar, cerca de 40 milhões de reais para a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) a serem investidos em infraestrutura.

Ora, a Codevasf é conhecida e reconhecida como uma das empresas públicas mais sérias e eficientes do país! A empresa mobiliza investimentos públicos para a construção de obras de infraestrutura, particularmente para a implantação de projetos de irrigação e de aproveitamento racional dos recursos hídricos, como bem informa o site da companhia.

Mas não é só isso. A Codevasf faz estradas, poços, unidades habitacionais, obras de saneamento básico, entre muitas outras ações que impulsionam o desenvolvimento socioeconômico das regiões pobre do Nordeste.

No Maranhão, essa extraordinária companhia do Governo Federal tinha a sua atuação limitada apenas a uma parte do estado. Com um projeto de autoria do senador Roberto Rocha, já aprovado pelo Senado Federal e a espera de sanção do presidente da República, o que deve acontecer pelos próximos dias, a Codevasf vai poder atuar em 100% do território maranhense, inclusive na capital. Seria esse o motivo de tanto esperneio do trupe comunista?

Execução direta

Por tudo que representa, e pelo o que ainda pode representar em termos de benefícios para o Maranhão, deveria ser motivo de orgulho para a nossa classe política local ter uma empresa como a Codevasf instalada e atuando no estado.

Mas, infelizmente, a pequenez política que assola estas terras faz com que a Codevasf vire alvo de ataques e insinuações maledicentes tão somente por ter recebido recursos legais e legítimos da bancada de senadores ou ainda porque Roberto Rocha indicou um técnico maranhense para ocupar uma importante diretoria da empresa em Brasília, algo que nunca havia ocorrido antes.

O que precisa ficar claro, e essa é questão fundamental, esse montante de recursos para a Codevasf é de execução direta, ou seja, não passará por instâncias municipais ou estaduais. O dinheiro é aplicado diretamente dos cofres federais, sujeito, portanto, a todos os controles possíveis, do Tribunal de Contas da União, Ministério Público, Controladoria da União etc. Não é uma emenda parlamentar qualquer como as que estão na rubrica de ‘Custeio’, sujeita a todo tipo de malandragem, pois é pulverizado em mil pequenas ações, sem controle eficaz. Aliás, o Brasil inteiro é sabedor que muitos deputados contam com esse tipo de verba para fazer caixa de campanha!

Pelo exposto neste post é que o Blog do Robert Lobato pergunta: A quem interessa a desmoralização da Codevasf?

ELEIÇÕES 2018: “O PT terá a vaga de vice garantida se vier comigo”, diz Roseana Sarney 4

A declaração de Roseana de que daria a vaga de vice para o PT na chapa majoritária em uma eventual candidatura dela ao governo, deve mexer com os bastidores políticos.

É, meus queridos leitores, parece que ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) está cada vez mais próxima de ser candidata ao Governo do Estado.

Ao mesmo tempo em que mantém suspense sobre se disputará ou não um quinto mandato de governadora, a peemedebista tem mantido uma agenda política intensa recebendo prefeitos, ex-prefeitos, deputados e lideranças de todas as regiões do estado. Aliás, tem prefeito que sai de audiência no Palácios dos Leões e corre direto para a residência dos Sarney, no Calhau.

Ontem, por exemplo, durante encontro com alguns petistas, Roseana Sarney disse com todas as letras que se o PT fechar uma aliança com ela para 2018, o partido terá a vaga de vice garantida na sua chapa como ocorreu em 2010.

“Quero deixar bem claro que se o PT vier comigo na eleição do ano que vem garanto a vaga de vice para vocês na minha chapa, podem ter certeza”, disse a ex-governadora, segundo um dos petistas presentes no encontro.

Apoio do Lula

Ainda durante a agenda, Roseana deixou entender que o ex-presidente Lula não moveria uma palha contra mais uma aliança entre petistas e peemedebistas no Maranhão, basta o diretório estadual decidir pela composição PT/PMDB.

“O Lula tem conversado muito com o Sarney, nunca deixaram de conversar sobre o país e a situação política do Maranhão. Percebo que o ex-presidente não moveria uma palha contra uma nova aliança do PT com o PMDB aqui no estado caso o diretório estadual decida a favor”, pontou.

Em verdade, Lula ainda mantém uma relação de quase compadrio com o ex-presidente José Sarney, além do fato do líder petista não morrer de amores por Flávio Dino, no máximo tolera o comunista em função do respeito ao PCdoB nacional.

Seja como for, a declaração de Roseana de que daria a vaga de vice ao PT na chapa majoritária em uma eventual candidatura dela ao governo, deve mexer com os bastidores políticos.

PS: O Blog do Robert Lobato perguntou a um petista simpático à aliança do PT com o PMDB em 2018, qual seria o nome ideal para compor a vice. No que o ‘companheiro’ respondeu: “Ainda não saberia te responder, apenas afirmo que deve ser um nome melhor, mais leve e mais leal do que o ex-vice Washington Oliveira”

O novo Blog do Robert Lobato

Há quase uma semana fora de combate em virtude do outro endereço robertlobato.com ter ficado off line por irresponsabilidade da empresa responsável pela hospedagem do mesmo, o Blog do Robert Lobato  volta com o novo endereço blogdoroberlobato.com.br e novo leiaute. Este atual endereço ainda está em fase de teste, inclusive a foto do blogueiro no topo (Rsrsrs).

Espero que os leitores aprovem, curtem e compartilhem o novo Blog do Robert Lobato.

Valeu!

PS. Em instantes nova postagem. Aguardem!