EMENDA PARLAMENTARES: A bancada maranhense, sim!, está preocupada com a saúde. (OU: Luana Alves está de parabéns!) 14

A coordenadora da bancada maranhense, deputada Luana Alves fez um bom trabalho, costurou bem as negociações com seus pares, e mostrou competência e habilidades políticas na condução desse processo sobre as emendas parlamentares.

O governador Flávio Dino (PCdoB) botou, mais uma vez, a sua máquina de propaganda para tentar desqualificar a bancada maranhense no Congresso Nacional no que se refere à destinação de emendas parlamentares.

Pela vontade do “Professor de Deus”, as emendas dos deputados e senadores do Maranhão iriam direto para os cofres do Estado, mas os congressistas maranhenses solicitaram que os recursos fossem repassados diretamente aos municípios que eles desejavam contemplar.

Foi o suficiente para que a mídia palaciana desinformasse e confundisse a população fazendo crer que a coordenadora da bancada deputada Luana Alves (PSC) manobrou contra os interesses da população. Mentira!

Na verdade o que houve foi um embate político onde os governistas levaram a pior, uma vez que a correlação de forças na bancada maranhense foi alterada com a ida, para o campo das oposições, dos deputados José Reinaldo e Waldir Maranhão, ambos do PSDB e ambos traído por Flávio Dino.

O que é curioso é que essa “preocupação” toda do governo Flávio Dino com a saúde vem justamente no momento em que o setor está sendo investigado pela Polícia Federal por suspeita de desvios de milhões, talvez bilhões, de reais. Aliás, desde o ano passado Flávio Dino insiste em receber dinheiro proveniente de emendas parlamentares para reforça o caixa da saúde do seu governo. Pergunta-se: estaria o governador comunista querendo tapar os rombos da Secretaria, comandada pelo seu correligionário Carlos Lula, com os recursos que nossos deputados e senadores têm o direito legítimo de alocarem pra onde achar melhor?

A coordenadora da bancada maranhense, deputada Luana Alves fez um bom trabalho, costurou bem as negociações, e mostrou competência e habilidade políticas na condução desse processo sobre as emendas parlamentares.

Por tanto, está de parabéns!

E os municípios maranhenses agradecem!

Confira a íntegra do comunicado da Luana Alves sobre o assunto.

Amigos, conforme acordado na reunião de Bancada Federal do Maranhão realizada na quarta feira (18), fui com os assessores de vários deputados, na manhã quinta-feira (19), ao Ministério da Saúde para verificar todas as possibilidades para garantir uma ampla aplicação dos recursos referentes Emenda Impositivas N° 71110005. Deixo, claro que os deputados que quiserem que o recurso permaneça para o estado, que encaminhem em seus ofícios determinando isso.

Desta forma, em resposta ao questionamento feito por vários deputados quanto à destinação desse recurso apenas para a Atenção Especializada, a assessoria do Ministério da Saúde, reiterou que a Ação Orçamentária 4525 possibilita a livre escolha de sua aplicação, tanto para Programa de Atenção Básica (PAB), quanto para Media e Alta Complexidade (MAC) – Atenção Especializada, ficando a cargo do proponente sua aplicação no ato da apresentação da proposta junto ao sistema do Fundo Nacional de Saúde, podendo inclusive, quando for o caso, usar os recursos em ambas às áreas.

Como ainda estamos no prazo de indicação das EMENDAS DE BANCADA junto ao Ministério da Saúde, reitero que está aberta a possibilidade de indicação dos beneficiários diretos conforme o entendimento de prioridades de cada parlamentar membro do grupo da Emenda Impositiva N° 71110005, Funcional Programática 10.122.2015.4525.0021, Apoio a Manutenção de Unidades de Saúde (Custeio Fundo a Fundo).

Reforçamos ainda que esta ação visa possibilitar um amplo atendimento as demandas de saúde de nosso estado, garantindo que os parlamentares possam indicar não só os municípios, mas inclusive o governo do estado, assim como a Ação Orçamentária permite.

Para tanto, solicitamos que nos encaminhem até o dia 20/04/2018, a relação de suas respectivas indicações, contendo o Nome do Beneficiário (Município e, ou Estado), CNPJ do Fundo Municipal de Saúde.

Hildo Rocha faz grave denúncia contra colegas de bancada. Recuará como fez no caso dos juízes do TRE-MA? 2

A troca desqualificada de farpas e acusações entre os nobres deputados, pode, inclusive, atiçar a curiosidade de órgãos como o Ministério Público Federal e da Polícia Federal sobre o tenebroso episódio, além de dar uma boa pauta para a imprensa nacional.

A coisa não é só grave, mas causa espanto na forma e no conteúdo.

Durante conversa num grupo de WhatsApp da bancada maranhense, o deputado federal Hildo Rocha (PMDB) denunciou os seus colegas André Fufuca (PP), Juscelino Filho (DEM) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB) de “só pensarem em dinheiro, e quererem se dar bem”. O caso foi dado em primeira pelo blog O Informante.

Não se sabe ao certo o que levou Hildo, que é um político preparado e qualificado, a fazer denúncia de tamanha gravidade, mas o fato é que o ocorrido expôs as vísceras da bancada maranhense que, como se sabe, nunca teve uma relação boa ao longo desta atual legislatura.

A troca desqualificada de farpas e acusações entre os nobres deputados, pode, inclusive, atiçar a curiosidade de órgãos como o Ministério Público Federal e da Polícia Federal sobre o tenebroso episódio, além de dar uma boa pauta para a imprensa nacional. Aliás, o próprio deputado Hildo Rocha afirmou que já havia levado as tais maracutaias dos colegas de bancada à Polícia Federal

Agora é aguardar para ver onde tudo isso vai acabar e saber se o deputado Hildo Rocha não vai recuar, como fez no episódio em que acusou magistrados do Tribunal Regional do Maranhão (TRE-MA) de negociarem decisões para livrar ou ferrar políticos, conforme o caso.