VERMELHOS DE RAIVA: Comunistas se incomodam como termo “PCdoBozo”

Pela rede social do Twitter, o deputado federal Orlando Silva (PCdoB/SP), que ganhou notoriedade depois que usou cartão corporativo para  comprar tapioca quando era ministro dos Esportes, ao invés de explicar a incoerência em se aliar com o PSL para eleger Rodrigo Maia, preferiu atacar/desdenhar

É, meus caros leitores, parece que “bulinaram” legal os comunistas pelo Brasil afora. Explica-se.

Como pegou mal à beça a adesão do PCdoB à candidatura bolsonarista de Rodrigo Maia (DEM) para presidente da Câmara dos Deputados, setores da esquerda brasileira não perdoaram a postura do partido.

E como as redes sociais são “terra de ninguém”, apareceram vários memes zoando o fato do PCdoB se alinhar ao PSL para eleger Maia presidente da Câmara, uma vez que o parlamentar do Rio de Janeiro é o principal fiador das reformas “neoliberais” proposta pelo governo Jair Bolsonaro.

Entre os memes que viralizou na internet, o que mais irritou os comunista foi este aqui:

Trata-se, como se pode ver, de uma imagem que transforma a marca PCdoB em “PCdoBozo”, numa alusão à alcunha “Bozo”, dada pelas esquerdas a Bolsonaro.

Pela rede social do Twitter, o deputado federal Orlando Silva (PCdoB/SP), que ganhou notoriedade depois que usou cartão corporativo para  comprar tapioca quando era ministro dos Esportes, ao invés de explicar a incoerência em se aliar com o PSL para eleger Rodrigo Maia, preferiu atacar/desdenhar o PT. Assim:

“Espetacular! A blogosfera petista chama o Partido Comunista do Brasil de partido comunista do bozo. Tudo isso porque o PCdoB decidiu diferente dos petistas. Espetacular! Nem precisa desenhar…agora vem os robôs, digitais e de arte e osso, pro ataque. E a história vai pro ralo…”, postou.

E para completar a patacoada comunista ampla, geral e irrestrita, o deputado federal eleito Márcio Jerry, presidente estadual do PCdoB, também conhecido como “Pedra no Sapato” (entenda aqui), reforçou as palavras de Orlando Silva através de um comentário no post do “camarada” paulista. Veja:

“E petistas que concordam com o apoio a Rodrigo Maia na lógica da disputa interna da Câmara também são convertidos a Bolsonaro ? Ah, me compre um bode..”, comentou Jerry sem citar nomes de quais petistas concordam com o “apoio a Rodrigo Maia”.

Como se pode ver, o incômodo dos comunistas é evidente com o termo “PCdoBozo”.

Fazer o quê, né?

PS: O editor deste blog avisa que, por motivo de viagem, pode demorar na atualização das postagens. Desde já, agrademos a compreensão dos nossos leitores e parceiros. Valeu!

Deixe uma resposta