Não há ineditismo na atitude do deputado eleito Duarte Júnior em lançar edital para contratação de assessores

A ex-deputada estadual Helena Heluy (PT) já fazia processo seletivo para preencher vagas de assessores lá pelo início dos anos 2000, inclusive para a Assessoria Jurídica do seu mandato.

Leio no blog Upaon-Açu Noticias, editado pelo blogueiro Edvaldo Oliveira, que o deputado estadual eleito Duarte Junior (PCdoB) “lançará nesta quarta-feira (12), um seletivo para formação de sua equipe de gabinete”.

No que pode ser considerada uma medida elogiável do futuro parlamentar, e é, não se trata de um ineditismo no que diz respeito a formar equipe de assessores na Assembleia Legislativa do Maranhão.

A ex-deputada estadual Helena Heluy (PT) já fazia processo seletivo para preencher vagas de assessores lá pelo início dos anos 2000, inclusive para a Assessoria Jurídica do seu mandato.

Os selecionados começavam como estagiários e, depois de formados, passavam ser assessores profissionais.

Entre os que passaram no processo seletivo do gabinete da deputada Helena Heluy estão dois conhecidos e competentes advogados maranhenses: Márcio Endles, que chegou a ser presidente nacional da FUNASA; e Carlos Eduardo Lula, atual secretário de Estado da Saúde.

Nesse sentido, repito, embora a atitude de Duarte Junior seja elogiável, o comunista não inaugura nada de novo.

No mais, resta saber se o percentual vagas exigidos pelo PCdoB nos gabinetes dos seus parlamentares também serão contemplados pelo seletivo do famoso Duarte Júnior.

É aguardar e conferir.

Deixe uma resposta