PINDARÉ-MIRIM: Dr. Leonardo Sá prestigia da 4ª edição da Cavalgada do Cabeça Branca

Na manhã do último domingo (20), aconteceu em Pindaré-Mirim a 4ª edição anual da Cavalgada do Cabeça Branca que já é tradição no município. Conhecida e comentada em todo Maranhão, a atividade recebeu centenas de amazonas e cavaleiros de várias cidades do estado que percorreram as ruas de Pindaré até o destino final no Parque Surpresa.

Dr. Leonardo Sá é pré-candidato a deputado estadual e foi convidado a prestigiar e participar da cavalgada este ano, acompanhado do Dr. Alexandre Colares e do pré-candidato a deputado federal Junior Lourenço, que fizeram todo o trajeto da cavalgada juntos a frente dos cavaleiros levando as bandeiras de Pindaré, do Maranhão e do Brasil que representavam mudança, desenvolvimento e principalmente a grande vaqueirama do país.

Em entrevista ao jornal local Dr. Leonardo falou sobre a importância do incentivo à cultura da vaqueirama: “me sinto lisonjeado por estar aqui, e agradeço pelo convite de participar deste evento lindo, me surpreendi com a organização e acho muito importante que um evento deste aconteça e sobreviva anos após anos mesmo com a evolução da tecnologia, porque é uma demonstração muito bonita da cultura nordestina, amazonas e cavaleiros, toda a vaqueirama em geral estão de parabéns por ajudarem a se manter viva essa história que todos conhecem e amam que é a cavalgada símbolo da vaquejada, como nordestino que sou agradeço, muito obrigado”, agradeceu Leonardo.

A 4ª edição da Cavalgada do Cabeça Branca bateu recorde de participantes este ano, que acompanharam a cavalgada em motos, carros e até a pé. A organização da cavalgada é do vereador Antônio Martins que incentiva a ideia como uma forma de homenagear seu falecido pai.

6 comentários sobre “PINDARÉ-MIRIM: Dr. Leonardo Sá prestigia da 4ª edição da Cavalgada do Cabeça Branca

  1. jeffersson disse:

    “O Maranhão elegeu uma mentira. Erramos, e porque erramos estamos pagando o preço.” Sintese da opinião da maioria dos Maranhenses que converso viajando pelos rincões do Estado, mas que não desejam o retorno da “Guerreira” como não existe opções viaveis disponiveis na disputa e o unico que poderia ter potencial de densidade eleitoral não vai concorrer (Não é uma opinião minha mas conclusões dessas conversas) a opção vai ser entre o ruim e o pessimo, e nessa de escolher o menos pior a maioria vai optar pelo comunista, essa é nossa triste realidade. Repetimos o Rio de Janeiro em 2016 Escolher entre um “porra louca sectário” e um “pastor explorador da fé” escolheram o menos pior.
    Abraços

  2. júnior disse:

    Uma candidatura de deputado pra valer, com intenção de ser eleito mesmo e não só para concorrer como muitas por ai, custa muito dinheiro, então a pergunta, esse rapaz é filho ou é milionário ou tem amigos ajudando.

    • Pablo disse:

      Leonardo Sá é um dos citados da carta-bomba escrita por Mariano de Castro antes de se suicidar. Segundo o médico, ele e o pai se beneficiaram do esquema de corrupção na Saúde Publica do estado, além de receber uma participação mensal no hospital de Monção e faturar alto com empresas de serviços médicos no hospital de Pinheiro.

Deixe uma resposta