ELEIÇÕES 2018: “É factoide”, diz dirigente petista sobre convite para Flávio Dino se filiar ao PT

Para quem não está lembrado, Honorato Fernandes é aquele que apareceu, nas eleições de 2014, primeiro no programa de TV de Lobão Filho-15, e poucos dias antes do pleito no programa de Flávio Dino-65.

Não surtiu efeito o movimento promovido pelo presidente municipal do PT/São Luis, vereador Honorato Fernandes, convidando o governador Flávio Dino (PCdoB), para filiar-se ao PT.

O petista apareceu na blogosfera da capital alegando que a filiação de Flávio no PT “representaria um fortalecimento do projeto da esquerda com diálogo na construção de uma verdadeira ampla aliança política com os que defendem o povo brasileiro e combatem o atraso” (veja aqui).

O movimento do vereador foi interpretado, por um dirigente do PT, como ato para abafar o péssimo momento político pelo qual atravessa o governador Flávio Dino.

“Isso é um factoide para desfocar do péssimo momento político enfrentado pelo governador Flávio Dino com o lançamento da pré-candidatura de Roseana Sarney à governadora, depois a pré-candidatura  de Manuela D’Ávia a presidente pelo PCdoB, e agora a intervenção no PSDB que tirou Brandão [vice-governador Carlos Brandão] da presidência do partido e entregou para Roberto Rocha”, segundo um petista de estrela grande ao Blog do Robert Lobato.

Para quem não está lembrado, Honorato Fernandes é aquele que apareceu, nas eleições de 2014, primeiro no programa de Lobão Filho-15, e poucos dias antes do pleito no programa de Flávio Dino-65.

Oportunismo? Não!

Talvez apernas excesso de senso de oportunidade do vereador…

Deixe uma resposta