A força e o prestígio de Roberto Rocha (E os comunistas piram de vez!)

E se depender do senador, e de outros tucanos maranhenses e nacionais de bico duro, os comunas vão continuar pirando.

Por mais que a máquina de propaganda comunista tente desqualificar ou minimizar a grandeza do ato de filiação do senador Roberto Rocha no PSDB, é evidente que a volta sua volta ao ninho tucano se configurou no principal fato político deste ano de 2017.

No seu gabinete, em Brasília, Roberto Rocha recebeu nomes de peso do PSDB nacional dando demonstração de força e prestígio junto aos que mandam e comandam a legenda no país.

Roberto será o presidente estadual do PSDB e já trabalha para fazer uma composição partidária democrática ao lado figuras de proa do tucanato local, entre eles os ex-prefeitos Sebastião Madeira (Imperatriz) e Ildenar Gonçalves (Açailândia), o prefeito Luís Fernando (São José de Ribamar), deputado estadual Sérgio Frota, a ex-deputada Gardênia Castelo, além de outras lideranças estaduais e municipais do partido.

Engana-se quem pensar que o senador fará uma “caça ás bruxas” no PSDB maranhense. Não fará! Fazê-lo seria fazer também o jogo dos comunistas que tentam a todo custo passar a ideia de que a chegada de Roberto Rocha seria motivo de uma revoada de vários tucanos maranhenses para outras legendas.

O que Roberto Rocha tem dito, e com razão, é que as portas e janelas da rua estão abertas para os “tucanos de bico vermelhos saírem”. E é isso que tem deixado atordoados aqueles que desejam fazer de um partido da grandiosidade do PSDB tão somente um “satélite” do nanico PCdoB. Aliás, no próximo mês haverá um grande ato no Maranhão, em São Luis e Imperatriz, que marcará de vez a entrada de Roberto Rocha no PSDB e mostrará real dimensão política da volta do senador ao ninho tucano.

É por isso que os comunistas piram.

E se depender de Roberto Rocha, e de outros tucanos maranhenses e nacionais de bico duro, os comunas vão continuar pirando.

Pirando até outubro de 2018.

É aguardar e conferir.

4 comentários sobre “A força e o prestígio de Roberto Rocha (E os comunistas piram de vez!)

  1. julio vinicius disse:

    Um desagregador, e oportunistas essas suas palavras definem esse senhor que prefere ser chamado de ASA DE AVIÃO. Não possui liderança alguma, não tem grupo, desagregador por natureza, só ganhou o cargo de senador graças a aliança com o governador Flávio Dino, vai sair da eleição de 2018 meno do que entrou, e vai encerrar a sua ridícula carreira em 2022. O PSDB sob o comando de Brandão cresceu substancialmente aqui no Maranhão saindo de 3 para 29 prefeitos. Vai haver debandada sim, só cego não enxerga.

  2. Carvalho disse:

    Robert, a entrada definitiva do senador Roberto Rocha no jogo da sucessão deve, obrigatoriamente, servir ao papel democrático de discutir o Maranhão – toda a sua história – confrontar o governo de Flávio Dino e também, relevantemente, confrontar a governança nas décadas em que o estado esteve nas mão “sarneystas”, portanto o pré-candidato não pode se prestar ao papel de ser uma “laranjinha” colocada estrategicamente para servir as mãos “maledicentes” daqueles que desejam voltar ao poder. Não vamos esquecer que o mesmo, segundo seu próprio blog, é um senador como nunca se viu no Maranhão, “competente, independente e sério. Ele não pode esquecer de reconhecer e citar quem o indicou a população, por mais que tenha tomado outro rumo e, principalmente, que os senadores anteriores, todos “incompetentes e fantoches” são indicações dos “padroeiros” do nosso atraso.

    • Robert Lobato disse:

      Resposta: Roberto é o candidato para tirar o Maranhão desse obscurantismo que insistem em mantê-lo qual seja o de reduzir o estado entre Sarney e antissarney.

Deixe uma resposta