CASO LUIS FERNANDO: O que estaria por trás da ida do prefeito de Ribamar para o governo Flávio Dino? 17

O que pode explicar toda essa engenharia politica é a virtual candidatura de Flávio Dino a presidente da República, coisa que o comunista tem em mente e já trabalha para se viabilizar, inclusive via imprensa nacional, como nome das esquerdas para enfrentar a ofensiva direitista ora em curso no país, cujos atores principais atualmente são o presidente Jair Bolsonaro e o governador João Doria.Ainda é medonha a repercussão da possível renúncia do prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando (PSDB), para assumir um cargo de secretário no governo Flávio Dino (PCdoB) – a renúncia pode ser anunciada neste final de semana.

O que levaria o gestor ribamarense, a mais uma vez, deixar a cidade e povo que o elegeu de forma tão abrupta? Quais os atores que estariam por trás dessa jogada de vida ou morte para Luis Fernando? O que de fato estaria por trás da ida do prefeito de Ribamar para o governo Flávio Dino? E o que o governador comunista ganharia com essa manobra política?

O Blog do Robert Lobato tentará encontrar respostas para os questionamentos acima à luz das informações que tem recebido e da conjuntura política local e nacional. Vamos lá.

Reza a lenda que o arquiteto da renúncia de Luis Fernando é o ex-governador José Reinaldo Tavares que teria usado o vice-governador Carlos Brandão e Marcelo Tavares para serem os porta-vozes da estratégia junto ao governador Flávio Dino (PCdoB).

A princípio, segundo consta, Flávio teria resistido à ideia, mas aos poucos foi se convencendo do processo e fez o convite ao ainda prefeito de Ribamar que teria aceitado.

Segundo fontes ribamarenses, a coisa só evoluiu porque o grupo de Luis Fernando e dos Cutrim teriam chegado a um acordo onde o atual vice-prefeito Eudes Sampaio (PTB) ficaria apenas dois anos no mandato e conselheiro do TCE, Edmar Cutrim, seria o candidato a prefeito dos dois grupos em 2020.

Uma vez secretário do governo Flávio Dino, Luis Fernando poderia ser o nome do comunista para o Tribunal de Contas do Estado (TCE) caso Carlos Brandão não se viabilize candidato a governador em 2022, nesse caso ele, Brandão, seria o nome para o TCE e Luis Fernando concorreria a deputado federal.

Se Carlos Brandão sair da linha de sucessão de Flávio Dino em virtude de ir para o TCE, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão fica na linha sucessória, que em 2022 poderá ser quem? O deputado Glauberth Cutrim (PDT), atual vice-presidente do parlamento maranhense e filho de Edmar Cutrim – não podemos esquecer que presidente Othelino Neto (PCdoB) já foi eleito e reeleito presidente e, em tese, não pode mais concorrer a um terceiro mandato.

O fator PDT pesa nessa conjuntura, já que o senador Weverton Rocha, presidente estadual do partido, está em campanha aberta para o governo do Maranhão, assim como o deputado federal Gil Cutrim, também do PDT, está para senador da República. Ou seja, esse movimento de tirar Luis Fernando da Prefeitura de São José de Ribamar e fazer Carlos Brandão sucessor de Flávio Dino tem que ser combinado com os “russos”, no caso os pedetistas.

A grande questão é: o que Flávio Dino ganharia com toda essa engenharia política?

Bom, a rigor o grupo do governador ficaria mais forte do que já está. Mas, forte por forte o governador já é, e não seria necessário todo esse arranjo, não é mesmo?

O que pode explicar tudo isso é a virtual candidatura de Flávio Dino a presidente da República, coisa que o comunista tem em mente e já trabalha para se viabilizar, inclusive via imprensa nacional, como nome das esquerdas para enfrentar a ofensiva direitista ora em curso no país, cujos atores principais atualmente são o presidente Jair Bolsonaro e o governador João Doria (São Paulo).

Se é verdade que por um lado Flávio Dino está fazendo, digamos, o dever de casa, por outro terá que chegar em 2022 com a sua gestão bombando, apresentando resultados concretos e inquestionáveis em todas as áreas.

É aquela história: quem viver verá.

FAÇAM SUAS APOSTAS: Qual secretaria Luis Fernando assumiria no governo Flávio Dino? 2

Enquanto Luis Fernando Silva não vier a público e dizer se aceita ou não deixar pela segunda a Prefeitura de São José de Ribamar ou ainda que sequer tal proposta foi realmente feita pelo governador Fávio Dino, as especulações em torno do assunto tendem a continuar para saber qual a posição que o nosso competente gestor toparia assumir no segundo mandato do comunista.

Esta terça-feira, 19, foi marcada, além da peleja Bolsonaros versus Bebianno, por especulações de que o prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando (ainda no PSDB), estaria prestes a cumprir mais uma missão de risco e deixar novamente o comando do terceiro maior município maranhense para voltar ao Palácio dos Leões na condição de secretário, sabe-se lá para qual projeto político.

Diante a possibilidade de Luis Fernando realmente deixar a Prefeitura de Ribamar, o Blog do Robert Lobato procurou alguns agentes políticos para saber qual seria a pasta que o gestor ribamarense toparia assumir. Vejamos.

Planejamento – Na opinião das pessoas ouvidas por esta página, Luis Fernando, embora preparado para essa área, não teria nada a ganhar politicamente comandando a Seplan, já que é um pasta basicamente técnica e que via de regra tem que dizer muito “não”, coisa que a classe política odeia escutar. Seria pouco provável, portanto, “LF” assumir a Seplan.

Infraestrutura – Aqui a coisa mudaria um pouco de figura. Luis Fernando já comandou a Secretaria de Infraestrutura na era Roseana Sarney e fez um excelente trabalho por lá. Ocorre que atualmente o posto está ocupado por Clayton Noleto, alguém que está para o governador Flávio Dino como Gustavo Bebianno um dia esteve para presidente Bolsonaro, logo não dá para apostar que “LF” poderia ocupar o lugar do secretário imperatrizense, o “homem que resolve”.

Educação – Outra pasta que não é lá fácil ser dada para Luis Fernando. Felipe Camarão não apenas conta com total confiança do governador como é considerado um dos melhores secretário da gestão Flávio Dino, sem falar que o atual comandante da Seduc faz parte dos planos políticos do grupo comunista para projetos políticos a curto prazo. Logo não parece ser profícuo, na opinião dos observadores ouvidos pelo Blog do Robert Lobato, “LF” assumir a Educação.

Saúde – Bom, essa foi a pasta que pelo menos dois agentes políticos concordaram de que poderia ser o destino de Luis Fernando caso aceitasse ser auxiliar de Flávio Dino no Palácio dos Leões. Na avaliação deles, o secretário Carlos Lula não criaria qualquer dificuldade para o governador se fosse chamado para um entendimento e entregar o cargo para “LF”. Aliás, Lula já teria, algumas vezes, pensado em deixar o governo e seguir a sua carreira de advogado, sobretudo quando da crise gerada pela Operação Pegadores, da Polícia Federal, onde teve gestores da Secretaria de Saúde presos e até um que recorreu ao suicídio por não aguentar tanta pressão, mas o governador nunca aceitou a ideia de perder Carlos Lula, Com a possível chegada de Luis Fernando, porém, a coisa poderia ser diferente.

O fato é que enquanto Luis Fernando Silva não vier a público e dizer se aceita ou não deixar pela segunda a Prefeitura de São José de Ribamar ou ainda que sequer tal proposta foi realmente feita pelo governador Fávio Dino, as especulações em torno do assunto tendem a continuar para saber qual a posição que o nosso competente gestor toparia assumir no segundo mandato do comunista.

Façam suas postas…

ELEIÇÕES 2020: Flávio Dino estaria estimulando a candidatura de Edmar Cutrim para prefeito de Ribamar 2

Tal como em São Luis, Flávio Dino deverá ter um “consórcio” de candidatos a prefeito de São José de Ribamar, incluindo, claro, o atual prefeito Luis Fernando (PRB), que não se sabe vai gostar dessa ideia do comunista lançar Edmar Cutrim a gestor municipal nas eleição de 2020.

O Blog do Robert Lobato apurou que o governador Flávio Dino (PCdoB) estaria estimulando a candidatura do ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro, Edmar Cutrim, para concorrer à Prefeitura de São José de Ribamar.

O estratagema do comunista tem como objetivo pavimentar o caminho do vice-governador Carlos Brandão (PRB) para o TCE no lugar de Edmar.

Ocorre que Carlos Brandão não tem demonstrado lá muito interesse de ser conselheiro preferindo assumir o cargo de governador em 2022 quando Flávio Dino terá que se desincompatibilizar para se candidatar a senador da República.

Tal como em São Luis, Flávio Dino deverá ter um “consórcio” de candidatos a prefeito de São José de Ribamar, incluindo, claro, o atual prefeito Luis Fernando (PRB), que não se sabe vai gostar dessa ideia do comunista em lançar Edmar Cutrim para gestor da cidade balneária nas eleições de 2020.

É aguardar e conferir.

Luis Fernando abre programação especial de fim de ano com entrega de escola, ônibus e várias ações

Após as festividades do aniversário da cidade, o prefeito ribamarense encerra o ano, entregando outro grande pacote de obras nas mais variadas áreas de gestão.

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, deu início na manhã desta quinta-feira, (13), a uma grande programação de Fim de Ano, que inclui a entrega de um grande pacote de obras, como equipamentos, assinaturas de novas ordens de serviços, reconstrução de importantes equipamentos voltados ao lazer e entretenimento e shows na virada. A programação segue até o dia 31 de dezembro, inclusive com direito a atrações culturais no réveillion.

A programação teve início pela localidade do Riozinho. No bairro, o prefeito ribamarense entregou a reforma e ampliação da unidade escolar São José, que atende hoje 386 alunos nos turnos matutino e vespertino, na oferta da educação infantil e ensino fundamental. Com a entrega aumenta para 81 o número de equipamentos escolares já entregues na gestão do prefeito.

A escola, que passou por sua única reforma e ampliação em 2006, quando da administração do prefeito Luis Fernando, passou o período da última administração completamente esquecida, realidade classificada pelo prefeito como “dura e cruel” para as crianças que não merecem.

“É lamentável perceber que tanto tempo se passou para que a comunidade escolar tivesse de volta um equipamento digno para que as crianças sentissem orgulho e estímulo para estudar. Hoje com muita alegria devolvemos a escola ampliada e com o conforto devido, tanto para as crianças quanto para os profissionais que aqui trabalham”, disse o prefeito.

A Escola São José agora conta com três novas salas, o que amplia para seis o número de salário de aula, uma sala de informática, sala de professores, cantina, sala de diretoria e sala de secretaria.

Em seguida, acompanhado do deputado federal Júnior Marreca, o prefeito fez a entrega oficial de 15 novos ônibus escolares, fruto de emenda parlamentar do parlamentar. Com a entrega, não apenas aumenta o efetivo que atende a demanda escolar da rede municipal de ensino, como também oferece mais conforto para os estudantes ribamarenses.

“Tomei posse e assim como as demais áreas, a educação estava sucateada, sem escolas e sem ônibus. Hoje não entregamos apenas um, e sim quinze novos ônibus e claro que não posso deixar de agradecer ao deputado Júnior Marreca que sensível a causa da reconstrução do município, contemplou o município com sua emenda”, agradeceu.

O deputado, bastante feliz, falou de sua satisfação em colaborar pelo desenvolvimento do município, principalmente numa área tão sensível que é a educação. “O prefeito Luis Fernando tem o nosso respeito e admiração, acima de tudo porque é um excelente gestor e sabemos que o recurso que se configura nos ônibus, serão utilizados em prol da reconstrução da educação, uma das principais áreas de qualquer gestão”, completou.

Ainda como parte da programação especial de Natal, o prefeito também abriu a Feira do Programa Mais Renda e Artesanato. De forma inédita no município, a iniciativa visa estimular os pequenos empreendedores locais que participam dos programas Mais Renda e Arranjo Produtivo, na exposição e comercialização dos produtos agrícolas e artesanais. A feira será realizada sempre as quintas-feiras.

Em seguida foi a vez da certificação de conclusão de mais de 230 jovens que participaram dos cursos do Caminhão da Juventude. Os cursos profissionalizantes oferecidos pela Prefeitura e coordenado pela Secretaria Municipal de Juventude (SEMJUV), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), já são considerados um marco na vida dos jovens.

O secretário da juventude, Antônio Filho, lembrou que foi na gestão do prefeito Luis Fernando que os jovens começaram a sonhar. “Hoje os jovens ribamarenses voltaram a ter sonhos, planos e projetos. O caminhão da juventude criado na gestão do prefeito Luis Fernando e abandonado por anos pela gestão passada, agora cumpre sua verdadeira missão que é promover cidadania e inserir os nossos jovens no mercado de trabalho”, agradeceu o secretário.

Nesta edição, foram oferecidos os cursos nas áreas de cursos de Informática Básica, Web design, Edição de Imagem, Fotografia Digital, Impressão 3D, Logística e Distribuição, além de Gestão Documental, Excelência em Vendas, Excelência em Atendimento ao Público, Ferramentas de Planejamento, Gestão Empresarial e Práticas Administrativas ministrados pelo SENAC.

Durante toda a programação que abriu as festividades de Natal, também estiveram presentes os vereadores Manoel do Nascimento, Vereador Cristiano Pinheiro, líder do governo, Cássio Salis, Marlene Monroe e Nádia Barbosa, além do vice-prefeito Eudes Sampaio.

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR: Poderia ser melhor, mas Luis Fernando sai vitorioso das urnas nas eleições de 2018

Não há dúvidas que o resultado poderia ter sido bem melhor, mas não há como negar que o prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, saiu vitoriosos no último domingo, dia 07, ao eleger todos os candidatos que apoiou para a Câmara Federal e Assembleia Legislativa, isso sem falar da reeleição do governador Flávio Dino e da eleição da senadora Eliziane Gama, que tiveram votações majoritárias em São José de Ribamar, respectivamente 57,62% e 30,86%.

Claro que a conjuntura local não é mesma dos tempos áureos de Luis Fernando, quando era líder supremo na cidade balneária, mas ainda assim ele ainda é conhecido e reconhecido como um dos prefeitos mais bem avaliados do Maranhão

De qualquer forma, Luis Fernando mostrou força nas urnas ribamarenses, não obstante o município ter característica eleitoral diferente de praticamente todas as demais unidades municipalistas, assemelhando mais com a capital, que costuma votar em centenas de candidatos, mesmo sem ligação direta com a administração municipal.

Adotando os critérios da idoneidade eleitoral, ou seja, Ficha Limpa, e histórico de contribuição com a efetiva reconstrução do município, Luis Fernando apoiou Pedro Lucas e Hildo Rocha para a Câmara Federal e Neto Evangelista, Carlinhos Florêncio e Pará Figueiredo para a Assembleia Legislativa.

Além de todos se elegerem, foram muito bem votados no município. Para Pedro Lucas e Hildo Rocha foram 5.261 votos, enquanto Neto Evangelista, Carlinhos Florêncio e Pará Figueiredo alcançaram 4.373 votos do eleitorado ribamarense. Por onde passamos, fomos muito bem recebidos pela população, que aprovou nossos candidatos por reconhecerem a contribuição que eles têm dado na reconstrução de São José de Ribamar”, comentou o prefeito.

Durante o período de campanha, foram realizadas caminhadas, visitas à lideranças, reuniões políticas e finalmente a Caminhada da Vitória e Grande Comício do governador Flávio Dino em São José de Ribamar, quando quase 10 mil, em forma de gratidão, declararam apoio à reeleição do governador Flávio Dino. “Nenhum governador ajudou tanto o município como o governador Flávio Dino. Por isso, não poderíamos deixar de apoiá-lo em hipóteses alguma”, assinalou Luis Fernando.

Ex-prefeito de Ribamar é condenado em ação motivada por denúncia de escola fantasma

A 1ª Vara Cível de São José de Ribamar julgou improcedente a ação movida por Dr. Julinho contra Luis Fernando e ainda foi condenado a pagar as custas processuais e honorários advocatícios no valor de 5 mil “pilas”, conforme print abaixo: 

O ex-prefeito de São José de Ribamar, Júlio Matos (MDB), mais conhecido como Julinho, e eterno problemático de contas rejeitadas, perdeu mais uma Justiça.

Julinho se deu mal depois que tentou reverter uma situação que em era completamente errado, e ao invés de procurar se defender, preferiu processar que apontou as irregularidades. Vamos aos fatos.

Após prestar contas da construção de uma escola na localidade Itapari-Atin, no município São José de Ribamar, no valor de quase R$ 1 milhão do Ministério da Educação (MEC), populares, tribunais de contas, Ministério Público e Justiça constataram que a escola só existiu na prestação de contas. Na localidade , era apenas uma estrutura fantasma vindo à tona.

Ainda na campanha para prefeito, em 2004, o seu então concorrente Luis Fernando, que venceu a eleição na época, comentou o caso durante um debate transmitido pela rádio Mirante AM. Foi o suficiente pra Julinho entrar na Justiça contra o adversário.

Como não poderia ser diferente, eis o resultado: mais uma derrota do ex-prefeito que não se cansa de ter problemas com a Justiça.

A 1ª Vara Cível de São José de Ribamar julgou improcedente a ação movida por Dr. Julinho contra Luis Fernando e ainda foi condenado a pagar as custas processuais e honorários advocatícios no valor de 5 mil “pilas”, conforme print abaixo:

E sempre relacionado à prestação de contas mal resolvidas…

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR: Prefeito vistoria obra em creche do Bom Jardim que estava abandonada

Uma obra de grande importância que estava parada há mais de quatro anos e que só agora com grande esforço e o apoio da população, está sendo reconstruída pela atual gestão municipal.

A Creche Dona Manita é uma das muitas heranças de obras inacabadas que está cercada de irregularidades e só foi possível a retomada das obras após apuração que constatou irregularidades deixadas pela administração anterior, assim a assessoria jurídica agiu e enviou todas as denuncias ao Ministério da Educação e ao Ministério Publico.

Uma outra empresa venceu o processo licitatório e está executando as obras em ritmo acelerado para entregar este importante equipamento educacional a população de Bom Jardim, região da Zona Rural do município.

obras em andamento e em ritmo acelerado creche dona manita bom jardim

A determinação pelo término da obra o mais rápido possível, foi dada pelo prefeito Luis Fernando que, na manhã desta sexta-feira (13), esteve vistoriando o prédio juntamente com sua equipe administrativa e representantes da empresa responsável pelos serviços.

Após constatar o estado avançado dos serviços, o prefeito afirmou que a creche será entregue o mais rápido possível á população, haja vista que a gestão anterior que foi detentora dos recursos financeiros não concluiu a obra exigida nos procedimentos adotados pelo FNDE.

Prefeito vistoria obra manita bom jardim

“Este é mais um prédio público que estava sofrendo com o descaso e abandono da última administração, deixando as crianças desprovidas de um local adequado para ficar, com conforto, higiene e segurança. A Dona Manita foi a primeira creche de 0 a 3 anos em tempo integral em todo Maranhão a funcionar, foi inaugurada na minha gestão e agora sendo reconstruída de verdade”, comentou o prefeito Luís Fernando.

A creche vai contar com os ambientes essenciais para a aprendizagem das crianças, como: Salas de aula, sala de informática, bibliotecas, sanitários, recreio coberto, parque, refeitório, entre outros ambientes, que permitem a realização de atividades pedagógicas, recreativas, esportivas e de alimentação, além das administrativas e de serviço.

A creche vai atender mais de 150 crianças em tempo integral.

MALHA VIÁRIA

O prefeito também aproveitou a visita a Zona Rural e vistoriou a obra de recuperação em revestimento primário da estrada de acesso à Praia de Unicamping no Juçatuba.

A realização da obra atendeu a pedido de moradores e também faz parte do cronograma de obras e serviços de recuperação de vias da cidade.

Participaram da agenda o vice-prefeito Eudes Sampaio, vereadores; Cristiano Pinheiro, Nádia Barbosa, Marlene Monroe, Moises Gama, Lazaro e a comunidade em geral.

(por ASCOM-SJR)

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR: Luis Fernando de bem com o povo ribamarense 3

Apesar da raquítica oposição em São José de Ribamar alardear que o prefeito Luis Fernando (PSDB) anda mal das pernas, em termos de aprovação popular, não é isso que se percebe na realidade.

Durante visita aos mais de sete circuitos do São João ribamarense, foi possível ver o prefeito sendo abraçado por populares, frequentadores dos arraiais e comerciantes. Mas além disso, outro fato fortalece ainda mais essa tese.

Preocupado com sua reeleição, o governador Flávio Dino faz questão de convidar o prefeito ribamarense para seus eventos. Na semana passada, por exemplo, não se contentou em apenas ter o prefeito presente em sua solenidade no Palácio Henrique de La Roque: elegeu Luis Fernando para falar em nome dos prefeitos, mesmo com o presidente da Famem presente no evento.

Segundo apurou o Blog do Robert Lobato, Flávio Dino tem uma pesquisa sobre a avaliação dos prefeitos da Ilha. E ao contrário do que diz a minguada oposição liderada pelo desastroso ex-prefeito de São José de Ribamar, a avaliação dele é a melhor possível chegando acima dos 80%.

Flávio Dino: Aplausos para Luis Fernando.

E isso faz todos sentido quando se avalia as andanças de Luis Fernando nos arraiais, sua presença efetiva nas audiências públicas sobre a atualização do Plano Diretor, bem como as visitas constantes aos bairros do município, mesmo com os problemas deixados pela administração o passada, o que por si só já gera demandas homéricas para o atual gestor.

Enfim, Luis Fernando aproveitou os festejos juninos para testar a sua popularidade.

E passou no teste.

O resto é choro das viúvas de um passado que não mais voltará mais às terras ribamarenses.

SÃO JOSÉ DE Ribamar: Luis Fernando empossa novos integrantes do Conselho Municipal da Juventude e lança o Inova Jovem

O prefeito Luis Fernando Silva empossou os titulares e suplentes da gestão 2018/2020 do Conselho Municipal da Juventude. A solenidade ocorreu nesta sexta-feira (08) no Salão do Turismo e contou com a presença do vice-prefeito, Eudes Sampaio, do secretário nacional da juventude, Assis Junior, do presidente do Conselho Nacional de Juventude (CONJUVE), Anderson Pavin, além de mais de 40 conselheiros nacionais da Juventude, que cumpriam agenda no Maranhão, incluindo o conselheiro Neilson Marques, ribamarense e também membro da equipe do Governo Municipal.

Durante a cerimônia, além de parabenizar os conselheiros e toda a juventude, o prefeito Luis Fernando lembrou a trajetória exitosa dos jovens na superação da interrupção brusca das políticas públicas para a Juventude, em decorrência da péssima administração a que o município foi submetido entre os anos de 2011 e 2016.

“A juventude é o pilar da minha administração. Nós precisamos ter um olhar diferente para a juventude e por essa razão, lá em minha primeira gestão, deixei criada a Secretaria da Juventude, que foi destruída. Deixamos programas de capacitação para os nossos jovens, que também foram abandonados. Destruíram sonhos, mas retomamos tudo desde o dia 1º de janeiro do ano passado”, lembrou o gestor.

Luis Fernando disse ainda que a posse do Conselho Municipal de Juventude, é mais uma etapa da reconstrução dos sonhos e planos dos jovens. “Esta é uma luta de todos nós e vamos seguir erguendo a mesma bandeira, que é o desenvolvimento exitoso das políticas públicas voltadas à juventude”, disse.

Na oportunidade foi lançado também o Inova Jovem, programa que compreende o Pano da Juventude que visa estimular os jovens negros em situação de vulnerabilidade para o empreendedorismo. O secretário nacional da juventude, Assis Filho, avaliou como positiva a política que vem sendo implementada pelo prefeito Luis Fernando em prol do desenvolvimento dos jovens ribamarenses.

“Luis Fernando dispensa comentários. Gestor sério e de grande competência, é um dos poucos prefeitos que lança um olhar com atitude para o avanço de políticas públicas que englobem os jovens e, claro, os inclua de forma participativa e decisiva”, parabenizou.

Assis também falou sobre a importância da formatação do conselho com sua representatividade no poder público e sociedade civil. “O conselho é peça fundamental para o desenvolvimento de ações voltadas a esse público jovem e é claro que esperamos que a retomada seja fundamental para o futuro dos jovens ribamarenses”, destacou.

Conselho Municipal da Juventude

O Conselho é formado por dez componentes, representados pelo poder público e sociedade civil. É um órgão de caráter consultivo e fiscalizador, criado por lei para estudar, analisar, elaborar, discutir e propor planos, programas e projetos relativos à juventude no âmbito municipal. Também tem a função de participar da elaboração e da execução de políticas públicas da juventude em colaboração com os órgãos públicos municipais; além de desenvolver estudos e pesquisas relativas à juventude. Tem como objetivo subsidiar o planejamento das ações públicas no município; fiscalizar e exigir o cumprimento da legislação referente aos direitos dos jovens; entre outras atribuições.

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR: Município ultrapassa meta de cobertura vacinal contra a Influenza

Mulheres gestantes, crianças, e idosos são os segmentos com a maior quantidade de doses aplicadas. Campanha foi prorrogada até 15 de junho.

O município de São José de Ribamar ultrapassou a meta de cobertura vacinal contra a Influenza (gripe), recomendada pelo Ministério da Saúde (MS). Até esta segunda-feira, 04, o município já havia alcançado mais de 94% do público-alvo da campanha.

No total, foram aplicadas mais de 29 mil doses da vacina contra H1N1 e H3N2, subtipos do vírus Influenza A, e contra Influenza B. Com o resultado, o município se destaca, entre as cidades brasileiras que já conseguiram alcançar a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, de 90%. Para o secretário de saúde, Tiago Fernandes, o trabalho exitoso é resultado da política preventiva implementada pelo prefeito Luis Fernando que incentiva a população ribamarense para prevenção de doenças.

“Por determinação do nosso gestor Luis Fernando, toda a saúde vem trabalhando intensamente no sentido de alcançar as metas estipuladas pelo Ministério da Saúde em relação a cobertura vacinal do público alvo da campanha contra gripe. Graças a Deus não apenas alcançamos como também ultrapassamos, e isso representa a prevenção da população”, comemora.

Prorrogação da campanha

A campanha de vacinação será prorrogada até o dia 15 de junho. No município, a campanha segue vacinando os grupos prioritários, em especial, crianças, gestantes, idosos e pessoas com doenças crônicas, como hipertensão arterial, diabetes, doenças respiratórias, etc.