ELEIÇÕES 2018: A coerência de Roberto Rocha 12

Além de um gesto de lealdade, essa coerência política e partidária do tucano maranhense também é uma demonstração de que Roberto Rocha não é covarde para abandonar amigos e aliados pelo meio do caminho.

Se tem um candidato majoritário coerente nestas eleições no Maranhão chama-se Roberto Rocha, principalmente quando o assunto é lealdade ao projeto nacional do seu partido, o PSDB.

Ao contrário dos que escondem o candidato a presidente do partido a qual pertencem, outros omitem e alguns até pulam do barco partidário, o senador e candidato a governador Roberto Rocha tem orgulho de pedir votos para o presidenciável do PSDB Gerado Alckmin.

E olhem que no Maranhão a onda é colar a imagem no Lula/Haddad, muitas vezes por puro oportunismo eleitoreiro, como parece ser o caso do “pulo” dado pelo nosso querido “Maragato” Weverton Rocha (PDT), candidato a senador, que abandonou o seu correligionário Ciro Gomes, candidato a presidente, e agora é Lula e Haddad desde quando era uma criança pobre lá pras bandas de Imperatriz.

Roberto Rocha, pelo contrário, mantém-se firme ao lado do Geraldo Alckmin e não perde uma oportunidade de pedir voto ao seu candidato a presidente onde estiver.

Além de um gesto de lealdade, essa coerência política e partidária do tucano maranhense também é uma demonstração de que Roberto Rocha não é covarde para abandonar amigos, aliados e correlegionários pelo meio do caminho.

Que os eleitores façam o seu julgamento.

LULA “DESPRIVATIZADO”: Justiça libera uso de imagens do ex-presidente na propaganda de Roseana 12

A vitória da coligação liderada por Roseana Sarney é simbólica, pois comprova que Lula não é mais apenas o “Lula”, mas “uma ideia”, como o próprio líder petista afirmou em discurso histórico em frente do Sindicado dos Metalúrgicos em São Bernado do Campo (SP), antes de ser preso.

A juíza Camilla Rose Ewerton Ferro Ramos, do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), disse um “não” a uma representação protocolada pelo PCdoB que pedia o veto do uso da imagem do ex-presidente Lula (PT) no programa eleitoral da candidata à governadora Roseana Sarney (MDB).

Ao julgar o mérito da representação comunista, nesta quarta-feira (12), a magistrada entendeu que a presença de Lula no programa de Roseana é tão somente “uma referência histórica e está associada à demonstração da atuação política da representada [Roseana Sarney], evidenciando que o fato apresentado é de natureza pública e notória”, destacou.a referência feita por Roseana sobre Lula em seu programa – informando ter sido ela líder do governo Lula”.

Essa vitória da coligação liderada por Roseana Sarney é simbólica, pois comprova que Lula não é mais apenas o “Lula”, mas “uma ideia”, como o próprio líder petista afirmou em discurso histórico em frente do Sindicado dos Metalúrgicos em São Bernado do Campo (SP), antes de ser preso em Curitiba (PR).

E uma ideia não se aprisiona.

E muito menos se privatiza…

IMAGEM DO DIA: Se Haddad é Lula, Zé Inácio é Lula e Haddad 4

247 – Em reunião fechada em Curitiba, membros da Executiva Nacional do PT aprovaram por unanimidade no início desta tarde o nome de Fernando Haddad como novo candidato do partido à presidência da República, após a impugnação de Lula pelo TSE; ex-prefeito, que até então era candidato a vice do ex-presidente, será lançado oficialmente em ato marcado para 15h na capital paranaense, com Manuela Dávila, do PCdoB, como vice.

ELEIÇÕES 2018: O PT “azul” de 200 mil reais 4

Nem mesmo com um deputado federal de mandato tiveram a competência para colocar o programa dos candidata à Câmara Federal no ar. 

Um partido que no plano nacional luta para salvar e preservar a sua principal liderança que é o ex-presidente Lula, no Maranhão é um desastre total, pois o PT mal consegue exibir os programas no horário eleitoral gratuito.

E olhem que as boas línguas falam que tem petista “produtor” ganhando cerca de 200 mil reais para cuidar dos programas eleitorais do PT no rádio e na tevê…

Pior, nem mesmo com um deputado federal de mandato tiveram a competência para colocar o programa dos “federais” no ar.

Esse é o PT no Maranhão!

Que virou azul!

O gesto de Brizola em 1989 que vale para 2018 2

O líder trabalhista teve a ousadia de pedir aos brasileiros que não quisessem votar nele, que votassem em Lula, Mário Covas, Ulisses Guimarães, Roberto Freire, “candidatos dignos que estão na disputa”.

Na primeira eleição para presidente da República pós-golpe de 64, no ano de 1989, Leonel Brizola, o velho e bom “Briza”, não fez campanha e muito menos pediu voto apenas para si.

Um dos maiores políticos que o Brasil já teve, Brizola sabia dos riscos que significava para o país a eleição de homens como Collor de Melo e Silvio Santos, que chegou a ensaiar uma candidatura presidencial mas acabou se perdendo pelo meio do caminho.

Foi então que o eterno líder trabalhista teve a ousadia de pedir aos brasileiros que não quisessem votar nele que votassem em Lula, Mário Covas, Ulisses Guimarães, Roberto Freire, “candidatos dignos que estão na disputa”. Algo mais ou menos assim.

Esse gesto de Brizola serve perfeitamente para 2018, na medida que há candidatos como Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PSL) e Cabo Daciolo (Patriotas), por exemplo.

Ciro é uma farsa política! Mente e mente bem com a cara mais dura do mundo, daí que é perigoso, pois convence com a sua retórica demagógica os eleitores menos atentos.

Bolsonaro e Cabo Daciolo, bom, esses dispensam comentários.

Nesse sentido, e lembrando o ensinamento de Brizola, há candidatos dignos nestas eleições de 2018 para presidente, tais como Fernando Haddad (PT) – caso o Lula seja impedido de disputar o pleito -, Marina Silva (Rede), João Amoêdo (Novo), Álvaro Dias (Pode), Geraldo Alckimin (PSDB), além dos outros candidatos situados na esquerda mais radical.

Mas, na avaliação do Blog do Robert Lobato, é erro colossal votar em candidatos como Ciro Gomes, Cabo Daciolo ou Jair Bolsonaro.

Que os brasileiros mirem e sigam o exemplo de Leonel de Moura Brizola.

ELEIÇÕES 2018: Prefeita Iracema Vale na campanha de Lula no Maranhão

A gestora petista vem fazendo muito mais pelo Lula do que muita gente “graúda” do PT maranhense.

Circulam nas redes sociais e aplicativos de mensagens, alguns vídeos da prefeita de Urbano Santos, Iracema Vale (PT) fazendo atos em solidariedade ao presidente Lula.

Iracema Vela na luta pelo direito do Lula ser candidato a presidente.

O Blog do Robert Lobato tentou entrar em contato com a prefeita mas não foi possível em virtude da petista estar em reuniões tratando de interesses do município que administra.

Pelos prêmios que já recebeu, a prefeita está entre os melhores gestoras municipais do Brasil, mas a questão aqui não é essa e sim o que ela tem feito enquanto militante para pedir voto e fazer campanha para o presidente Lula.

Segundo apurou este blogueiro, só no último final de semana a prefeita percorreu quase duas dezenas de municípios, do Médio Mearim ao Baixo Parnaíba, reunindo lideranças e as comunidades e pedindo votos para o presidente Lula.

Pela forma como a mulher tem atuado politicamente nestas eleições de 2018, além de boa de voto na região do Baixo Parnaíba começa a se consolidar como liderança estadual!

Trata-se, em verdade, de um valoroso quadro do PT e nesse clima de desqualificação que vive o petismo no Maranhão, este Blog não poderia deixar de registrar a força política dessa brava e competente petista.

Séria, comprometida e que independente das dificuldades domésticas do PT maranhense, que vive mergulhado numa autofagia sem fim, tem-se que reconhecer que Iracema Vale nunca entrou nesse jogo de guerra interna entre tendências e vem dando um show de militância onde as causas maiores são colocadas em primeiro lugar e acima dos interesse pessoais.

E “de quebra”, como se diz no popular, fazendo muito mais pelo Lula do que muita gente “graúda” do PT maranhense.

Confira o vídeo abaixo e veja um exemplo do engajamento da prefeita Iracema Vale pela campanha “Lula livre, Lula presidente”.

ELEIÇÕES 2018: Discurso de Adriano Sarney em Vargem Grande incomodou mesmo os comunistas 12

A figura de retórica do jovem parlamentar de que “Roseana é a Lula do Maranhão” deixou os comunas tontos até hoje, a ponto do deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB) acusar o golpe através da rede social do Twitter, como se menino de recado fosse

Não tem jeito: o discurso do deputado Adriano Sarney (PV) incomodou mesmo meio mundo comunista no Maranhão.

No último sábado, 21, em Vargem Grande, durante ato que contou com a participação de da pré-candidata à governadora Roseana Sarney (MDB) e lideranças estaduais e locais de vários partidos que apoiam a emedebista, o deputado Adriano Sarney (PV) disse que “Roseana é Lula do Maranhão” (veja aqui). Detalhe: Zé Adriano, como também é chamado, fez a declaração ao lado e segurando as mãos do ex-candidato a prefeito de Vargem Grande pelo PT, Edmilson Carneiro.

A figura de retórica do jovem parlamentar deixou os comunas tontos até hoje, a ponto do deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB) acusar o golpe através da rede social do Twitter, como se menino de recado fosse, afirmando que “Roseana Sarney é a Temer do Maranhão, isso sim. Mesmo partido, mesma forma de governar. Xô!” (Rsrs).

Se depender das declarações elogiosas do pessoal do grupo Sarney à Lula e ao PT durante toda a campanha de 2018 os comunas vão pirar de vez.

Que coisa, não?!