SAÚDE DA “MUDANÇA”: Irregularidades e perseguições marcam a atual gestão da Maternidade Marly Sarney

Chega ao Blog do Robert Lobato informações de várias irregularidades e arbitrariedades que estão acontecendo na atual gestão da Maternidade Marly Sarney, localizada no bairro da Cohab.

Dirigida pelo médico Edson Cunha de Araújo Júnior, filho do deputado neocomunista Edson de Araújo, a maior reclamação, porém, recai sobre o diretor administrativo Andre Gustavo de Oliveira e pelo contador Luis Henrique, que atuava no PAM do Filipinho, no governo Roseana Sarney e agora, pasmem!, atua como chefe da enfermagem da Maternidade Marly Sarney. Ou seja, um contador na função que deveria ser ocupada por profissional com formação em Enfermagem. Aliás, o contador responde a inquérito por desvio de conduta, segundo a fonte deste blog.

A principal reclamação dos profissionais é quanto a perseguição imposta às enfermeiras sobretudo quanto ao remanejamento das mesmas de forma aleatória, sem quaisquer critérios, o que proibido por lei e atenta contra as normas estabelecidas pelo Conselho Regional de Enfermagem Do Maranhão (Coren-MA).

Não bastassem as perseguições à enfermeiras e técnicos em enfermagem, a atual administração da Marly Sarney é negligente com a conservação e limpeza das dependência dessa que é uma das mais antigas unidades de saúde do Maranhão, conforme imagens abaixo.

Há também denúncias de que a única ambulância da Maternidade vive no prego e ainda por cima servindo, quando está em condições para tal, a outra unidade hospitalar.

Em contato com o Coren-MA, o Blog do Robert Lobato foi informado de que a entidade mandará uma comissão de fiscais para levantar as denúncias de assédio moral e perseguições aos profissionais que estariam acontecendo no âmbito da Maternidade Marly Sarney.

Estaremos de olho.

17 comentários sobre “SAÚDE DA “MUDANÇA”: Irregularidades e perseguições marcam a atual gestão da Maternidade Marly Sarney

  1. roberto disse:

    Essa unidade atende tem o mesmo número de atendimentos da gestão passada só que por apenas 60% do valor de custeio, só para você ver o quanto havia realmente de IRREGULARIDADE ANTERIORMENTE. Isso realmente é o que incomoda.

  2. O candidato “2,63%” estava hoje em Imperatriz esculhambando o Governador Flávio Dino.
    Aquele mesmo que diz que vai impetrar representação contra o aplicativo “Detector de Corrupção”. Hahahahaha…

  3. jouberval disse:

    Uma inveja não é ? O governo dando certo e com a reeleição batendo à porta. Agora até o Costa Ferreia, quem diria, vindo para o lado bom da força.

  4. mohamad disse:

    Olha ai chupa bolas de judas kkkkkkkkkkkkkkkkk, Pesquisa Tabajara do grupo Sarney é novamente cancelada kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Deixe uma resposta