VÍDEO: Mais uma vez sobre o “enganador” do Maranhão

O que precisa ficar claro é que o principal traidor nessa história envolvendo o senador mineiro é Flávio Dino, que foi eleito governador em 2014, entre outras coisas, graças ao apoio que teve do “corrupto Aécio Neves”.

O Blog do Robert Lobato volta ao assunto em virtude da insistência do governador Flávio Dino (PCdoB) em continuar tentando enganar tudo e todos (veja aqui).

Ontem, o Senado Federal rejeitou as medidas cautelares impostas a congressistas por três ministros da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal.

 

Mais do que devolver o mandato e o direito de ir e vir ao senador Aécio Neves (PSDB/MG), a decisão do Senado restabelece a ordem constitucional no país, assegura o Estado de Direito e preserva a própria democracia, na medida garante a necessária e saudável separação entre os três poderes, que devem ser harmônicos, mas independentes.

Contudo, a máquina de propaganda do Palácio dos Leões resolveu reduzir a decisão do Senado da República apenas à “salvação do Aécio” e amanheceu divulgando, via blogs e redes sociais “amigas”, uma peça publicitária onde aparecem os três senadores maranhenses, Edison Lobão, João Alberto, ambos do PMDB, e Roberto Rocha (PSDB) com a inscrição “Traidores do Povo”, por terem votado contra as tais medidas cautelares.

O que precisa ficar claro, porém, é que o principal traidor nessa história envolvendo o senador mineiro não é outro que não Flávio Dino, eleito governador em 2014, entre outras coisas, graças ao apoio que teve do “corrupto Aécio Neves”, que agora o comunista quer ver pelas costas ao mesmo tempo que insiste em manter o PSDB no seu projeto de reeleição em 2018 apenas visando o tempo da legenda e nada mais. Não respeita nem os tucanos locais.

Haja cinismo. Haja enganação!

Confira o vídeo a seguir e saiba de vez quem é Flávio Dino.

Deixe uma resposta