ELEIÇÕES 2018: Leonardo Sá declara apoio e voto em Weverton para Senador 6

Pré-candidato a deputado estadual, Dr. Leonardo Sá, anunciou apoio a Weverton Rocha na disputa ao Senado Weverton. Na companhia do suplente de vereador de São Luís, Eduardo Bruno (PPS), o médico de Pinheiro declarou que caminhará junto com o presidente do PDT do Maranhão na disputa majoritária deste ano.

De acordo com o próprio Leonardo Sá, o lançamento da pré-candidatura de ambos está marcado para março, e juntos vão percorrer diversas cidades maranhenses.

Atualmente Weverton é deputado federal em seu segundo mandato desde 2015, pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT). O parlamentar está filiado desde os seus 16 anos no partido, e traz no seu currículo um grande trabalho em defesa das causas sociais prestado aos brasileiros.

Weverton Rocha contra o golpe que colocou Michel Temer na presidência da República, votou contra as reformas trabalhistas e contra a reforma da previdência social, defensor da democracia e muitos outros requisitos que colocam seu nome como um dos melhores na disputa para tal cargo.

Em sua página pessoal no facebook, Leonardo Sá publicou em primeira mão sua decisão em apoiar Weverton e disse que terá total dedicação a coordenação da pré-campanha de Weverton na Baixada Maranhense: “Olá meus amigos! Venho aqui contar pra vocês em primeira mão sobre a minha decisão, decidi caminhar ao lado do Deputado Weverton rumo a vitória nas próximas eleições, ele é pré-candidato a Senador e está gabaritado para ser Senador pelo Maranhão, grande defensor das causas sociais, é um amigo, e eu farei o sua pré-candidatura ao Senado da mesma forma que farei a minha pré-candidatura à Deputado Estadual, com o mesmo empenho, a mesma garra, e o mesmo objetivo que é a vitória, no que depender de mim, da minha colaboração afirmo, Weverton será o próximo Senador pelo Maranhão”, declarou Leonardo.

ELEIÇÕES 2018: A esperteza de Flávio Dino em relação ao projeto “Werverton senador” 14

Caso Weverton venha a ter complicações com Justiça e a Polícia Federal, o gesto de Flávio Dino, ontem, servirá para o governador continuar tendo o PDT do seu palanque, pois terá o crédito pra dizer: “Fiz a minha parte, se não deu, não é culpa minha”.

O governador Flávio Dino (PCdoB) é esperto pra caramba!

E ontem, sábado, 2, deu mais uma demonstração dessa sua esperteza.

Ao aparecer no ato do PDT para declarar apoio à pré-candidatura do deputado Weverton Rocha ao Senado Federal, mais do que um gesto de companheirismo e lealdade ao “dono” da legenda trabalhista no Maranhão, Flávio apresentou, digamos assim, uma “carta de seguro”. Explico.

É que o governador comunista sabe que o “Maragato” pode se ferrar lá frente e sequer ser candidato à reeleição de deputado e muito menos a senador. Tem muito rolo de Weverton Rocha e isso pode tirá-lo das eleições de 2018 como candidato a qualquer cargo.

Ou seja, caso realmente Weverton venha a ter complicações com Justiça e a Polícia Federal, o gesto de Flávio Dino, ontem, servirá para o governador continuar tendo o PDT no seu palanque, pois terá o crédito pra dizer: “Fiz a minha parte, se não deu, não é culpa minha”.

É ou não é esperto o governador?