Judô ajuda no desenvolvimento de menino com autismo

Calabe, judoca e portador de autismo, durante um ippon no “mestre”.

Muito interessante a experiência vivida pelo pequeno Calebe, de 6 anos, que possui Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Ele participou no fim de semana da Copa Judô Monte Branco. Não só ele, mas a competição mostra a importância do desenvolvimento infantil, principalmente para uma criança com autismo.

A seguir a reportagem da TV Cidade e a opinião de dona Márcia Almeida, mãe do judoca Calebe, que no começo não queria lutar, mas depois só aceitou a deixar o tatame com o recebimento da sua medalha de honra ao mérito. Nada mais do que merecido não é mesmo?

(Com informações do site suacidade.com)