Estevão Aragão solicita folha de pagamento da Secretaria da Saúde, mas vereadores impedem o fornecimento 8

Na sessão desta terça-feira (17), foi marcada mais uma vez pelo impedimento do prevalecimento da transparência das contas do executivo para a sociedade. A maioria absoluta dos vereadores rejeitaram o requerimento do vereador Estevão Aragão (PSB) que pedia a folha de pagamento dos servidores da Secretaria Municipal de Saúde dos anos de 2016 e 2017. Com os mais absurdos argumentos, os aliados do prefeito buscaram justificar seus votos para impedir o fornecimento das contas da Semus.

A mais ridícula defesa partiu do líder do governo, Pavão Filho (PDT), que argumentou a disponibilidade de todas as informações requisitadas no Portal da Transparência da Prefeitura de São Luís. Porém quem tanta fazer a pesquisa, não encontra nada.

Apenas Marcial Lima (PEN), acompanhou o vereador Estevão Aragão e os dois de forma solitária foram os únicos que votaram a favor do requerimento. Inicialmente, outros vereadores pareciam que até votariam com o oposicionista, mas foram lembrados que o gesto de permanecer sentados – o famoso como estão – seria favorável ao fornecimento das contas da Semus.

O próprio Estevão Aragão aproveitou para comentar: “essa Casa está tão acostumada a só votar sim, que a maior parte já sabe como fica, só ficar sentados”.

O socialista ao fim da votação lembrou que não vai descansar e vai entrar com novo requerimento pedindo a folha de pagamento referente a todas as secretarias da administração municipal.