VÍDEO: Wellington é contra alta no preço de combustíveis e impede votação de projeto de Flávio Dino que aumenta impostos no Maranhão

Na tarde desta segunda-feira (03), o deputado estadual Wellington do Curso articulou para que proposta do governo do estado que aumenta impostos no Maranhão não fosse votada. Trata-se do Projeto N° 239/2018, que aumenta mais uma vez os impostos e iria ser apreciado já na tarde de hoje, caso o deputado Wellington não fizesse intervenção em defesa do povo do Maranhão. A votação foi adiada para a próxima quarta-feira.

Caso o Projeto seja aprovado, nos casos de produtos como gasolina, refrigerante, energéticos, isotônicos, embarcações de esporte e de recreação – inclusive esquis aquáticos, kites e jets skis – o ICMS a ser cobrado passa de 25% para 28,5%. Além disso, o projeto acrescenta óleo diesel e biodiesel à lista de produtos que recebem um adicional de dois pontos percentuais na alíquota do mesmo ICMS, subindo de 16,5% para 18,5%.

Sobre a situação, o deputado Wellington deixou claro o seu voto em defesa do povo e contrário ao aumento de impostos.

“Em 2016, votei contra o aumento dos impostos e vou votar contra novamente. Hoje, Flávio Dino tentou dar um golpe em todos nós. Com muita luta, conseguimos barrar o projeto hoje, mas será votado na próxima quarta-feira. Você, trabalhador maranhense, é o nosso convidado para essa votação. Vamos juntos dizer não ao aumento de impostos”, disse o deputado a Wellington.

Confira o vídeo onde o parlamentar tucano faz um resumo final da sessão

PAÇO DO LUMIAR: Eduardo Bruno surpreende em enquete para prefeito

Eduardo Bruno.

O jovem dirigente do PSDB, Eduardo Bruno, está surpreendendo numa enquete promovida pelo blogueiro Neto Cruz sobre a preferência dos leitores para prefeito de Paço do Lumiar – O blog do Neto Cruz é um dos mais acessados do Paço Lumiar e da Região Metropolitana de São Luis.

Embora não tenha valor científico, chama atenção o desempenho de Eduardo Bruno na referida enquete, principalmente porque ele nunca afirmou que será candidato a prefeito de Paço do Lumiar.

Até a última vez que o editor deste blog viu o resultado da enquete, já tinham 1.220 votos e Eduardo Bruno aparecia em segundo lugar com 13% dos votos, atrás apenas do empresário Fred Campos, que também é advogado e ex-vereador de Paço do Lumiar, logo não é difícil entender porque ele lidera a enquete até aqui.

O desempenho de Eduardo Bruno é tamanho que muitas pessoas, nos grupos de WhatsApp, perguntam curiosos sobre “quem é Eduardo Bruno?”.

A depender das enquetes e do “zum zum zum” que o seu nome está despertando, não vai demorar para o povo de Paço do Lumiar saber quem de fato é Eduardo Bruno.

Contudo, para saber um pouco sobre esta jovem e promissora liderança da nova geração de políticos maranhenses clique aqui.

E para participar da enquete do blog do amigo Neto Cruz basta acessar aqui.

Declaração de voto de Roberto Rocha repercute no O Antagonista: “Que o PT e o PSDB ouçam o clamor das ruas e refaçam seus destinos” 14

O tucano Roberto Rocha — derrotado na disputa ao governo do Maranhão, mas com mandato garantido de senador até 2023 — declarou voto em Jair Bolsonaro no segundo turno da corrida presidencial.

Ele escreveu que o Brasil caminha para “tempos ainda incertos, mas a população já deu uma demonstração de que não aceita que o velho continue dominando a política”.

“Manifesto meu voto em Jair Bolsonaro, sem pedir nada em troca. Mas apenas me associar à vontade geral do povo, para que brote o novo dos escombros do velho. E que os derrotados, tanto o PT quanto o PSDB, ouçam o clamor das ruas e refaçam seus destinos.

D’O Antagonista.

Ala do PSDB pede por reformas internas profundas 6

Um grupo de 250 militantes do #MudaPSDB de todo o País enviou à reunião da Executiva Nacional do partido, na tarde desta terça-feira, 9, em Brasília, um manifesto pedindo que a legenda passe por reformas interna profundas e que removam “o cordão de dependência que existe entre a ação partidária e o dinheiro público”. No manifesto, o #MudaPSDB apela para a mudança para não desaparecer. Eles pedem também o voto direto para a eleição do presidente nacional do partido e a obrigatoriedade das prévias para candidaturas em todos os níveis.

Leia a íntegra abaixo:

O PSDB perdeu a confiança dos brasileiros. Há um descolamento evidente entre povo e partido, fruto da incapacidade de mudar, da falta de humildade em ouvir e, sobretudo, da incompreensão de seus líderes em dar o exemplo. A autocrítica já foi feita por muitos, raras vezes ouvida. A humilhante derrota no pleito deste ano demonstra a urgência de reformas profundas. Mudamos ou desaparecemos.

Nascemos da necessidade de dar efetividade às promessas feitas ao povo na Constituição de 1988. Nos últimos anos, o país falhou no propósito de construir um modelo sólido de desenvolvimento, alinhado com o capitalismo global contemporâneo e, paralelamente, em tornar o Estado mais eficiente e subserviente aos interesses da população. Pecou por reproduzir uma tradição patrimonialista, de desigualdades e injustiças sociais marcantes, que se somam ao desemprego e desalento estrutural das pessoas mais humildes. Precisamos repensar as nossas práticas e analisar com cuidado em qual medida erramos como representantes do povo brasileiro.

Antes de se apresentar ao eleitorado, o Partido Social Democracia Brasileira precisa passar por reformas internas profundas, que reaproximem o filiado da direção partidária, democratizem as regras de convivência interna e removam o cordão de dependência que existe entre a ação partidária e o dinheiro público.

Somos um partido necessário ao Brasil. A Social Democracia Brasileira tem como objetivo claro a defesa incondicional do regime democrático, vê na moderação um instrumento de construção de soluções políticas e defende a necessária modernização do Estado brasileiro. É em nome dessa história, que legou ao país importantes avanços, e em nome da massa anônima de filiados, aguerrida, honesta, que insistimos.

Assim, propugnamos os seguintes pontos que devem guiar a reforma partidária:

1. Recadastramento geral dos filiados.

2. Voto direto para a eleição do presidente nacional do partido.

3. Obrigatoriedade das prévias para candidaturas em todos os níveis.

4. Eleição, pelo voto direito, de comissão para reelaboração do estatuto e de um programa partidário alinhado com a necessidade de modernização do Estado.

5. Suspensão automática da filiação de réus em processos criminais e expulsão automática dos condenados criminalmente em segunda instância.

6. Rejeição do fundo eleitoral e partidário.

Assinam este manifesto os 250 tucanos que integram o movimento #MudaPSDB

(Fonte: Estadão)

LIBEROU GERAL: PSDB decide liberar diretórios para escolher entre Haddad e Bolsonoaro 6

O PSDB, através do presidente nacional Geraldo Alckmin, informou nesta terça-feira (9) que o partido não apoiará Jair Bolsonaro (PSL) nem Fernando Haddad (PT) no segundo turno da eleição presidencial. Segundo o tucano, a partido também não vai compor o governo de quem vencer.

O anúncio foi feito após reunião da Executiva Nacional do PSDB. Ex-governador de São Paulo, ele disputou a eleição presidencial pela segunda vez e ficou em quarto lugar – recebeu 5.096.349 votos (4,76%).

Segundo Alckmin, a cúpula do PSDB decidiu liberar os diretórios estaduais da legenda e os filiados para fazer a escolha que quiserem.

As informações são do G1.

Fórum das Entidades da pessoa com Deficiência promove debates com candidatos, mas apenas dois confirmaram presença 2

O Fórum das Entidades da Pessoa com Deficiência promoverá, nesta quarta-feira, 26, às 15h, um debate com os candidatos ao governo do Maranhão.

Todos os seis candidatos foram convidados para o evento, mas até o momento apenas dois confirmaram presença no evento: Roberto Rocha (PSDB) e Ramon Zapata (PSTU).

O debate consistirá em torno das políticas púbicas para a pessoa com deficiência. Além dos candidatos, o evento contará com a participação de representantes de várias entidades que atuam no movimento.

O evento será uma oportunidade para as entidades conhecerem as propostas dos candidatos para as pessoas com deficiência, bem como para os pretendentes ao Palácio dos Leões assinarem uma carta compromisso e de responsabilidade com esse quase sempre esquecido segmento da sociedade.

Confira a programação.

As 14hrs – Abertura Composição da mesa: Genilson Protásio e Priscilla Selares – Coordenação do Fórum Maranhense das Entidades de Pessoas com Deficiência e Patologia;

14:30 – A Fala do Movimento e questionamentos;

15:30 – exposições dos Candidatos;

16:30 – Perguntas.

17:30 – Encerramento.