VITÓRIA DO MEARIM: Município completa 185 anos e o seu povo ganha melhorias na educação, saúde e infraestrutura…

Vitoria do Mearim completou, no último dia 19, 185 anos, cujos festejos foram marcados por inaugurações de reformas e aplicações em escolas, do hospital municipal, na inovação administrativa com o novo Centro, onde o povo poderá ser atendido pela gestão da prefeita Dídima Coêlho com dignidade, além de um mega show, que encerrou os festejos. “Queremos cumprimentar a todas as pessoas que de uma forma ou de outra, que com união ajudou a dá uma nova roupagem ao nosso município. Estou honrada em poder participar da história da nossa Vitória do Mearim”, falou a prefeita Dídima Coêlho.

Buscando resgatar a educação de Vitória do Mearim, a prefeita Dídima Coêlho reformou e ampliou diversas escolas municipais, trazendo um ambiente prazeroso aos professores e alunos, além da aplicabilidade correta dos recursos do Fundeb e do FNDE.

Diante de tantas escolas reformadas e aplicadas, foram inauguradas as reformas e ampliação, durante as festividades dos 185 anos de Vitória do Mearim, das escolas dos Povoados de Jaguary e Jacarey, na sede foram entregues as escolas Antonia Farias, Mon Senhor Arthur Gonçalves, a escola infantil Menino Jesus.

“As reformas e ampliações dessas escolas foram feitas com os recursos constitucionais do Fundeb, buscando atender as exigências do Ministério da Educação. A minha administração está na luta por uma educação de qualidade ao meu povo, isso com escolas que transmitam um ambiente prazeroso, valorizando o corpo docente e respeitando o corpo discente, cujo foco e a qualidade do ensino/aprendizagem estão empenhados na formação de cidadãos críticos e questionadores”, afirmou a prefeita Dídima Coêlho.

Fotos antes das reformas e ampliações das escolas:

Fotos após as reformas e ampliações efetuadas pela gestão Dídima Coêlho:

Dando sentido real a uma gestão voltada para o povo, Dídima Coêlho inaugurou o Centro Administrativo Cristovam Dutra Martins. A prefeitura anteriormente funcionava em diversas casas alugadas, não dando conforto àqueles que buscavam a administração municipal para solucionar seus problemas, além de consumir o montante de R$ 36 mil aos cofres municipais com alugueis. Com esse novo Centro Administrativo, a prefeitura passou a economizar R$ 16 mil e deu um atendimento humanitário aos munícipes que buscam o poder público.

“Eu visei uma administração concentrada, onde o atendimento fica adequado e de respeito à cidadania. É preciso respeitar o povo dando-lhe um bem-estar. Eu estou prefeita e não entrei para aproveitar do dinheiro público, visto que sempre tive equilíbrio econômico/financeiro e tenho meus bens patrimoniais bem antes de entrar na vida pública, continuo apenas com eles. Sinto-me honrada em assumir o destino que o eleitor da minha terra me conferiu. Estou administrando Vitória do Mearim apenas com os recursos constitucionais, haja vista que recebi a prefeitura inadimplente junto aos governos estadual e federal. Porém minha gestão vem lutando para que o município se torne adimplente e, assim, possamos fazer mais por minha gente”, alertou a prefeita Dídima.

A prefeitura antes de Dídima Coêlho

Centro Administrativo na gestão Dídima Coêlho

Nesses 185 anos, Vitória do Mearim recebeu uma nova infraestrutura no Hospital Municipal Kalil Moises da Silva. A reforma se fazia necessária, visto que nessa unidade hospitalar os índices de infecção e de maus tratos superavam todas as expectativas dá má gestão. A reforma e a implantação de serviços essenciais estão dentro das exigências da OMS, num resgate digno dos 50 leitos adequados e humanizados. O Centro Cirúrgico foi reformado dentro das exigências que o caso requer. O laboratório e o RX emitindo resultados em conformidade com os princípios médicos. A nutrição oferecendo alimentações dentro dos preceitos nutricionais tanto aos pacientes, aos acompanhantes e seus funcionários.

“O resgate da nossa principal unidade hospitalar e das demais unidades foi visando dá aos munícipes uma saúde pública de qualidade, isso com as aplicabilidades dos recursos de acordo com suas necessidades, através da compra equipamentos, kits laboratoriais, alimentação adequada e, principalmente, cumprindo com o pagamento dos profissionais”, destacou a prefeita.

Foto antes das reformas do hospital municipal:

Fotos após as reformas e ampliações efetuadas pela gestão Dídima Coêlho:

Vitória do Mearim está rumo certo e a busca por inovações sempre serão bem vidas…

(Fonte: Blog do Caio Hostílio)

VITÓRIA DO MEARIM: Nota da Secretaria de Saúde 4

A Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Vitória do Mearim – Maranhão, vem a público esclarecer o seguinte:

1. Hoje, dia 27 de novembro de 2017, a Vice-Prefeita deste Município, Senhora Elzir Lindoso, e o Vereador Cesar Lindoso, por volta das 08:00 horas, foram até o Posto de Saúde do Assentamento no povoado Coque, e fotografaram restos de cigarro jogados ao chão e um facão que se encontrava em cima de uma mesa em uma das
dependências daquela Unidade Básica Saúde, que teriam sido deixados ali por o vigia noturno;

2. Não há que se estranhar se na sessão da Câmara de Vereadores que se realizará a partir das 19:00 desta segunda feira, a Vereadora Salma fizer discurso dizendo dentre outras asneiras, que por causa do fato descrito, “Vitória do Mearim vive um caos”, administrativo”, dando oportunidade para que o seu irmão Laercio Faray, faça postagens no Facebook sobre o caso;

3. De espantar que os “investigadores”, tenham chegado na Unidade de Saúde, no momento em que os funcionários chegavam para iniciar os trabalhos;

4. No dia 24 do corrente, o Sr. conhecido por Nezim e sempre visto ao lado do Pastor Pedro Lindoso, com ameaças de agressões aos que trabalham na coleta, capina e podagem, interrompeu esses serviços no povoado de Coque, sem nenhuma justificativa a menos razoável, prejudicando toda a população do povoado, porque a coleta de lixo
é serviço de natureza continua e essencial à população, porque previne doenças. A situação só foi normalizada hoje, segunda feira, dia 27.11.2017;

5. Muito estranho tudo isso;

6. Esses fatos lamentáveis serão investigados, para que todos saibam se alguém mandou alguém fazer o que, e a verdade prevaleça.