A polícia e a política 10

“É mais que preocupante vermos em nosso Maranhão prosperar uma artificial e extemporânea polêmica que busca colocar a Polícia no espectro das divergências ideológicas, na cediça discussão que opõe agrupamentos políticos”.

A Polícia Militar do Maranhão foi criada no período regencial, entre o primeiro e o segundo Império. Instituição pioneira, ela transpôs quase 200 anos de história sofrendo mudanças, evoluções e adaptações, passando por todos os modelos de policiamento, desde o político, o modelo profissional até a atuação como polícia comunitária, guardiã da cidadania.

A PM atravessou todas as turbulências da história do país, com golpes de estado, períodos de democratização, ditadura militar, Império, República, insurreições, duas guerras mundiais e sete diferentes Constituições. O segredo de sua longeva permanência é jamais ter sucumbido à lógica circunstancial da política. Instituição permanente, ela representa o valor da ordem e da paz social no estado de direito.

Por isso é mais que preocupante vermos em nosso Maranhão prosperar uma artificial e extemporânea polêmica que busca colocar a Polícia no espectro das divergências ideológicas, na cediça discussão que opõe agrupamentos políticos.

Tentar intrigar figuras públicas com a PM, levando o debate para o terreno das lealdades políticas, é uma indignidade com a história da PM e um desserviço à sua missão constitucional.

A PM só tem um lado: o da sociedade! Suas virtudes, seus erros, suas conquistas, são desafios de todos nós. Devemos ter olhos para ver as condições em que ela opera, o sacrifício no limite do desumano de seus membros, expostos à escalada da violência e ao esgarçamento do tecido social.

Devemos discutir as políticas de segurança, seus enormes desafios que impõem soluções institucionais ousadas e urgentes. Mas o limite para tal é estabelecer um jejum ideológico que preserve e valorize uma instituição que, no limite, simboliza a própria condição do exercício da democracia e dos direitos e garantias fundamentais da dignidade humana.

Roberto Rocha (PSDB)
Senador da República

Urbano Santos: Othelino e Josimar de Maranhãozinho recebem demandas da população

Othelino e Josimar de Maranhãozinho disseram que a reunião, com a participação de centenas de pessoas, serviu para ver de perto as demandas da população

O presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), e o  deputado Josimar de Maranhãozinho (PR) reuniram-se com populares e lideranças comunitárias e políticas de Urbano Santos, no domingo (4), para discutir propostas visando à destinação de obras e serviços que possam melhorar o município.

O encontro foi organizado pelo ex-candidato a prefeito da cidade, Washington do Posto. Othelino e Josimar de Maranhãozinho disseram que a reunião, com a participação de centenas de pessoas, serviu para ver de perto as demandas da população.

“Conversamos com Washington e os participantes sobre as demandas da população. As pessoas falaram dos principais problemas da cidade e o compromisso que firmamos, eu e o deputado Josimar, foi de  tentar ajudar a população por meio de nossa ação parlamentar”, explicou.

Os dois deputados foram recepcionados pelo ex-candidato a prefeito da cidade, que promoveu um grande debate a fim de ouvir da população propostas que possam ser atendidas por meio da atuação parlamentar dos dois.

Aos dois deputados, os moradores e lideranças comunitárias e políticas expuseram problemas trazidos por várias comunidades e bairros, a exemplo de ruas sem asfalto, hospital inacabado e estradas vicinais ruins.

Josimar de Maranhãozinho também disse que pretende ser parceiro do líder político local, sempre levantando a bandeira em defesa de Urbano Santos. Ele garantiu que vai se esforçar para atender às demandas da população local.

Estiveram presentes também dois vereadores locais pela oposição, Romiro Max e Leia Costureira; o presidente da Câmara Municipal da vizinha São Benedito do Rio Preto, Dário Erre, e o prefeito desta cidade, Maurício Fernandes.

Os vereadores enfatizaram a importância do encontro com os deputados e relacionaram vários problemas na cidade, como o sucateamento dos serviços públicos.

Ao falar, Washington do Posto apresentou também uma lista dos problemas enfrentados pela população, principalmente a mais humilde, e os agricultores.

Elogiou Othelino e Josimar, pela disposição de debater com os moradores os problemas que lhes afetam.

Todas as demandas apresentadas pela população são por melhorias e os deputados garantiram que vão imprimir esforços no sentido de atendê-las.

(Da Assessoria)