ACUSARAM O GOLPE: Palácio dos Leões usa o PDT para tentar proibir gabinete móvel do senador Roberto Rocha 12

A ação na Justiça era para ser impetrada pelo PCdoB, mas ficaria muito evidente o incômodo dos comunistas com o projeto Roberto Rocha governador-45. Foi aí que acionaram o PDT de Weverton Rocha que passou a fazer qualquer coisa para agradar o comuna-mor em nome da sua improvável eleição de senador.

Estrutura show do senador Roberto Rocha que incomodou a corriola “comuno-maragatista”.

O Partido Democrático Trabalhista (PDT), presidido pelo deputado federal e pré-candidato a senador Weverton Rocha, foi atendido, liminarmente, em representação formulada pela sigla do Maragato que pede a retirada do gabinete móvel do senador Roberto Rocha (PSDB) das estradas maranhenses.

O desembargador que tem nome de personagem do desenho animado Backyardigans, Tyrone José Silva, foi quem concedeu a liminar para o PDT –  a sigla sustentou que o gabinete móvel caracteriza propaganda eleitoral antecipada, já que o senador Roberto Rocha é pré-candidato ao governo do estado.

Através de um governista bem posicionado no grupo de Flávio Dino, O Blog do Robert Lobato soube que a ação era para ser impetrada pelo PCdoB, mas ficaria muito evidente o incômodo dos comunistas com o projeto Roberto Rocha governador-45. Foi aí que acionaram o PDT de Weverton Rocha que passou a fazer qualquer coisa para agradar o comuna-mor em nome da sua improvável eleição de senador.

O senador Roberto Rocha já recorreu da decisão do juiz Tyrone e deve ter, em breve, o seu gabinete móvel liberado para levar os serviços prestados pelo seu mandato a todos cantos e recantos do estado.

Em tempo: O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), em decisão de 08/2017 diante um caso parecido com esse que o PDT alega, sustentou o seguinte:

“Ademais, como explicou a recorrente, o material em comento não se trata de um outdoor, mas sim de painel móvel, com sua fotografia, utilizado como fundo para as apresentações, nunca superior a trinta minutos, nos deslocamentos efetivados pela cidade” .

“Das premissas fáticas delineadas no decisum regional, verifico que na publicidade impugnada não constaram elementos capazes de configurar a existência de propaganda eleitoral extemporânea. Isso porque não houve pedido expresso de votos no teor da mensagem divulgada do artefato publicitário, mas sim informação que está albergada pelas liberdades de expressão e informação, que ostentam uma posição preferencial (preferred position) dentro do arquétipo constitucional das liberdades.”

Tudo indica, portanto, que o factoide jurídico do partido do Maragato vai parar no aquivo morto da Justiça maranhense.

É aguardar e conferir.

IMAGEM DO DIA: Fanfarrões, Ciro Gomes e Carlos Lupi mais próximos dos comunistas do PCdoB 2

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) usou a sua rede social do Twitter para comunicar que, junto com Carlos Lupi, presidente nacional do partido,  procurou a direção nacional do PCdoB na manhã desta terça-feira, 17, em Recife (PE). Na pauta um eventual apoio dos comunistas ao candidato pedetista. Ciro Gomes e Carlos Lupi são dois fanfarrões, como todo brasileiro sabe. Ciro quando esquece de tomar o seu Gardenal fica doidão e genioso, Já Lupi não tem remédio que dê jeito.

Para saber mais sobre o encontro comuno-trabalhista acesse AQUI.

ELEIÇÕES 2018: Em ato de lançamento da pré-candidatura de Weverton Rocha ao Senado, Flávio Dino deve declarar apoio a Ciro Gomes 20

Essa prática do comunista é conhecida de todos: para cada situação um discurso, para cada palanque uma declaração de apoio para presidente. Vimos isso em 2014 quando apoiou de Dilma (PT) a Aécio Neves (PSDB). Às favas a fidelidade partidária e a concepção ideológica

Deputado federal Weverton Richa (PDT) fará ato político na próxima segunda-feira, 16, no Multicenter Sebrae, com a presença do pré-candidato a presidente pelo seu partido, o fanfarrão do Ciro Gomes.

O ato vai estar presente também o governador Flávio Dino, que deve declarar apoio a Ciro Gomes e banhar o presidenciável de loas, que defendeu apoio da esquerda ao pedetista.

Essa prática de Flávio Dino é conhecida de todos: para cada situação um discurso, para cada palanque uma declaração de apoio para presidente. Vimos isso em 2014 quando apoiou de Dilma (PT) a Aécio Neves (PSDB). Às favas a fidelidade partidária e a concepção ideológica.

Senado

Mas o ponto alto do evento, claro, será o lançamento da pre-candidatura de Weverton Rocha ao Senado Federal no auditório repleto de militantes espontâneos e participantes pagos para enfeitar a festança política.

Weverton Rocha faz uma das pré-campanhas mais caras dessa fase do processo eleitoral de 2018. Além de ter “adquirido” o sistema Difusora de Comunicação, o líder pedetista possui um estrutura que, se duvidar, é de fazer inveja até ao governador Flávio Dino. É dinheiro saindo pelo ladrão – sem querer fazer qualquer trocadilho.

Por terra ou pelo ar, já que Weverton Rocha rasga os céus maranhenses num potente helicóptero de propriedade do seu compadre Willer Tomaz, um ex-presidiário da Lava Jato, o pré-candidato aposta – e a palavra é essa mesmo – todos os recursos na sua eleição que mesmo com toda grana e estrutura não é dada como fácil, tanto que a sua companheira de chapa, a também deputada federal Eliziane Gama (PPS) sem um quinto da estrutura que Weverton detém, tem mil vezes mais chances de eleição do ele.

O fato é que a segunda-feira, 16, vai dar o que falar positiva e negativamente, sem dúvida alguma.

O Blog do Robert Lobato deseja sucesso ao ato político do deputado Weverton Rocha, nosso querido Maragato.

SENADO 2018: As complicações jurídicas de Weverton Rocha e o carisma de Eliziane Gama 20

O parlamentar do PDT tende a passar a campanha inteira enfrentando processos nos tribunais superiores, inclusive com pedidos de impugnação da sua candidatura. Isso é péssimo!

O deputado federal Weverton Rocha (PDT) teve negado, pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), um recurso interposto contra decisão anterior do mesmo magistrado, na qual havia determinado a remessa imediata do Inquérito 3.394, relacionado à suposta prática de peculato, corrupção passiva e corrupção ativa, às Varas Criminais Federais da Seção Judiciária do Distrito Federal/DF.

No pode parecer, ao menos momentaneamente, algo positivo para o líder pedetista do ponto de vista de jurídico, já que o processo continua perambulando pelo Distrito Federal, do ponto de vista político é muito ruim para quem está em pré-campanha para o Senado Federal.

Weverton Rocha tende a passar a campanha inteira enfrentando processos nos tribunais superiores, inclusive com pedidos de impugnação da sua candidatura. Isso é péssimo.

As acusações que pesam contra o parlamentar pedetista são graves, muito graves, gravíssimas!

Enquanto isso, a sua companheira de chapa, a também deputada federal Eliziane Gama (PPS), navega em águas calmas nesta fase de pré-campanha no que diz respeito à questões jurídicas, éticas e morais.

A irmã faz uma pré-campanha alegre, simples, sem ostentações, sustentada apenas no seu carisma e na força que possui no meio evangélico e mesmo entre setores dos movimentos sociais.

Se depender exclusivamente da força e do carisma de Eliziane Gama, e não houver conspirações “amigas”, com certeza ela entrará na campanha propriamente dita com um grau de competitividade muito grande.

E sem ter que ficar com um olho na campanha e outro nos tribunais.

Como é o caso de Weverton Rocha, o nosso querido Maragato…

SÃO LUIS: Edivaldo Holanda Júnior quer cumprir acordo antigo com setor do PT 4

Com a saída do vereador Ivaldo Rodrigues da SEMAPA para assumir a Articulação Politica, o acordo, enfim, poderá ser cumprido pelo prefeito

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) dá sinais de que deseja cumprir um antigo acordo com um setor do PT que o apoiou na sua reeleição, mas que ainda não foi contemplado pela administração municipal.

Por acordo, não somente as correntes petistas ligadas ao Palácio dos Leões participariam do segundo mandato do prefeito, mas também aquelas não alinhadas ao governo.

Pois Edivaldo Júnior assumiu o segundo mandato e até hoje nem “tchum” para o acordo.

Com a saída do vereador Ivaldo Rodrigues da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA) para assumir a Articulação Politica, o acordo, enfim, poderá ser cumprido pelo prefeito.

“Mas agora em outros termos”, garantiu um petista ao Blog do Robert Lobato.

É aguardar e conferir.

Em um só tempo, Flávio Dino descarta Lula e Manuela d’Ávila 16

Flávio Dino usa contra Lula do mesmo artifício que usou na campanha de 2010 quando saiu espalhando pelo Maranhão afora que Jackson Lago estava “ficha suja” e, mesmo que disputasse e fosse eleito governador, não assumiria o cargo porque seria cassado pelo Justiça Eleitoral.

Menos de uma semana após a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann afirmar que o nome de Ciro Gomes (PDT) “não passa no PT nem com reza brava”, eis que aparece Flávio Dino (PCdoB) para defender o justamente o pedetista como alternativa a uma candidatura petista a presidente.

Para o governador maranhense, “insistir em candidatura de ex-presidente [Lula] é derrotismo” e considera que o líder petista “está inabilitado” e que “o PT não tem nome capaz de unir nesse momento”.

Flávio Dino usa contra Lula do mesmo artifício que usou na campanha de 2010 quando saiu espalhando pelo Maranhão afora que Jackson Lago (PDT) estava “ficha suja” e, mesmo que disputasse e fosse eleito governador, não assumiria o cargo porque seria cassado pelo Justiça Eleitoral. Essa, digamos, “contra-campanha” do comunista contra Jackson prejudicou e muito o saudoso líder trabalhista.

Seja para aparecer na imprensa nacional como liderança das esquerdas brasileiras e tirar o foco de tanta pauta negativa do seu governo, ou apenas para criar um factoide político, o fato é que com a defesa do nome de Ciro Gomes para substituir Lula ou outro candidato do PT na corrida presidencial, Flávio Dino descarta, em só tempo, Lula e a pré-candidata Manuela d’Ávila, do seu partido.

Esse é o senhor Flávio Dino de Castro e Costa.

SÃO LUIS: Possível saída de Ivaldo Rodrigues da Semapa para Cultura gera insatisfações entre os feirantes 8

Mas não é somente a insatisfação dos feirantes que ronda a possível saída de Ivaldo Rodrigues da Semapa. Há um ingrediente político que pode acabar em muita crise e dor de cabeça para o prefeito Edivaldo.

A possível mexida no âmbito da administração do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) que consistiria em tirar o vereador Ivaldo Rodrigues, também do PDT, da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e colocá-lo Secretaria de Cultura está gerando um bafafá daqueles.

Uma fonte pedetista, e do quadro da Semapa, entrou em contato com o Blog do Robert Lobato para relatar as insatisfações que estão sendo geradas caso realmente Ivaldo seja obrigado a deixar a Secretaria.

Em primeiro lugar, os feirantes estão revoltados com essa possibilidade e falam até “grandes manifestações”, segundo afirmou a fonte, pois Ivaldo deu cara nova para um setor que há anos vinha sendo esquecido, seja por incompetência dos gestores ou por falta de apoio dos sucessivos prefeitos de São Luis.

“Há possibilidade de grandes manifestações dos feirantes que não aceitam que o secretário Ivaldo Rodrigues deixe a Semapa para assumir a pasta da Cultura. Eles [os feirantes] consideram Ivaldo o melhor secretário que já passou pela Secretaria e temem que haja retrocesso, principalmente na gestão da feiras. O trabalho feito por Ivaldo ajudou, inclusive, melhorar a imagem do prefeito Edivaldo no setor. Há anos que o setor estava esquecido e Ivaldo deu cara nova à Semapa”, afirmou a fonte do Blog do Robert Lobato.

Crise política

Mas não é somente a insatisfação dos feirantes que ronda a possível saída de Ivaldo Rodrigues da Semapa. Há um ingrediente político que pode acabar em muita crise e dor de cabeça para o prefeito Edivaldo.

É que essa mudança teria sido fruto de um acordo político-eleitoral entre o vereador Honorato Fernandes (PT) e o deputado federal Weverton Rocha (PDT) para selar uma aliança para as eleições de 2018, onde petista seria apoiado pelo “Maragato” para deputado estadual e em troca o vereador o apoiaria para o Senado Federal. Então para a Semapa iria alguém indicado por Honorato onde poderia fazer da pasta um outro “cabidão” de empregos, tal como ocorreu na Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB).

O fato é que se essa mudança realmente acontecer trará desdobramentos administrativos e políticos cuja dimensão ainda não é possível fazer a ideia.

É aguardar e conferir.

O dia que Chico Leitoa foi injusto com Roberto Rocha 26

Sinceramente é muito triste estar vivo para ver duas pessoas que até pouco tempo se respeitavam e se gostavam tanto terminar rompendo de forma tão agressiva e raivosa.

Conheci o ex-prefeito e ex-deputado Chico Leitoa (PDT) sendo amigo e companheiro do hoje senador Roberto Rocha (PSDB). Não só ele, mas também o seu filho Luciano Leitoa (PSB), atual prefeito de Timon.

Justamente por conhecê-los de “outros carnavais” é que recebi com surpresa um artigo virulento da lavra de Chico Leitoa em que o alvo é Roberto Rocha. Não só fiquei surpreendido como triste por ler palavras tão duras e injustas.

Ao contrário do que muitos possam achar, penso que Chico Leitoa não escreveria um artigo com sangue nos olhos apenas para agradar o governador Flávio Dino. Não! Isso não faz o estilo do pedetista.

Na humilde avaliação deste blogueiro, o que temos ali são palavras de um pai em defesa de um filho. Só isso levaria o velho e bom Chico Leitoa a tamanho e desproporcional ataque contra um amigo, ou ex-amigo, como seja.

Poderia aqui fazer um histórico dos bons momentos que construíram juntos Chico Leitoa e Roberto Rocha.

Coisas como Chico ter assumido, por causa de Roberto Rocha, o mandato de deputado federal em 1998 quando, covarde e injustamente, era acusado de assassinato de um radialista; Ou como em 2000, quando Chico foi candidato a prefeito e contou com ajuda política e estrutural para a sua campanha via Roberto Rocha; Ou como em 2002, quando mais uma vez Roberto ajudou a família Leitoa, desta feita contribuindo com a eleição do Luciano para deputado federal; Tem ainda o episódio de 2006, quando o então governador José Reinaldo e o ex-candidato a governador Edson Vidigal tomaram a reeleição do Luciano, apoiando a então prefeita Socorro Waquim, cujo esposo Sétimo foi eleito deputado federal no lugar de Luciano, mas Roberto ficou do lado dos Leitoa; Tem ainda o episódio de 2008, quando Roberto Rocha faz uma intervenção no PSDB de Timon para o partido coligar com Luciano; e mais recentemente em 2012, quando mais uma vez Roberto leva o PSDB para coligar com o atual prefeito de Timon.

Alguém pode dizer: “Ah, Bob Lobato, mas o grupo político do Chico Leitoa também sempre apoiou e ajudou Roberto Rocha em Timon e região, então estão eles estão quites”.

Sim, é verdade! Por isso mesmo a tristeza de alguém que é amigo tanto da família Leitoa quanto do Roberto Rocha.

Sinceramente é desolador estar vivo para ver duas pessoas que até pouco tempo se respeitavam e se gostavam tanto terminar rompendo de forma tão agressiva e raivosa.

Coisas da política? Pode ser!

Mas não há crise que obrigue um político perder o bom senso e respeito pelos outros, por mais que esteja com o sentimento do ressentimento no coração.

Um feliz 2018 para Chico Leitoa, Roberto Rocha e suas famílias.

São os sinceros votos do Blog do Robert Lobato.

ELEIÇÕES 2018: José Reinaldo, um pequeno passo para um candidato, mas um salto gigantesco para o Senado 4

José Reinaldo fez um movimento muito bem calculado nesta fase da sua pré-campanha ao Senado Federal ao convidar a família Macedo para integrar o seu projeto. Fecha o ano com chave de ouro.

O ex-governador José Reinaldo Tavares (ainda no PSB) calcula cada movimento que deve dar na política. Até porque, como engenheiro de formação, entende de cálculos diferenciais e integrais, e os têm aplicado no território da política.

Na segunda-feira, 11, por exemplo, o agora deputado federal fez um movimento que pode ter consolidado de uma vez por todas o seu projeto para o Senado Federal.

Durante almoço realizado, em Teresina (PI), um território neutro, portanto, José Reinaldo reuniu-se com a família Macedo.

No cardápio, além de um bode no vinho de coco, o convite para o que o clã Macedo indique o primeiro suplente de senador na sua chapa, provavelmente o patriarca Dedé Macedo. Ou seja, Zé Reinaldo matou vários coelhos com uma cajadada só.

Em primeiro lugar, o pré-candidato a senador chama para perto de si um dos principais fiadores políticos e financeiros da campanha de 2014 do então candidato a governador Flávio Dino (PCdoB). Uma saia justa do “caramba” no comunista.

Em segundo lugar, Dedé Macedo é pai do deputado estadual Fábio Macedo, do PDT, mesmo partido do também pré-candidato a senador Weverton Rocha, presidente estadual do legenda trabalhista e que já recebeu o apoio declarado do governador Flávio Dino.

Por fim, Zé Reinaldo contou com o apoio de ninguém menos do que o ex-prefeito de Timon e ex-deputado estadual, o pedetista histórico Chico Leitoa, nessa empreitada política de chamar a família Macedo para compor no projeto de senador do agora deputado federal – comenta-se que Chico está de olho na segunda suplência, mas ele nega.

Detalhe importante: o almoço da segunda-feira, 11, em Teresina, foi à revelia do Palácio dos Leões e do PDT de Weverton Rocha.

O fato é que José Reinaldo fez um movimento muito bem calculado nesta fase da sua pré-campanha ao Senado Federal. Fechou o ano com chave de ouro.

Parodiando a frase do astronauta americano Neil Armstrong ao pisar na lua, Zé Reinaldo de “um pequeno passo para um candidato, mas um salto gigantesco para o Senado”.

É aguardar e conferir.

PS: Chico Leitoa, assim como José Reinaldo Tavares, é engenheiro, logo entende de cálculos também.  🙂

Roberto Rocha conta com o respeito do PDT autêntico, o de Jackson, Neiva, Bezerra.. 10

O senador tem mais com que se preocupar do que ficar respondendo agressões de gente que, por vassalagem, têm que agradar o chefão do Palácio dos Leões

Não é de causar espanto quando o senador Roberto Rocha (PSDB) vai para as redes sociais e reage, com indignação, aos ataques que sofre quase que diariamente dos adversários políticos.

Foi o que aconteceu ontem, sábado, 2, quando o tucano usou o seu Twitter para rebater as agressões que sofreu do deputado federal Weverton Rocha e do fanfarrão do Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, durante um ato de apoio à candidatura do “Maragato” ao Senado Federal.

“Não entendo o motivo dos constantes ataques que me fazem os pedetistas, Lupi e Weverton. Logo eu que sempre torci pela felicidade do casal”, tuitou o senador.

O tucano pode ter exagerado na provocação, mas é compreensível a sua indignação uma vez que se tem um político maranhense que mais esteve ao lado do PDT foi Roberto Rocha.

Se hoje o PDT da dupla Weverton/Lupi parte para ofensas a Roberto em todos os atos políticos que o partido promove ou participa, não está ofendendo somente o senador, mas a memória de pedetistas históricos como Jackson Lago, Neiva Moreira, Mauro Bezerra e tantos outro que foram companheiros de jornada e de luta por um Maranhão melhor e mais justo ao lado de Roberto Rocha.

Não é por acaso que pedetistas de coração como Léo Costa, Rubem Brito e mesmo a dona Clay Lago, eterna companheira do nosso saudoso Jackson Lago, estão com o Roberto Rocha e apoiam a sua pré-candidatura a governador. E tantos outros trabalhistas começam, igualmente, a se aproximar do projeto “Roberto Rocha govenador-45”.

Para quem não sabe, se dependesse somente do desejo de Roberto o seu primeiro suplente seria o ex-prefeito de Porto Franco, Deoclides Macedo, outro amigo pedetista do senador. Foi convidado, mas preferiu disputar o mandato de deputado federal em 2014.

Enfim, se gente como Weverton Rocha e Carlos Lupi partem pra cima de Roberto Rocha, fosse eu o senador não somente ignoraria os ataques e ofensa como receberia enquanto elogios.

O fato é que Roberto tem mais com que se preocupar do que ficar respondendo agressões de gente que, por vassalagem, têm que agradar o chefão do Palácio dos Leões.

Fique na sua, senador.

O PDT autêntico está do seu lado!