FLÁVIO DINO EM APUROS: Justiça impugna candidatura do comunista ao governo do MA 4

O governador Flávio Dino (PCdoB) está em apuros!

Pegado de surpresa, o comunista foi declarado inelegível pela juíza Anelise Nogueira Reginato, titular da 8ª zona eleitoral, por crime de abuso de poder nas eleições municipais de 2016. Além de impugnar a candidatura de Flávio Dino, a magistrada, determinou a cassação do prefeito Luís da Amovelar Filho, também do PCdoB, e de seu vice, Domingos Alberto (PSB).

O presidente estadual do PCdoB e candidato a deputado federal Márcio Jerry, também entrou no bolo da impugnação junto com o seu chefe-maior.

Na sua decisão, a magistrada sentenciou:

“Declarar a inelegibilidade dos representados Flávio Dino de Castro Costa, Marcio Jerry Saraiva Barroso, Luís Mendes Ferreira Filho e Domingos Alberto Alves de Sousa, cominando-lhes sanção de inelegibilidade para as eleições que se realizarão nos 8 anos subsequentes à Eleição de 2016; e (b) cassar o diploma do Prefeito Luís Mendes Ferreira Filho e do Vice-Prefeito Domingos Alberto Alves de Sousa”.

O Blog do Robert Lobato, claro, comentará ainda hoje sobre a decisão da juíza Anelise Reginato, considerada “tecnicamente bem fundamentada” por vários advogados eleitoralistas maranhenses, e ainda sobre os desdobramentos jurídicos e políticos desse pedido de impugnação da candidatura do governador Flávio Dino.

Aguardem!

ELEIÇÕES 2018: Rejeição medonha pode fazer com que eleição de Márcio Jerry seja a mais cara da história do MA 14

Pode-se afirmar que o comunista é vítima de si mesmo, pela sua arrogância e desfaçatez no melhor estilo “jogar pedra e esconder as mãos” . Talvez poucos políticos no Maranhão tenha conseguido reunir tantos desafetos em grande quantidade em tão pouco tempo como o ex-secretário de Comunicação e Articulação Polícia do governo Flávio Dino.

O presidente estadual do PCdoB e candidato a deputado federal Márcio Jerry divulgou uma “carta aberta” denunciando o que considera “uma orquestração de mentiras, calúnias, difamações torpes tentando atingir minha honra e de familiares meus”.

O comunista mostra-se indignado por conta de um vídeo apócrifo que ganhou as redes sociais, mas precisamente grupos de WhatsApp, cujo conteúdo traz graves acusações ao homem forte do governo Flávio Dino e a membros da sua família.

Evidente que ninguém com o mínimo de bom senso e postura ética vai concordar com o uso de material clandestino para atacar, caluniar, difamar adversários e principalmente seus familiares que muita das vezes não têm nada a ver com as estripulias praticadas pelos parentes próximos. Aliás, é sabido que muitos blogs ligados ao presidente do PCdoB abusam nas ofensas pessoais  a políticos da oposição, inclusive na exposição de seus familiares.

No caso de Márcio Jerry, pode-se afirmar que ele é vítima de si mesmo, pela sua arrogância e desfaçatez no melhor estilo “jogar pedra e esconder as mãos” . Talvez poucos políticos no Maranhão tenha conseguido reunir tantos desafetos em grande quantidade em tão pouco tempo como o ex-secretário de Comunicação e Articulação Polícia do governo Flávio Dino.

E não se trata aqui apenas de desafetos do “velho poder oligárquico corrupto”, pelo contrário: a lista de pessoas que querem distância de Márcio Jerry inclui até “camaradas” do PCdoB e membros da esquerda maranhense em geral. Só que muitos o tratam do jeito que ele trata muitos: com falsidade.

Outros, porém, preferem a bajulação barata e ridícula, mal sabendo que Márcio Jerry tem desprezo aos bajuladores de plantão do tipo dos que correram para o Twitter no afã de fazer a defesa do “camarada”.

Conta a lenda que Márcio Jerry trabalha para sair das urnas como o deputado federal mais votado das eleições de 2018.

Bom, mais votado não é tão fácil garantir, mas que será a mais cara campanha da história de uma eleição para Câmara Federal isso não há menor duvida!

Tudo por conta da rejeição medonha que Márcio Jerry possui pelos quatro cantos deste estado.

E muita dessa rejeição fomentada pelo próprio Márcio Jerry, que acha que ninguém é detentor das poucas qualidades que ele possui, mas que todos têm os piores dos seus defeitos.

ELEIÇÕES 2018: Flávio Dino dá sinais de que sabe que pode ser derrotado em outubro 52

É lógico que a quantidade de postagens em diferentes blogs que atuam a favor do projeto de poder de Flávio Dino mostra que eles, os governistas, não estão mais na condição de completo favoritismo. Sabem que vai ter jogo e jogo duro!

Um bom termômetro para saber o grau de confiança de Flávio Dino (PCdoB) na sua reeleição é o conteúdo que está sendo publicado na blogosfera alugada pelo Palácio dos Leões.

São ataques e mais ataques aos candidatos da oposição e mais uma indústria de fake news montada para tentar desconstruir a imagem dos adversários do comuna-mor no Maranhão.

Não apenas Roseana Sarney (MDB), considerada a principal adversária do comunista, mas também Roberto Rocha (PSDB) e Maura Jorge são alvos contínuos dos delírios da curriola comunista na blogosfera.

É lógico que a quantidade de postagens agressivas e desqualificadas publicadas em diferentes blogs que atuam a favor do projeto de poder de Flávio Dino mostra que eles, os governistas, não estão mais na condição de pleno favoritismo. Sabem que vai ter jogo e jogo duro!

Se antes era dado como certa uma vitória do “Bucho Grande” já no primeiro turno, agora está cada claro que o pleito para o Governo do Maranhão vai se dar em dois turnos.

E a continuar a tendência de queda em pesquisas que o Blog do Robert Lobato teve acesso, olha lá se Flávio Dino sequer irá para o segundo turno.

Vamos acompanhar até as eleições o comportamento dos blogs palacianos.

Eles, repito, são o termômetro para conhecer o grau de desespero de Flávio Dino, autointitulado “Euzinho”.

PT: Zé Inácio participa da homologação da candidatura de Lula à Presidência 2

O deputado Zé Inácio esteve neste sábado (04) em São Paulo, SP, para participar do Encontro Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT). O evento reuniu centenas de pessoas na Casa Portugal, ponto histórico da militância de esquerda da cidade.
O grande momento do evento foi a escolha de Lula como candidato à Presidência da Republica pelo partido, o candidato foi escolhido por aclamação pelos delegados presentes no Encontro, reafirmando o discurso do partido de que “não existe plano B, não existe plano C, não existe plano Z, o nosso plano é L de Lula presidente”, afirmou o ator Sergio Mamberti, que conduziu o cerimonial.
Além de um vídeo lembrando os 100 dias de luta e resistência pela democracia em Curitiba, foi lida uma carta redigida por Lula especialmente para o encontro. Em um trecho da carta Lula convoca a militância petista para continuar na luta pela democracia e pelo povo.
“Este encontro nacional do PT talvez seja um dos mais importantes em toda a história do nosso partido. É enorme a responsabilidade que temos pela frente. A decisão de hoje vai nos conduzir a uma luta sem tréguas pela democracia, pelo povo brasileiro e pelo Brasil. E a vitória dependerá do empenho de cada um de nós”, escreveu Lula.
Lideranças politicas de partidos aliados, de movimentos sociais e do PT, bem como simpatizantes do ex-presidente Lula estiveram presentes no evento.
Já na madrugada deste domingo (5) o PT escolheu Fernando Haddad para compor chapa com Lula, como vice. O partido também anunciou coligação com o PCdoB, PROS e PCO.
Com a aliança entre PT e PCdoB, Haddad e Manuela D’Ávila, então candidata a presidência pelo partido comunista, devem sair pelo Brasil divulgando a candidatura de Lula.

VÍDEO: Em plena convenção do PCdoB, Flávio Dino ignora e humilha o deputado Edivaldo Holanda 16

Dando uma de locutor, Flávio Dino começa a chamar os líderes partidários para subirem ao palanque. Quando chega o hora do anúncio de “Holandão”, o comunista simplesmente dá as costas sem o menor pudor ou senso de educação e consideração com o parlamentar, que é pai do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e tido como “aliado” pelo governador.

Quem ainda tiver alguma dúvida da personalidade autoritária e rancorosa do governador Flávio Dino, basta assistir ao vídeo abaixo, gravado em plena convenção do seu partido, o PCdoB, no último sábado, 28.

As imagens não deixam dúvidas sobre a forma de como o deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC) é completamente ignorado e humilhado pelo comunista.

Dando uma de locutor, Flávio Dino começa a chamar os líderes partidários para subirem ao palanque. Quando chega a hora do anúncio de Holandão, o comunista simplesmente dá as costas sem o menor pudor ou senso de educação e consideração com o parlamentar, que é pai do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e tido como “aliado” pelo governador.

Chega a ser constrangedor ver a forma de como o velho e bom Edivaldo Holanda é insultado na festa comunista. Aliás, para completar ainda mais falta de consideração de Flávio Dino com o deputado, o PTC vai ter que ficar no “chapão” já que os comunas não aceitaram que os trabalhistas-cristãos formassem uma coligação que favorecesse de forma viável a reeleição do parlamentar.

Por fim, para fechar com chave de outro a deselegância monstruosa de Flávio Dino com Edivaldo Holanda, o presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, sequer cumprimentou o deputado após o governador dar de costas para Holandão.

Confira as imagem e veja quem é Flávio Dino em estado puro.

Em tempo: O prefeito Edivaldo Júnior não esteve presente na convenção, segundo uma fonte do PTC. Por será?

ELEIÇÕES 2018: A valentia de Aníbal Lins (OU: Quando se tem que honrar as calças) 6

O que Aníbal Lins tentou foi resgatar o protagonismo político do maior e mais importante partido de esquerda do país! Mas os covardes e maricas do PT não toparam.

Entre medrosos e covardes do PT/MA, o economista e sindicalista Aníbal Lins deu prova que de ser “macho” vai além desse negócio de orientação sexual.

Aníbal foi macho!

Enquanto alguns “metidos a macho” se renderam por cargos e sinecuras ou recuaram no enfrentamento político para fazer do PT um ator protagonista no processe eleitoral de 2018, coube a Aníbal Lins a honrar as calças que veste.

O presidente licenciado do Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão – Sindjus/MA foi ao limite da sua força partidária para ter a sua pré-candidatura ao governo pelo PT enfrentando todo tipo de pressão vinda não somente do Palácio dos Leões, como também do Palácio Clovis Bevilacqua, sede do poder Judiciário maranhense.

Aníbal Lins não está e nunca esteve só!

Ao seu lado há centenas se não milhares de petistas que entenderam que a sua pré-candidatura a governador representaria um anseio das bases que não é de hoje. Há tempos que o debate sobre candidatura própria no PT é pautado no partido, seja para o governo, seja para a prefeitura de São Luis.

O que Aníbal Lins tentou foi resgatar o protagonismo político do maior e mais importante partido de esquerda do país! Mas os covardes e maricas do PT não toparam.

Preferiram continuar fazendo do PT um mero “cabaré” do PCdoB.

Valeu, Aníbal!

Um ótimo e abençoado sábado para todos.

Até amanhã!

ELEIÇÕES 2018: Eliziane Gama e PT são humilhados por Flávio Dino 16

Eliziane Gama tão somente sugeriu o nome da presidente da CUT-MA, Adriana Oliveira para primeira suplente, mas o nome da companheira foi rejeitado por Flávio Dino de forma violenta e deselegante.

A deputada federal e pré-candidata senadora Eliziane Gama (PPS) foi escorraçada do Palácio dos Leões quado foi propor ao governador Flávio Dino (PCdoB) que ajudasse na articulação para o PT indicar o seu ou a sua suplente na chapa: “Não quero o PT em nenhuma chapa. Não quero o PT na majoritária”, disse o o comunista na lata da irmã.

Segundo a fonte do Blog do Lobato, gente grande do PPS, o governador jogou pesado com Eliziane Gama dizendo que ainda não definiu quem serão os suplentes da pré-candidata, mas que pode ser qualquer um e de qualquer partido da base, menos do PT.

Eliziane Gama tão somente sugeriu o nome da presidente da CUT-MA. Adriana Oliveira, mas a petista foi rejeitada por Flávio Dino de forma violenta e deselegante.

E assim segue Eliziane Gama, favorita nas pesquisas, mas completamente tutelada pelo “O grande ditador”….

Enquanto isso, os covardes Márcio Jardim e Nonato Chocolate só observam.

Mas isso é assunto para outra postagem….

FAKE NEWS: Blogueiro comunista é preso em Imperatriz 2

Fabrício Oliveira é useiro e vezeiro da prática fakes news na redes sociais e sempre demonstrou ser uma pessoas de livre trânsito com figurões do PCdoB/MA, inclusive com o governador Flávio Dino

Fabrício Oliveira com o governador Flávio Dino com direto a selfie e tudo mais…

Um dos maiores produtores e compartilhadores de fake news do Maranhão, o blogueiro Fabrício Oliveira (PCdoB), foi preso na madrugada de ontem (24), em Imperatriz, em cumprimento a um mandado de reclusão em aberto, expedido pela Justiça de Goiás.

É verdade que blogueiro fake não foi preso pelos seus crimes cibernéticos, mas sua detenção causou estrago na nefasta política de comunicação do submundo comunista em mentir, agredir, vilipendiar e desconstruir reputações de adversários políticos.

Fabrício Oliveira é useiro e vezeiro da prática de fakes news na redes sociais e sempre demonstrou ser uma pessoas de livre trânsito com figurões do PCdoB/MA, inclusive com o governador Flávio Dino – há uma infinidades de fotos postadas pelo próprio “fake newszeiro”, agora um preso de Justiça.

Fabrício Oliveira com o secretário Clayton Noleto (Sinfra)

Prisão

Fabrício foi abordado por policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar do Maranhão em uma rua de Imperatriz conhecida por ser acesso a bocas de fumo muito frequentada por usuários de drogas da cidade.

Fabrício Oliveira com Adonilson Lima (superintendente de Articulação Política na regional de Imperatriz).

Sobre o mandado de prisão, a PM descobriu, por meio de consulta ao Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), que o blogueiro era foragido da Justiça goiana, que o condenou por assalto a mão armada. Segundo dados do Banco Nacional de Mandados de Prisão, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), um segundo mandado de prisão em desfavor do blogueiro continua em aberto.

Polícia Federal

O blogueiro Fabrício Oliveira pode ter mais dor de cabeça, além da já prisão pela polícia maranhense.

Segundo apurou o Blog do Robert Lobato, há uma solicitação junto à Superintendência da Polícia Federal no Maranhão, para que seja apurada a prática de fake news do Fabrício com vasto material que comprovam a delinquência criminosa do blogueiro aconchegado pelo PCdoB.

O fato é que o caso Fabrício Oliveira pode ser apenas o primeiro do que ainda pode aparecer aí de “fake newszeiros” ligados à máquina de propaganda do submundo comunista no Maranhão.

É aguardar e conferir.

ELEIÇÕES 2018: Discurso de Adriano Sarney em Vargem Grande incomodou mesmo os comunistas 12

A figura de retórica do jovem parlamentar de que “Roseana é a Lula do Maranhão” deixou os comunas tontos até hoje, a ponto do deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB) acusar o golpe através da rede social do Twitter, como se menino de recado fosse

Não tem jeito: o discurso do deputado Adriano Sarney (PV) incomodou mesmo meio mundo comunista no Maranhão.

No último sábado, 21, em Vargem Grande, durante ato que contou com a participação de da pré-candidata à governadora Roseana Sarney (MDB) e lideranças estaduais e locais de vários partidos que apoiam a emedebista, o deputado Adriano Sarney (PV) disse que “Roseana é Lula do Maranhão” (veja aqui). Detalhe: Zé Adriano, como também é chamado, fez a declaração ao lado e segurando as mãos do ex-candidato a prefeito de Vargem Grande pelo PT, Edmilson Carneiro.

A figura de retórica do jovem parlamentar deixou os comunas tontos até hoje, a ponto do deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB) acusar o golpe através da rede social do Twitter, como se menino de recado fosse, afirmando que “Roseana Sarney é a Temer do Maranhão, isso sim. Mesmo partido, mesma forma de governar. Xô!” (Rsrs).

Se depender das declarações elogiosas do pessoal do grupo Sarney à Lula e ao PT durante toda a campanha de 2018 os comunas vão pirar de vez.

Que coisa, não?!

ELEIÇÕES 2018: Em nota insossa e sem acreditar em Lula candidato, PCdoB prega unidade das esquerdas no 1º turno 2

Comitê Central do PCdoB encerrou reunião neste domingo (22).

O Comitê Central do PCdoB reafirmou, ontem, domingo (22), que a estratégia eleitoral para derrotar a direita nas eleições de outubro é a unidade das esquerdas já no primeiro turno da eleição presidencial.

Insossa, cheia de generalidades, de quem já perdeu o brio proletário e claramente sem acreditar na candidatura de Lula ou de outro nome petista, na nota do PCdoB dá uma flertada com Ciro Gomes (PDT), mas para não ficar mais feio do que já está, teve reafirmar a pré-candidatura da Manuela D’Ávila para presidente.

O fato é que o PCdoB parece claramente dividido nesta atual conjuntura do país, só que com uma clara tendência de apoiar o desequilibrado do Ciro Gomes, posto que para do comunismo do Brasil, pelo visto, o ex-presidente Lula é coisa do passado.

A seguir a íntegra da no comunista.

PCdoB conclama PT, PDT, PSB e PSOL: Unidade desde já

Aberto o calendário das convenções partidárias, vem à tona uma nítida orquestração das forças conservadoras que entronizaram o desastroso governo Temer para tentar vencer as eleições presidenciais com uma candidatura do consórcio golpista. Desenha-se uma coesão do campo político da direita e centro-direita em torno do candidato do PSDB Geraldo Alckmin. Faz parte dessa orquestração tentar isolar o candidato do PDT Ciro Gomes e, também, concorrentes do tucano pertencentes ao seu espectro político e, ainda, manter a candidatura do MDB, Henrique Meirelles, com o intuito de descolar Alckmin de Temer.

Não se deve subestimar esse movimento de reforço a Alckmin e nem o candidato de matiz fascista Jair Bolsonaro, mas a disputa presidencial está longe de estar definida, seguirá acirrada e de resultado incerto, mesmo com o líder das pesquisas, o ex-presidente Lula, mantido arbitrariamente encarcerado. O PCdoB prossegue a luta pela liberdade do ex-presidente e pelo seu legítimo direito de ser candidato. Alckmin carregará nos ombros, mesmo que se esquive, o governo que imputou grande sofrimento e tragédias ao nosso povo; e seu programa é antinacional, antipopular e autoritário.

Neste cenário, o PCdoB reafirma a convicção de que a estratégia política da esquerda e das demais forças democráticas, populares e patrióticas deve ter por centro a vitória eleitoral em outubro, o que exige marcharem unidas desde já.

Para isto, o PCdoB conclama o PT, PDT, PSB, PSOL e demais forças progressistas a construírem a unidade, já no primeiro turno, para vencer as eleições, derrotar a agenda neoliberal e neocolonial de Alckmin, Temer e Bolsonaro, retirar o Brasil da crise e encaminhá-lo a um novo ciclo de desenvolvimento soberano com geração de empregos, distribuição de renda e direitos.

Da parte do PCdoB, reiteramos que Manuela D’Ávila, que segue com sua exitosa pré-campanha, renovará seu empenho para que se viabilize a união do campo progressista, condição imperativa para que alcancemos a quinta vitória do povo.

São Paulo, 22 de julho de 2018

Comitê Central do Partido Comunista do Brasil (PCdoB)