CASO MARIANO DE CASTRO: O blogueiro Neto Ferreira prestou um bom serviço aos maranhenses 15

O blogueiro não pode ser responsabilizado pela morte do médico. Responsabilizá-lo seria, além de covarde, uma clara tentativa de desviar a atenção do cerne da questão que é exatamente a culpa exclusiva do governo pelo suposto suicídio de Mariano de Castro

A mídia palaciana, incluindo a blogosfera, vem tentando desqualificar o blogueiro Neto Ferreira desde a publicação da carta de autoria do médico Mariano de Castro em que o ex-operador dos esquemas de corrupção na Secretaria de Estado da Saúde (SES) faz revelações comprometedoras envolvendo agentes públicos do governo Flávio Dino (PCdoB).

Ocorre que o blogueiro, ao contrário da narrativa governista, não cometeu crime algum. O que Neto Ferreira fez foi prestar um bom serviço à sociedade maranhense ao trazer a público o conteúdo da carta de autoria do Mariano de Castro.

O blogueiro não pode ser responsabilizado pela morte do médico. Responsabilizá-lo seria, além de covarde, uma clara tentativa de desviar a atenção do cerne da questão que é exatamente a culpa exclusiva do governo pelo suposto suicídio de Mariano.

A entrada da Polícia Federal para investigar as circunstâncias da morte de Mariano fará com que muita coisa seja esclarecida e os maranhenses, enfim, conhecerão a verdade por trás da morte do médico.

O Blog do Robert Lobato, portanto, hipoteca solidariedade ao colega Neto Ferreira pela forma, repito, covarde com que tem sido tratado por setores da imprensa ligados à “Cova dos Leões”.