DUARTE JÚNIOR: Começando mal na Assembleia Legislativa 2

Poderia ter sido melhor a estreia de Duarte Júnior como deputado estadual, divulgando, por exemplo, a relação dos aprovados no “concurso” que ele promoveu para preenchimento de vagas na sua assessoria parlamentar.

Reza a lenda que o advogado, hoje deputado estadual pelo PCdoB, Duarte Júnior, é cria de Márcio Jerry, hoje deputado federal igualmente pelo PCdoB.

Foi o Márcio quem teria inspirado o ex-presidente do Procon-MA a lançar-se candidato em 2018, só que não imagina que o desempenho eleitoral do nosso querido “ShockTok” fosse tão impressionante quanto foi: mais de 65 mil votos, tornando Duarte em um dos pretendentes a prefeito de São Luis na próxima eleição municipal.

Pois bem. Ontem, 5, durante a primeira sessão plenária do ano na Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), Duarte Júnior tinha tudo para fazer uma grande estreia no parlamento maranhense, mas preferiu se meter numa polêmica artificial, por assim dizer, com o experiente deputado César Pires (PV).

César, em verdade, não somente um deputado experiente, mas um parlamentar bem relacionado e respeitado entre os seus pares, além de um excelente tribuno.

Ao irritar-se com um pronunciamento de César Pires, como se tivesse acusado um golpe pelo fato do deputado do PV se referir ao “comportamento daqueles que defendem o consumidor aqui [na Assembleia]”, Duarte Júnior demonstrou imaturidade política. Mais: revelou que vai precisar de um tempo para se adaptar ao novo ambiente de trabalho, muito diferente daquele dos tempos de Procon-MA em que mandava e desmandava no órgão. Não será assim numa casa essencialmente política como é o caso da Alema.

O fato é que poderia ter sido melhor a estreia de Duarte Júnior como deputado estadual, divulgando, por exemplo, a relação dos aprovados no “concurso” que ele promoveu para preenchimento de vagas na sua assessoria parlamentar.

Perdeu para o seu colega Wellington do Curso (PSDB), que, mesmo não sendo novato, roubou a cena ontem ao chegar de bike na casa do povo.

Pauta, aliás, da próxima postagem.

VERMELHOS DE RAIVA: Comunistas se incomodam como termo “PCdoBozo” 8

Pela rede social do Twitter, o deputado federal Orlando Silva (PCdoB/SP), que ganhou notoriedade depois que usou cartão corporativo para  comprar tapioca quando era ministro dos Esportes, ao invés de explicar a incoerência em se aliar com o PSL para eleger Rodrigo Maia, preferiu atacar/desdenhar

É, meus caros leitores, parece que “bulinaram” legal os comunistas pelo Brasil afora. Explica-se.

Como pegou mal à beça a adesão do PCdoB à candidatura bolsonarista de Rodrigo Maia (DEM) para presidente da Câmara dos Deputados, setores da esquerda brasileira não perdoaram a postura do partido.

E como as redes sociais são “terra de ninguém”, apareceram vários memes zoando o fato do PCdoB se alinhar ao PSL para eleger Maia presidente da Câmara, uma vez que o parlamentar do Rio de Janeiro é o principal fiador das reformas “neoliberais” proposta pelo governo Jair Bolsonaro.

Entre os memes que viralizou na internet, o que mais irritou os comunista foi este aqui:

Trata-se, como se pode ver, de uma imagem que transforma a marca PCdoB em “PCdoBozo”, numa alusão à alcunha “Bozo”, dada pelas esquerdas a Bolsonaro.

Pela rede social do Twitter, o deputado federal Orlando Silva (PCdoB/SP), que ganhou notoriedade depois que usou cartão corporativo para  comprar tapioca quando era ministro dos Esportes, ao invés de explicar a incoerência em se aliar com o PSL para eleger Rodrigo Maia, preferiu atacar/desdenhar o PT. Assim:

“Espetacular! A blogosfera petista chama o Partido Comunista do Brasil de partido comunista do bozo. Tudo isso porque o PCdoB decidiu diferente dos petistas. Espetacular! Nem precisa desenhar…agora vem os robôs, digitais e de arte e osso, pro ataque. E a história vai pro ralo…”, postou.

E para completar a patacoada comunista ampla, geral e irrestrita, o deputado federal eleito Márcio Jerry, presidente estadual do PCdoB, também conhecido como “Pedra no Sapato” (entenda aqui), reforçou as palavras de Orlando Silva através de um comentário no post do “camarada” paulista. Veja:

“E petistas que concordam com o apoio a Rodrigo Maia na lógica da disputa interna da Câmara também são convertidos a Bolsonaro ? Ah, me compre um bode..”, comentou Jerry sem citar nomes de quais petistas concordam com o “apoio a Rodrigo Maia”.

Como se pode ver, o incômodo dos comunistas é evidente com o termo “PCdoBozo”.

Fazer o quê, né?

PS: O editor deste blog avisa que, por motivo de viagem, pode demorar na atualização das postagens. Desde já, agrademos a compreensão dos nossos leitores e parceiros. Valeu!

Flávio Dino, o sabido, e a “Pedra no Sapato” 1

Vai ficando claro que Flávio Dino continuará dando uma de “tigrão” contra o governo Bolsonaro pelas redes sociais, enquanto parte da sua bancada, inclusive a “Pedra no Sapato“, farão o papel de “gatinhos”.

O governador Flávio Dino (PCdoB) vive chamando o presidente Jair Bolsonaro para o ringue político. Até aqui tem sido ignorado pelo “capitão”.

A tática do comunista é criar um ambiente em que seja visto, nacionalmente, como um dos principais opositores ao novo presidente do país não importando a sua condição de chefe do Executivo de um dos estados mais pobres da Federação que depende muito do Governo Federal.

Porém, ao mesmo tempo que Flávio Dino insiste em polemizar com Jair Bolsonaro pelas redes sociais, estimula a sua bancada no Congresso Nacional para fazer gestos e embaixadas lá para as bandas do Esplanada dos Ministérios e mesmo no Palácio do Planalto.

Foi o que ocorreu, por exemplo, na semana passada quando parte da bancada federal e o então governador em exercício, Carlos Brandão (PRB), fizeram uma agenda com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas.

Na comitiva, ninguém menos do que o homem forte do governo Flávio Dino, o deputado federal eleito e presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, autointitulado a “pedra no sapato de Bolsonaro”, doravante simplesmente a “Pedra no Sapato”.

Nesse sentido, vai ficando claro que Flávio Dino continuará dando uma de “tigrão” contra Bolsonaro via redes sociais, enquanto seus parlamentares no Congresso Nacional, inclusive a “Pedra no Sapato”, farão o papel de “gatinhos”. Tudo combinado com o comunista-mor.

Sabido esse Flávio Dino, não é mesmo?

Só que sabedoria demais pode fazer mal à saúde.

Inclusive à saúde do Estado do Maranhão…

CULTURA: Te cuida, Marlon Botão! 1

Resta saber se o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) vai topar trocar o Marlon Botão por um aliado de um potencial concorrente seu. Aliás, comenta-se que há meses Marlon não é recebido pelo prefeito da nossa capital.

O Blog do Robert Lobato apurou que o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão (PT) está em apuros.

É que o deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) está de olho no cargo do petista para emplacar o suplente de vereador e capoeirista Nelsinho Brito, também do PSB e antigo aliado do parlamentar que já foi do PT.

Pré-candidato a prefeito de São Luis, Bira do Pindaré é o nome preferido do governador Flávio Dino (PCdoB) isso se o secretário Márcio Jerry (Comunicação e Articulação Política) não se viabilizar. Jerry, como revelou o Blog do Robert Lobato, já conta com apoio de setores do PT para o projeto “Márcio Jerry prefeito-65” (reveja aqui).

Resta saber se o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) vai topar trocar o Marlon Botão por um aliado de um potencial concorrente seu. Aliás, comenta-se que há meses Marlon não é recebido pelo prefeito da nossa capital.

De qualquer forma é de bom alvitre o ainda secretário municipal de Cultura abrir os olhos.

Quem avisa amigo é….

Duarte Júnior e um exemplo a ser seguido pelo PCdoB 8

O exemplo de Duarte Júnior poderia ser seguido por outro parlamentares na Assembleia Legislativa do Maranhão, principalmente pelos mandatários do PCdoB, inclusive na Câmara Federal pelo dois deputados do partido Rubens Pereira Júnior e novato Márcio Jerry, por que não?

O Blog do Robert Lobato foi o primeiro a dizer que a iniciativa do deputado estadual eleito Duarte Júnior (PCdoB), em fazer seletivo para vagas de sua assessoria na Assembleia Legislativa, embora louvável, não é inédita (reveja aqui). A repercussão em outros blogs foi grande.

Contudo, o exemplo de Duarte Júnior poderia ser seguido por outros parlamentares na Assembleia Legislativa do Maranhão, principalmente pelos mandatários do PCdoB, inclusive na Câmara Federal pelos dois deputados do partido Rubens Pereira Júnior e o novato Márcio Jerry, por que não?

Na verdade, o que Duarte Júnior está fazendo tem a ver com uma nova prática política no que diz respeito a mandatos eletivos, algo como prega a Rede de Ação Política pela Sustentabilidade – RAPS, confira AQUI.

Claro que a novidade gera polêmica e controvérsias mil, mas o deputado eleito Duarte Júnior teve a coragem de colocar o dedo na ferida e, mesmo sendo do PCdoB, um partido totalmente vertical, fez a diferença.

Agora é saber se os demais parlamentares comunistas terão a coragem de seguir o seu exemplo.

A conferir.

ELEIÇÕES 2020: É de um publicitário petista a ideia do projeto “Márcio Jerry prefeito-65” 19

Na avaliação do petista, que é um dos líderes da corrente Esquerda Popular Socialista (EPS), a candidatura de Márcio Jerry é viável e pode contar ainda com um nome do PT na condição de vice-prefeito numa eventual chapa liderada pelo comunista.

É do amigo, publicitário e jornalista Eri Castro, a ideia de fazer do deputado federal eleito e atual secretário de Estado da Comunicação Social, Márcio Jerry(PCdoB), candidato a prefeito de São Luis nas eleições de 2020.

Tudo começou quando da visita do ex-candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad, a São Luis no segundo turno da eleição presidencial, em outubro passado.

Eri teve uma agenda política com o homem forte do governo Flávio Dino logo após a caminhada com Haddad, no bairro do Anil, e apresentou a proposta para o agora deputado federal eleito.

Na avaliação do petista, que é um dos líderes da corrente Esquerda Popular Socialista (EPS), a candidatura de Márcio Jerry é viável e pode contar ainda com um nome do PT na condição de vice-prefeito numa eventual chapa liderada pelo comunista – aliás, Márcio está incluindo na enquete do Blog do Robert Lobato sobre em quem votar para prefeito de São Luis em 2020 e está atualmente com 26 votos dos leitores – a enquete encerra na próxima sexta-feira, 21.

A princípio, presidente estadual do PCdoB teria resistido ao projeto “Márcio Jerry prefeito-65” idealizado por Eri Castro, mas, ao que parece, depois de uma entrevista concedida para “amigos da imprensa”, realizada ontem, quinta-feira, 13, o comunista já vê com bons olhos tal projeto.

Teria Márcio Jerry sido picado pela mosca azul, ou melhor, pela “mosca vermelha”?

A conferir.

Se depender de Márcio Jerry quem é suplente continuará suplente 10

Márcio sabe o papel dele em Brasília. Com certeza será mais útil, para o governador Flávio Dino, no planalto do que na planície.

“Assumirei dia 1/2/2019 o mandato de deputado federal que 134.223 maranhenses me concederam”.

Assim falou o deputado federal eleito Márcio Jerry ao Blog do Robert Lobato, e garantiu que não abre mão de exercer o seu mandato nem para um trem carregado de Suplício de Araújo e de Gastão Vieira.

Márcio sabe do papel dele em Brasília. Com certeza será mais útil, para o governador Flávio Dino (PCdoB), no planalto do que na planície.

O presidente estadual do PCdoB reclamou ainda no que entende por “vocês não gostarem de mim fecham os olhos para o curso da história nesta última década e meu papel nele.”.

Na verdade, Márcio Jerry é que não gosta de deixar que se goste dele.

Em tempo: O deputado federal reeleito Rubens Pereira Júnior, também do PCdoB, não tem planos de deixar o mandato para assumir secretaria de Estado.

IMAGEM DO DIA: Que tal ajudar o pobre do Márcio Jerry ser eleito deputado federal? 10

O Blog do Robert Lobato aproveita o ensejo e lança a sua própria campanha, que consiste num seguinte: aquele que for doar para a conta do candidato Márcio Jerry direciona 50% do valor para a conta deste humilde blogueiro.

O presidente estadual do PCdoB, ex-secretário de Estado (Comunicação e Articulação Política) e ainda homem forte do governo Flávio Dino, jornalista Márcio Jerry, surgiu com uma peça publicitária de sua campanha para deputado federal o tanto quanto curiosa.

Na peça, o comunista convida os eleitores a “investir no Maranhão melhor para todos” depositando recursos financeiros na sua conta de campanha.

A atitude de Márcio Jerry parece ser uma forma para escapulir da fama de que sua eleição de deputado federal tende a ser uma das mais caras da história. A estratégia não deixa de ser inteligente, temos que reconhecer.

Um mil aqui, mais mil ali, outro mil acolá, quando pensar que não a conta do candidato está gordinha a ponto do candidato já poder comprar o paletó da posse.

O Blog do Robert Lobato aproveita o ensejo e lança a sua própria campanha, que consiste num seguinte: aquele que for doar para a conta do candidato Márcio Jerry direciona 50% do valor para a conta deste humilde blogueiro (Banco do Brasil AG. 0020-5 – C/C 102355-1), como forma de contribuir para que esta página continue sendo um instrumento de resistência democrática contra governos, políticos e demais autoridades constituídas que têm pavor da liberdade de expressão e de imprensa.

Dá mais futuro “investir” no Blog do Robert Lobato.

Não tenham dúvidas…

FLÁVIO DINO EM APUROS: Justiça impugna candidatura do comunista ao governo do MA 4

O governador Flávio Dino (PCdoB) está em apuros!

Pegado de surpresa, o comunista foi declarado inelegível pela juíza Anelise Nogueira Reginato, titular da 8ª zona eleitoral, por crime de abuso de poder nas eleições municipais de 2016. Além de impugnar a candidatura de Flávio Dino, a magistrada, determinou a cassação do prefeito Luís da Amovelar Filho, também do PCdoB, e de seu vice, Domingos Alberto (PSB).

O presidente estadual do PCdoB e candidato a deputado federal Márcio Jerry, também entrou no bolo da impugnação junto com o seu chefe-maior.

Na sua decisão, a magistrada sentenciou:

“Declarar a inelegibilidade dos representados Flávio Dino de Castro Costa, Marcio Jerry Saraiva Barroso, Luís Mendes Ferreira Filho e Domingos Alberto Alves de Sousa, cominando-lhes sanção de inelegibilidade para as eleições que se realizarão nos 8 anos subsequentes à Eleição de 2016; e (b) cassar o diploma do Prefeito Luís Mendes Ferreira Filho e do Vice-Prefeito Domingos Alberto Alves de Sousa”.

O Blog do Robert Lobato, claro, comentará ainda hoje sobre a decisão da juíza Anelise Reginato, considerada “tecnicamente bem fundamentada” por vários advogados eleitoralistas maranhenses, e ainda sobre os desdobramentos jurídicos e políticos desse pedido de impugnação da candidatura do governador Flávio Dino.

Aguardem!

ELEIÇÕES 2018: Rejeição medonha pode fazer com que eleição de Márcio Jerry seja a mais cara da história do MA 14

Pode-se afirmar que o comunista é vítima de si mesmo, pela sua arrogância e desfaçatez no melhor estilo “jogar pedra e esconder as mãos” . Talvez poucos políticos no Maranhão tenha conseguido reunir tantos desafetos em grande quantidade em tão pouco tempo como o ex-secretário de Comunicação e Articulação Polícia do governo Flávio Dino.

O presidente estadual do PCdoB e candidato a deputado federal Márcio Jerry divulgou uma “carta aberta” denunciando o que considera “uma orquestração de mentiras, calúnias, difamações torpes tentando atingir minha honra e de familiares meus”.

O comunista mostra-se indignado por conta de um vídeo apócrifo que ganhou as redes sociais, mas precisamente grupos de WhatsApp, cujo conteúdo traz graves acusações ao homem forte do governo Flávio Dino e a membros da sua família.

Evidente que ninguém com o mínimo de bom senso e postura ética vai concordar com o uso de material clandestino para atacar, caluniar, difamar adversários e principalmente seus familiares que muita das vezes não têm nada a ver com as estripulias praticadas pelos parentes próximos. Aliás, é sabido que muitos blogs ligados ao presidente do PCdoB abusam nas ofensas pessoais  a políticos da oposição, inclusive na exposição de seus familiares.

No caso de Márcio Jerry, pode-se afirmar que ele é vítima de si mesmo, pela sua arrogância e desfaçatez no melhor estilo “jogar pedra e esconder as mãos” . Talvez poucos políticos no Maranhão tenha conseguido reunir tantos desafetos em grande quantidade em tão pouco tempo como o ex-secretário de Comunicação e Articulação Polícia do governo Flávio Dino.

E não se trata aqui apenas de desafetos do “velho poder oligárquico corrupto”, pelo contrário: a lista de pessoas que querem distância de Márcio Jerry inclui até “camaradas” do PCdoB e membros da esquerda maranhense em geral. Só que muitos o tratam do jeito que ele trata muitos: com falsidade.

Outros, porém, preferem a bajulação barata e ridícula, mal sabendo que Márcio Jerry tem desprezo aos bajuladores de plantão do tipo dos que correram para o Twitter no afã de fazer a defesa do “camarada”.

Conta a lenda que Márcio Jerry trabalha para sair das urnas como o deputado federal mais votado das eleições de 2018.

Bom, mais votado não é tão fácil garantir, mas que será a mais cara campanha da história de uma eleição para Câmara Federal isso não há menor duvida!

Tudo por conta da rejeição medonha que Márcio Jerry possui pelos quatro cantos deste estado.

E muita dessa rejeição fomentada pelo próprio Márcio Jerry, que acha que ninguém é detentor das poucas qualidades que ele possui, mas que todos têm os piores dos seus defeitos.