São José de Ribamar: População do Parque Jair recebe de volta a Unidade Básica de Saúde do bairro

Moradores do Parque Jair em São José de Ribamar receberam de volta na tarde desta sexta-feira (06) a Unidade Básica de Saúde (UBS). O prédio onde funcionava o equipamento, construído e entregue ainda na primeira administração do prefeito Luis Fernando em 2007, a pretexto de reforma na gestão passada, foi deslocado para outro endereço, porém, sem nunca ter funcionado dignamente.

De acordo com os moradores da região, a reforma anunciada para o espaço, nunca saiu do papel. “O posto não passou por uma única reforma, pelo contrário, foi esquecido, e com o passar do tempo foram roubando tudo de dentro e hoje nem porta e janela tem mais. Restaram às paredes”, lamentou a dona de casa, Rosário da Silva.

O equipamento, uma reivindicação dos moradores da região, agora volta a funcionar depois de 10 anos em sede provisória, sendo entregue novamente pelas mãos do prefeito Luis Fernando que ao devolver a unidade, anunciou, entre outros benefícios, a duplicação na capacidade de atendimento e oferta de serviços.

“A unidade, que tinha sede própria, foi construída com recursos da prefeitura quando da nossa primeira administração, mas infelizmente foi deslocado de endereço e funcionava em um espaço minúsculo, obrigando muitas vezes a população a ir para o Miritiua ou até outros bairros”, contou o prefeito.

“Hoje”, continuou o gestor, “a saúde preventiva aqui na região vai viver uma nova realidade. A unidade foi adaptada em novo prédio e vai oferecer atendimento digno, com qualidade, e serviços voltados a atenção básica, principal reivindicação dos moradores”, detalhou o prefeito que, acompanhado do vice-prefeito, Eudes Sampaio, do deputado estadual, Bira do Pindaré e dos vereadores Moisés Gama, Paulo Alencar e J. Lindoso, vistoriou todo o espaço.

A USB provisória do Parque Jair conta agora com 04 consultórios, 02 médicos com especialidade em clínica geral, atendimento de vacinação, teste rápido de gravidez, hepatite, sífiles, HIV, exames preventivos, laboratoriais, bem como consultas voltadas a hipertensão, gestantes e diabéticos, além de atendimento puerperal e capacidade para atender cerca de 50 pessoas por dia.

Para o secretário de saúde, Tiago Fernandes, a unidade não é apenas mais um equipamento entregue, significa a devolução do direito de cada cidadão à saúde, e uma saúde com qualidade e respeito. “Uma das primeiras medidas de governo do prefeito Luis Fernando, foi acelerar o processo para que os moradores tivessem de volta a unidade de saúde funcionando com todos os serviços necessários para um bom atendimento”, completou.

Com a inauguração da unidade do Parque Jair, a atual gestão já contabiliza, em pouco mais de 09 meses, entre reconstrução e implantação, sete unidades entregues à população e diversas regiões administrativas de São José de Ribamar.

Flávio Dino reconhece o esforço do prefeito Luis Fernando para o desenvolvimento da educação

Durante a inauguração do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), em São José de Ribamar, evento que contou com a presença do ministro da Educação, Mendonça Filho, o governador Flávio Dino (PCdoB) fez questão de realçar a contribuição do prefeito Luis Fernando para o desenvolvimento da educação não só do município ribamarense, mas de todo o Estado.

Flávio Dino lembrou do período no qual Luis Fernando foi secretário de Educação do Estado, no governo de José Reinaldo Tavares, quando ele levou para todos os municípios maranhenses o Ensino Médio, além de implantar uma das experiências mais exitosas no âmbito do município, já na condição de prefeito de São José de Ribamar: a rede de ensino em tempo integral.

“Na prefeitura de São José de Ribamar, Luis Fernando trouxe experiências de extrema importância ao implantar o Liceu Maranhense I e II com recurso e esforço próprio. Hoje temos a alegria e por meio de parceria do Governo do Estado, avançarmos para o Liceu III, bem como duas escolas de tempo integral, além de outras obras de igual valor social e econômico para o desenvolvimento do município e de todo o Maranhão”, finalizou o governador.

Na mesma linha de reconhecimento, o ministro agradeceu ao prefeito Luis Fernando pela contribuição na construção do IFMA no município, ao viabilizar a área para a construção do equipamento. “Todos sabemos do empenho do prefeito Luis Fernando Silva para que esse sonho fosse concretizado, tanto esforço para que o instituto viesse para esse município quanto na viabilização do terreno. Esta rede de educação técnica é muito forte e por essa razão o Campus instalado aqui hoje é uma conquista que vai atender estudantes em toda a região”, disse o ministro.

Para o prefeito Luis Fernando, a obra tem uma importância vital para toda a região metropolitana, pois o IFMA constrói um futuro melhor para a juventude e vai muito além que uma política pública. “A cidade precisava muito disso como um fator de desenvolvimento, como instrumento de ascensão social, pois os jovens terão uma oportunidade maior de êxito na garantia do conhecimento”, completou.

O IFMA – A sede definitiva do Campus São José de Ribamar do IFMA tem 4.420,99 m² de área construída e dispõe de nove salas de aula, sete laboratórios, sala de multimeios, biblioteca, setor administrativo, lanchonete e área de vivência e tem capacidade de atendimento de até 1.200 alunos de forma presencial.

Atualmente, o Campus da rede federal já atende 910 alunos e oferece cinco cursos técnicos de nível médio: Administração, Eletroeletrônica, Informática para Internet, Programação de Jogos Digitais e Redes de Computadores.

O Campus São José de Ribamar também oferta cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), e já capacitou cerca de 320 trabalhadores em cursos técnicos. Recentemente também passou a oferecer educação à distância, com abertura de 50 vagas do curso de Informática.

Prefeitura de São José de Ribamar resolve destinação final do lixo produzido no município

Medidas tomadas pela atual gestão ribamarense representam os primeiros passos concretos para o fim do famigerado “Lixão do Timbuba”

A prefeitura de São José de Ribamar deve resolver de forma definitiva no próximo dia 5 a destinação final do lixo coletado diariamente nos seus quase 400 mil km² de território, sendo grande parte dele totalmente urbano. De acordo com aviso publicado nos diários oficiais, do Município e da União, está marcado para o dia 5 de outubro a “Contratação de empresa especializada para execução de serviços de natureza contínua de manejo dos resíduos sólidos e limpeza pública”.

Terceiro maior município do Maranhão, em população, a questão da coleta dos resíduos sólidos e sua destinação final, se agravou nos últimos seis anos pela falta de uma solução definitiva por parte da gestão passada, que deixou de cumprir as exigências do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, cujos termos definia o ano de 2014 para que estados e municípios preparassem medidas que garantissem o destino adequado ao lixo que não pode ser reciclado, evitando a poluição do solo, do ar e, consequentemente, a situação degradante de vida dos catadores.

Em vez de apresentar solução para o problema, a prefeitura de São José de Ribamar, na gestão anterior, optou por travar uma luta na Justiça contra as inúmeras ações de autoria do Ministério Público, que exigia o cumprimento da Lei dos Resíduos Sólidos (12.305/ 20100). Vários TAC’s (Termos de Ajustamento de Conduta) foram descumpridos e diversas liminares foram alcançadas, adiando o cumprimento da legislação e a consequente solução para o problema que ganhou repercussão nacional, em virtude do lixão, localizado nas áreas do Canavieira, Timbuba e Pau Deitado, funcionar irregularmente, manter catadores atuando de forma desumana, além de expor a população da região a sérios problemas de saúde.

Desde o dia primeiro de janeiro, no entanto, a atual gestão ribamarense, sob o comando do prefeito Luis Fernando, tem tomado todas medidas para resolver definitivamente o problema e tirar de vez o município das páginas negativas do noticiário local, regional e nacional. Por meio de uma primeira licitação, realizada em julho, a prefeitura contratou espaço para destinação final do seu lixo no aterro sanitário de Rosário, da empresa Titara S/A.

E com a nova licitação, que acontecerá no dia 5, para contratação de empresa especializada na “execução de serviços de natureza contínua de manejo dos resíduos sólidos e limpeza pública”, a primeira parte do problema estará definitivamente resolvida.

De acordo com o prefeito Luis Fernando, ouvido pela reportagem, todos os serviços de coleta dos resíduos e seu transporte até Rosário estão contemplados nesta nova concorrência. “Após concluirmos esta nova etapa, partiremos para um novo momento do trato com o lixo produzido em São José de Ribamar, deixando de levá-lo para o lixão do Timbuba e posteriormente tratando de erradicar finalmente esse famigerado espaço que, de fato, tem gerado uma situação vexatória para a nossa cidade, mas que, já está com os dias contados”, garantiu o prefeito.

(Fonte: JORNAL PEQUENO)