São José de Ribamar: Prefeitura reconstrói Complexo de Referência da Pessoa com Deficiência

Em um único espaço, são atendidas mais de 230 crianças e adolescentes, além de 100 atendimentos diários à comunidade em geral

Todos os dias ao longo de mais de onze anos, a rotina de dona Maria José, mãe do jovem Mateus Paixão Teixeira, de 17 anos, tem sido cuidar exclusivamente do filho. Dedicada, ela conta que ele, logo nos primeiros dias de vida, foi diagnosticado com Retardo Mental. Desde então, dona Maria busca acompanhamento especial além de educação. “Mateus foi acolhido no Complexo de Referência da Pessoa com Deficiência desde os seis anos de idade e aqui ele recebe todos os tratamentos que precisa além da alfabetização estimulada”, explicou.

Uma realidade que alcança hoje outras 232 crianças, adolescentes e adultos, que recebem atendimento no Complexo de Referência da Pessoa com Deficiência que compreende o Centro de Reabilitação Integral que oferece atendimento multidisciplinar e Escola Maria Amélia Bastos, voltada para oferta de educação infantil, ensino fundamental além de Educação de Jovens e Adultos, o EJA.

O complexo, que ganhou na última quarta-feira (22) novas instalações e equipamentos, entre eles, um Gabinete Odontológico, atende ainda diariamente outras 160 pessoas da comunidade. Prestação de serviços, que de acordo com o prefeito Luis Fernando, vem fazendo a diferença na vida de famílias inteiras.

“A reconstrução do Centro, além de trazer conforto, estrutura e qualidade para o atendimento humanizado das crianças e adultos que buscam e precisam dos serviços, também devolve a dignidade e o respeito que cada uma dessas pessoas merece”, frisou o prefeito.

Centro de Reabilitação Integral

Além de Terapeuta Ocupacional, a equipe multidisciplinar do Centro de Reabilitação Integral conta ainda com profissionais das áreas de fonoaudiologia, fisioterapeutas, assistentes sociais, psicólogos e agora dentistas, especialidade recentemente incorporada a equipe.

A diretora da casa, Gleice Maria Pereira, explica que apesar de desafiador, o resultado do trabalho por menor que seja, significa avanços significativos não apenas no atendimento, mais à história de cada criança chega ao Centro.

“Tratamos cada um de forma única e humanizada. Desde o primeiro contato até o início do tratamento, trabalhamos conjuntamente, escola, centro e toda rede municipal de atendimento, para que esse paciente receba os cuidados necessários para o desenvolvimento do seu tratamento”, detalhou a diretora.

É o caso de Kerolyne Morais de 18 anos. Pouco a pouco, a sorridente e divertida jovem vem vencendo a Síndrome de Down. Três vezes por semana, Kerolyne frequenta as aulas na escola Amélia Bastos e os demais divide no atendimento multidisciplinar e conta que ainda tem tempo de praticar aulas de zumba, que segundo ela é sua paixão.

“Eu gosto muito daqui, todo mundo é muito legal comigo. Eu escrevo, brinco, mas o que eu gosto mesmo, é de fazer minha aula de zumba”, falou empolgada a jovem menina. Com a nova readequação e ampliação do Complexo de Referência da Pessoa com Deficiência, o Centro de Reabilitação ganhou novas salas de atendimento, incluindo atendimento odontológico e novos equipamentos.

Escola Amélia Bastos

Já escola Amélia Bastos que atende crianças a partir de três anos de idade, também recebeu atenção especial. O local que já atende cerca de 232 pessoas agora passa a contar com novas salas para o desenvolvimento de atividades de estimulação.Além de refeitório, biblioteca, brinquedoteca, o espaço também conta com salas de recurso, Libras, Braile e sala especial para Cegos. Os alunos também contam com atividades nas áreas de Psicomotricidade, Psicopedagogia, Arte Terapia, e Música.

Ofertas que vem fazendo a diferença na vida da pequena e apaixonante Linann da Costa Pereira de 8 anos. Apesar da paralisia cerebral, a falante e extrovertida menina, consegue falar com clareza de suas preferências quando assiste TV. “Eu gosto de assistir TV, porque acho os atores bonitos e sou apaixonada por eles”, disse sorridente Linnan sob o olhar atento da diretora da escola externou sua alegria pelos resultados obtidos com o trabalho desenvolvido com alunos.

“O sentimento é de alegria. Perceber o avanço das crianças a exemplo da Linnan é gratificante e estimula ainda mais toda a equipe a buscar cada vez mais trabalhar pelos resultados, que até podem demorar, mas virão”, garante a gestora

São José de Ribamar: Mais um aparelho público é reconstruído na cidade

Em mais uma etapa da maratona de reconstrução de obras e serviços públicos de São José de Ribamar, a prefeitura ribamarense entregou na última sexta-feira (17) mais uma reconstrução. Desta vez, na praça 1º de Setembro, espaço construído na primeira gestão do prefeito Luis Fernando em homenagem às vítimas de um naufrágio na baia de São José, que culminou na morte de 14 jovens e adolescentes que retornavam da cidade de Icatu.

Totalmente reconstruída, a praça voltada ao lazer e turismo, estava abandonada e destruída, sem uma única reforma nos últimos seis anos. O local passou por um processo de revitalização para que voltasse a oferecer entretenimento com conforto e segurança aos frequentadores.

De acordo com o prefeito Luis Fernando Silva, a praça 1º de Setembro, entregue à população, tem um toque especial por ter sido feita em homenagem às vítimas do acidente marítimo e em respeito aos familiares. ”A recuperação da praça e das ruas adjacentes, faz parte do plano de governo definido pela nossa gestão, que visa contemplar todas as praças da cidade. E aqui hoje no J. Câmara II, estamos devolvendo um equipamento público que é símbolo de respeito e dignidade. E justamente por isso significa muito mais do que algo material. É também uma forma de lembrar e reverenciar os amigos e irmãos ribamarenses que não estão mais entre nós”, comentou o prefeito.

O espaço recebeu novos bancos, reforma dos canteiros, sistema de iluminação, arborização, entre outras melhorias. “Estamos olhando com muita atenção, não apenas para as praças como também para toda a infraestrutura do município”, destacou o vice-prefeito Eudes Sampaio.

Um dos moradores da localidade, o Nilton Silva (44 anos) mostrou-se bastante feliz, com a reconstrução da praça, ”um sonho de muitos anos, vejo que a cidade está melhorando com a gestão que aí está”, destacou.

Participaram da solenidade de reinauguração da praça, os vereadores Beto das Vilas, Paulo Alencar, Cristiano Pinheiro, além de secretários municipais e comunidade local.

Aniversário

Ainda na agenda de eventos da última sexta-feira, o prefeito Luis Fernando, acompanhado do vice-prefeito Eudes Sampaio e sua comitiva, participou do aniversário da rua 17 de Novembro, onde foi recebido pelos moradores e pela vereadora Nádia Barbosa, moradora e organizadora da festa que iniciou ainda na quinta-feira e contou com brincadeiras, atividades esportivas e culturais, apoiadas pela prefeitura ribamarense.

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR: Comunidade do Caúra recebe o prefeito Luis Fernando e discute melhorias para a região

A comunidade do Caúra, uma localidade da região da sede de São José de Ribamar, separada por uma reentrância do mar, recebeu na manhã do último sábado (21) todo o staff da gestão do prefeito Luis Fernando, que foi ouvir in loco as necessidades de mais de 80 famílias que residem no bairro, conhecido pela sua beleza natural.

Acompanhado do vice-prefeito Eudes Sampaio, dos vereadores Professor Cristiano, Nádia Barbosa e Marlene Monroe, do Cel. Alexandre (Comandante do Policiamento em São José de Ribamar), do Cel. Aritanâ Lisboa (Comandante do Comando de Policiamento de Área Metropolitana – CPAM II) e do secretariado de todas as áreas da gestão, o prefeito Luis Fernando ouviu durante toda manhã propostas para incrementar o desenvolvimento na localidade e implementar políticas públicas para a melhoria da qualidade da comunidade, em sua maioria, formada por pescadores que sobrevivem de mariscos e pescados extraídos do local.

“É fantástico a gente poder conversar pessoalmente com o prefeito e sua equipe sobre as necessidades da comunidade. Só de ele ter a iniciativa de vir aqui falar com o povo, com certeza mostra seu cuidado com a população”, avaliou Raimundo Almeida Cardoso (74), morador do bairro há mais de 15 anos.

A linha direta da comunidade com o prefeito e com os membros da gestão é uma filosofia de trabalho adotada pelo prefeito Luis Fernando desde sua primeira gestão, quando administrou São José de Ribamar realizando diversas audiências públicas nos bairros, vilas e aglomerações, ouvindo a comunidade, traçando metas e falando diretamente à população o que é possível ser feito, dentro das possibilidades da gestão.

Antes de voltar ao comando do município, ainda no período da pré-campanha, Luis Fernando realizou 18 seminários denominados “Planeja, o Cidadão Decidindo”, nos quais foram coletadas diversas propostas e transformadas em Plano de Governo, registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TER-MA), quando do registro da candidatura vitoriosa.

Desde janeiro de 2017 muitas dessas propostas já se tornaram realidade em favor da comunidade, outras estão em andamento e outras, dentro do prazo orçamentário possível, serão concretizadas.

Durante a conversa com a comunidade do Caúra, uma dessas propostas pensadas no Planeja da Sede foi apresentada à comunidade. Trata-se do “Projeto Caúra”, um conjunto de ideias que visam a implementação de ações de infraestrutura, saúde, educação e políticas públicas de desenvolvimento econômico e turístico da região, sempre obedecendo a particularidade do local que é a preservação das riquezas naturais.

“É desta forma que trabalhamos: ouvindo as pessoas, planejando as ações e dando transparência administrativa. Viemos aqui com toda a nossa equipe conversar com a comunidade e iniciar efetivamente ações que vão com certeza melhorar a qualidade de vida da população local. Não é porque são apenas 80 famílias que não vamos voltar os nossos olhos para a comunidade. Se tivesse apenas uma família ainda assim estaríamos aqui porque esse é o nosso papel: cuidar de todos e de todas as áreas do município”, concluiu o prefeito Luis Fernando.

São José de Ribamar: População do Parque Jair recebe de volta a Unidade Básica de Saúde do bairro

Moradores do Parque Jair em São José de Ribamar receberam de volta na tarde desta sexta-feira (06) a Unidade Básica de Saúde (UBS). O prédio onde funcionava o equipamento, construído e entregue ainda na primeira administração do prefeito Luis Fernando em 2007, a pretexto de reforma na gestão passada, foi deslocado para outro endereço, porém, sem nunca ter funcionado dignamente.

De acordo com os moradores da região, a reforma anunciada para o espaço, nunca saiu do papel. “O posto não passou por uma única reforma, pelo contrário, foi esquecido, e com o passar do tempo foram roubando tudo de dentro e hoje nem porta e janela tem mais. Restaram às paredes”, lamentou a dona de casa, Rosário da Silva.

O equipamento, uma reivindicação dos moradores da região, agora volta a funcionar depois de 10 anos em sede provisória, sendo entregue novamente pelas mãos do prefeito Luis Fernando que ao devolver a unidade, anunciou, entre outros benefícios, a duplicação na capacidade de atendimento e oferta de serviços.

“A unidade, que tinha sede própria, foi construída com recursos da prefeitura quando da nossa primeira administração, mas infelizmente foi deslocado de endereço e funcionava em um espaço minúsculo, obrigando muitas vezes a população a ir para o Miritiua ou até outros bairros”, contou o prefeito.

“Hoje”, continuou o gestor, “a saúde preventiva aqui na região vai viver uma nova realidade. A unidade foi adaptada em novo prédio e vai oferecer atendimento digno, com qualidade, e serviços voltados a atenção básica, principal reivindicação dos moradores”, detalhou o prefeito que, acompanhado do vice-prefeito, Eudes Sampaio, do deputado estadual, Bira do Pindaré e dos vereadores Moisés Gama, Paulo Alencar e J. Lindoso, vistoriou todo o espaço.

A USB provisória do Parque Jair conta agora com 04 consultórios, 02 médicos com especialidade em clínica geral, atendimento de vacinação, teste rápido de gravidez, hepatite, sífiles, HIV, exames preventivos, laboratoriais, bem como consultas voltadas a hipertensão, gestantes e diabéticos, além de atendimento puerperal e capacidade para atender cerca de 50 pessoas por dia.

Para o secretário de saúde, Tiago Fernandes, a unidade não é apenas mais um equipamento entregue, significa a devolução do direito de cada cidadão à saúde, e uma saúde com qualidade e respeito. “Uma das primeiras medidas de governo do prefeito Luis Fernando, foi acelerar o processo para que os moradores tivessem de volta a unidade de saúde funcionando com todos os serviços necessários para um bom atendimento”, completou.

Com a inauguração da unidade do Parque Jair, a atual gestão já contabiliza, em pouco mais de 09 meses, entre reconstrução e implantação, sete unidades entregues à população e diversas regiões administrativas de São José de Ribamar.

Flávio Dino reconhece o esforço do prefeito Luis Fernando para o desenvolvimento da educação

Durante a inauguração do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), em São José de Ribamar, evento que contou com a presença do ministro da Educação, Mendonça Filho, o governador Flávio Dino (PCdoB) fez questão de realçar a contribuição do prefeito Luis Fernando para o desenvolvimento da educação não só do município ribamarense, mas de todo o Estado.

Flávio Dino lembrou do período no qual Luis Fernando foi secretário de Educação do Estado, no governo de José Reinaldo Tavares, quando ele levou para todos os municípios maranhenses o Ensino Médio, além de implantar uma das experiências mais exitosas no âmbito do município, já na condição de prefeito de São José de Ribamar: a rede de ensino em tempo integral.

“Na prefeitura de São José de Ribamar, Luis Fernando trouxe experiências de extrema importância ao implantar o Liceu Maranhense I e II com recurso e esforço próprio. Hoje temos a alegria e por meio de parceria do Governo do Estado, avançarmos para o Liceu III, bem como duas escolas de tempo integral, além de outras obras de igual valor social e econômico para o desenvolvimento do município e de todo o Maranhão”, finalizou o governador.

Na mesma linha de reconhecimento, o ministro agradeceu ao prefeito Luis Fernando pela contribuição na construção do IFMA no município, ao viabilizar a área para a construção do equipamento. “Todos sabemos do empenho do prefeito Luis Fernando Silva para que esse sonho fosse concretizado, tanto esforço para que o instituto viesse para esse município quanto na viabilização do terreno. Esta rede de educação técnica é muito forte e por essa razão o Campus instalado aqui hoje é uma conquista que vai atender estudantes em toda a região”, disse o ministro.

Para o prefeito Luis Fernando, a obra tem uma importância vital para toda a região metropolitana, pois o IFMA constrói um futuro melhor para a juventude e vai muito além que uma política pública. “A cidade precisava muito disso como um fator de desenvolvimento, como instrumento de ascensão social, pois os jovens terão uma oportunidade maior de êxito na garantia do conhecimento”, completou.

O IFMA – A sede definitiva do Campus São José de Ribamar do IFMA tem 4.420,99 m² de área construída e dispõe de nove salas de aula, sete laboratórios, sala de multimeios, biblioteca, setor administrativo, lanchonete e área de vivência e tem capacidade de atendimento de até 1.200 alunos de forma presencial.

Atualmente, o Campus da rede federal já atende 910 alunos e oferece cinco cursos técnicos de nível médio: Administração, Eletroeletrônica, Informática para Internet, Programação de Jogos Digitais e Redes de Computadores.

O Campus São José de Ribamar também oferta cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), e já capacitou cerca de 320 trabalhadores em cursos técnicos. Recentemente também passou a oferecer educação à distância, com abertura de 50 vagas do curso de Informática.

Prefeitura de São José de Ribamar resolve destinação final do lixo produzido no município

Medidas tomadas pela atual gestão ribamarense representam os primeiros passos concretos para o fim do famigerado “Lixão do Timbuba”

A prefeitura de São José de Ribamar deve resolver de forma definitiva no próximo dia 5 a destinação final do lixo coletado diariamente nos seus quase 400 mil km² de território, sendo grande parte dele totalmente urbano. De acordo com aviso publicado nos diários oficiais, do Município e da União, está marcado para o dia 5 de outubro a “Contratação de empresa especializada para execução de serviços de natureza contínua de manejo dos resíduos sólidos e limpeza pública”.

Terceiro maior município do Maranhão, em população, a questão da coleta dos resíduos sólidos e sua destinação final, se agravou nos últimos seis anos pela falta de uma solução definitiva por parte da gestão passada, que deixou de cumprir as exigências do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, cujos termos definia o ano de 2014 para que estados e municípios preparassem medidas que garantissem o destino adequado ao lixo que não pode ser reciclado, evitando a poluição do solo, do ar e, consequentemente, a situação degradante de vida dos catadores.

Em vez de apresentar solução para o problema, a prefeitura de São José de Ribamar, na gestão anterior, optou por travar uma luta na Justiça contra as inúmeras ações de autoria do Ministério Público, que exigia o cumprimento da Lei dos Resíduos Sólidos (12.305/ 20100). Vários TAC’s (Termos de Ajustamento de Conduta) foram descumpridos e diversas liminares foram alcançadas, adiando o cumprimento da legislação e a consequente solução para o problema que ganhou repercussão nacional, em virtude do lixão, localizado nas áreas do Canavieira, Timbuba e Pau Deitado, funcionar irregularmente, manter catadores atuando de forma desumana, além de expor a população da região a sérios problemas de saúde.

Desde o dia primeiro de janeiro, no entanto, a atual gestão ribamarense, sob o comando do prefeito Luis Fernando, tem tomado todas medidas para resolver definitivamente o problema e tirar de vez o município das páginas negativas do noticiário local, regional e nacional. Por meio de uma primeira licitação, realizada em julho, a prefeitura contratou espaço para destinação final do seu lixo no aterro sanitário de Rosário, da empresa Titara S/A.

E com a nova licitação, que acontecerá no dia 5, para contratação de empresa especializada na “execução de serviços de natureza contínua de manejo dos resíduos sólidos e limpeza pública”, a primeira parte do problema estará definitivamente resolvida.

De acordo com o prefeito Luis Fernando, ouvido pela reportagem, todos os serviços de coleta dos resíduos e seu transporte até Rosário estão contemplados nesta nova concorrência. “Após concluirmos esta nova etapa, partiremos para um novo momento do trato com o lixo produzido em São José de Ribamar, deixando de levá-lo para o lixão do Timbuba e posteriormente tratando de erradicar finalmente esse famigerado espaço que, de fato, tem gerado uma situação vexatória para a nossa cidade, mas que, já está com os dias contados”, garantiu o prefeito.

(Fonte: JORNAL PEQUENO)