SANTA LUZIA: Vítima de fake news, prefeita França do Macaquinho afirma ter “profundo respeito e zelo por todas às leis e instituições do país” 4

A prefeita deixou claro que tudo não passa de um ardil inescrupuloso para prejudicá-la e causar embraço no TRE-MA, como se a corte eleitoral fosse se pautar por uma montagem grotesca

“Fomos vítimas de uma montagem de whatsApp, onde simulam uma conversa minha com uma pessoa não identificada, mas que seria aliada política, onde eu afirmaria ter controle sobre a justiça maranhense, no sentido de barganhar votos para um processo que está em andamento.”

As palavras acima fazem parte de um trecho do direito de resposta que a prefeita de Santa Luzia, Francilene Paixão de Queiroz, conhecida popularmente como França do Macaquinho (PP), enviou a um blog de São Luis após o mesmo ter postado fake news com claro objetivo de indispor a gestora municipal com a Justiça Eleitoral (veja aqui).

Na postagem, o blogueiro fez uso de um print com suposto diálogo, por meio de WhatsApp, da prefeita com uma pessoa onde ela daria como certa a sua vitória num processo que corre no âmbito do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

Através do direito de resposta, França do Macaquinho deixou claro que tudo não passa de um ardil inescrupuloso para prejudicá-la e causar embraço no TRE-MA, como se a corte eleitoral fosse se pautar por uma montagem grotesca como foi caso em questão. Aliás, criar, divulgar e compartilhar fake news pode gerar uma tremenda dor de cabeça para os adeptos dessa prática.

A prefeita, por fim, deixa claro que: “Como cidadã brasileira, maranhense e luziense e Prefeita de Santa Luzia tenho profundo respeito e zelo por todas às leis e instituições do nosso país”.

Confira a íntegra do direito de resposta assinada pela prefeita França do Macaquinho.