SHOKTOKS: O mais “sujão” das eleições e terceiro mais votado para deputado estadual 8

Pequena amostra da campanha vitoriosa, mas “sujona”, de Duarte Jr.

O advogado Duarte Jr. (PCdoB) saiu das urnas como uma votação surpreendente para deputado estadual. Foram quase 65 mil votos sufragados para o ex-diretor do Procon-MA.

Um dos “queridinhos” do governador Flávio Dino no pleito de domingo, Duarte Jr. sai das urnas com o terceiro mais bem votado para deputado estadual, atrás apenas de Maria Deusdete de Lima, a tal Detinha (PR), que obteve mais de 86 mil votos.

Mas se Duarte Jr. ficou em terceiro lugar em quantidades de votos, sem dúvida alguma pode levar o título de candidato mais “sujão” da cidade.

Por onde se passava na capital era santinho do comunista que dava nojo, como se diz.

Não é por acaso que o nosso querido “Shoktoks” fez uma das campanhas mais ricas das eleições de 2018.

Tanto rica quanto “sujona”…

ESPERTEZA A SHOKTOKS: Duarte Jr. tenta “surfar” em iniciativa de Neto Evangelista

O candidato pelo PCdoB resolveu fazer uma espécie de plágio do programa concebido por Neto Evangelista e passou a divulgar uma peça de campanha onde afirma que, eleito deputado, apresentará um projeto de lei criando um tal “Prato Cheio”

Esse Duarte Jr. de besta não tem nem a fuça!

Invocado com factoides e estripulias midiáticas das mais diversas, o ex-diretor do Procon-MA, e candidato a deputado estadual pelo PCdoB, agora quer pegar uma carona, ou melhor, “surfar” numa proposta que originalmente é do deputado estadual Neto Evangelista (DEM), que disputa mais um mandato para Assembleia Legislativa. Explica-se.

Quando secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista iniciou o programa Banco de Alimentos, que visa articular toda uma política de arrecadação e doação de alimentos, inclusive com a previsão de constituir uma rede de ensino e capacitação de segurança alimentar para que a política não fique só no equipamento, mas que possa passar para dentro das comunidades –  o programa deve ser lançado após as eleições.

Trata-se, na prática, de uma política pública de segurança alimentar que irá atender milhares de pessoas, sobretudo os indivíduos em situação de vulnerabilidade social.

Pois bem. Esperto, o candidato Duarte Jr. resolveu fazer uma espécie de plágio do programa concebido por Neto Evangelista e passou a divulgar uma peça de campanha onde afirma que, eleito deputado, apresentará um projeto de lei criando um tal “Prato Cheio”, cujos objetivos são justamente os mesmíssimos já contemplados pelo Banco de Alimentos idealizado pelo ex-secretário Neto Evangelista. Aliás, programas desse tipo têm que ser de origem do Executivo e não do Legislativo. Ou seja, o ex-chefe do Procon-MA comete mais um ato de propaganda enganosa junto aos eleitores maranhenses ao prometer um projeto que é inconstitucional na origem.

Muito esperto esse nosso querido ShokToks.

Só que esperteza demais faz mal à saúde.

E pode fazer, também, perder votos…

ELEIÇÕES 2018: “Só apareceram os oitos prefeitos de ‘ShokToks”, ironiza fonte sobre reunião de prefeitos em apoio a Flávio Dino 8

Alguns aliados de Flávio Dino culparam a escolha do dia para a reunião, ou seja, além de uma segunda-feira, era o dia em que sai o chamado “FPM gordo” e os prefeitos têm que estar de olho nos pagamentos da folha e dos fornecedores dos municípios.

“Foram algumas dezenas de vice-prefeitos, lideranças municipais e no máximo os oitos prefeitos que Flávio Dino conseguiu para apoiar a candidatura de ‘ShokToks’ a deputado estadual”.

Assim uma fonte do Blog do Robert Lobato , que também é candidato a deputado estadual pela coligação de Flávio Dino (PCdoB), resumiu, ou melhor, ironizou o que era para ser “um grande encontro” de prefeitos em apoio à reeleição do candidato comunista.

“ShokToks”, para quem não sabe, é como carinhosamente é tratado o ex-diretor do Procon-MA, o advogado Duarte Jr., um dos candidatos do coração de Flávio Dino a deputado estadual. A alcunha vem dos tempos em que rapaz interpretava o palhaço “ShokToks”, num programa infantil na tevê.

O encontro foi realizado na noite de ontem, segunda-feira, 10, num luxuoso hotel em São Luís, mas foi considerado um fracasso do ponto de vista da presença de prefeitos.

Alguns aliados de Flávio Dino culparam a escolha do dia para a reunião, ou seja, além de uma segunda-feira, era dia “10”, data que sai o chamado “FPM gordo” e os prefeitos têm que estar de olho no pagamento da folha do funcionalismo e dos fornecedores dos municípios.

Já outros observadores, avaliam que a maioria dos prefeitos está “na moita” aguardando maiores definições da eleição para governador, uma que o pleito pode ser decidido apenas no segundo turno.

De qualquer forma, e seja por qual motivo for, o fato é que a “grande reunião” com prefeitos deixou a desejar e ficou muito abaixo das expectativas de Flávio Dino.

Não fossem os “oitos de “ShokToks”…

ELEIÇÕES 2018: O candidato “Shoktox” e o folclore eleitoral 18

Para quem deseja ser um deputado estadual qualificado, Duarte Jr. está se saindo uma exímio “Shoktox” nesta campanha.

Duarte Jr.: Trepado no telhado da sede do Viva Cidadão.

Todas as eleições aparecem aqueles candidatos que são verdadeiros personagens de humor. Alguns são até engraçados mesmo, ainda que eleição seja coisa séria e não palco para “palhaçadas”, mas outros são simplesmente ridículos.

O candidato a deputado estadual pelo PCdoB Duarte Jr., por exemplo, tem se notabilizado, negativamente, diga-se, por posturas incompatíveis para que quem é considerado um profissional competente – ao menos para os seus chegados.

Primeiro apareceu feito um gato de rua trepado nos telhados de uma unidade do Viva Cidadão; depois de tentou tirar proveito do um gesto de cantor Roberto Carlos que quase lhe custou uma indenização milionária por uso indevido da imagem do “rei”; em seguida foi pedir aos seus seguidores, nas redes sociais, sobre qual a cor da camisa que lhe cai melhor; ato contínuo foi desautorizado pelo seu colega governista secretário Felipe Camarão (Educação) sobre suposto apoio a sua candidatura, o que lhe custou ainda a perda do apoio do também secretário Diego Galdino (Cultura); agora o ex- gestor do Procon-MA surge com uma ideia inusitada, para não dizer coisa pior.

Pela rede social do Twitter, Duarte Jr. anuncia que, se eleito, apresentará um tal programa “Nova Oportunidade”, cujo objetivo é incentivar e facilitar inserção de pessoas com mais de 50 anos no mercado de trabalho.

“Como Deputado Estadual, criarei o programa “Uma Nova Oportunidade”. Por meio de incentivos fiscais, vamos gerar emprego e renda para pessoas com mais de 50 anos. Garantindo dignidade e perspectiva de vida para esta mão-de-obra madura, experiente e capacitada!”, tuitou o candidato comunista com direto até a um ‘emoticon’ do Papai Noel!

Não se sabe ao certo se a referida proposta de Duarte Jr. seria digna de aplausos ou se estaria mais para uma denúncia junto ao Procon-MA por propaganda enganosa.

O que se sabe é que, para quem deseja ser um deputado estadual qualificado, Duarte Jr. está se saindo uma exímio “Shoktox” nestas eleições.

Resta saber se tal postura folclórica lhe renderá votos.

O palhaço Tiririca se deu bem…

Para saber mais sobre “Shoktox”, clique AQUI.

ELEIÇÕES 2018: Duarte Jr e o jeito ‘Shoktox’ de fazer campanha 26

Não parece ser uma “nova forma de fazer política”, por exemplo, aparelhar órgãos públicos com cabo eleitorais travestidos de funcionários como acontece no PROCON e no VIVA

“Convido você a construir comigo uma nova forma de fazer política! Neste sábado, dia 28, às 8h30, no Rio Poty Hotel, lançarei minha pré-candidatura a deputado estadual.”

O enunciado acima é um trecho do convite do advogado Duarte Jr, publicado na sua rede social do Facebook, para o lançamento da sua pré-candidatura a deputado estadual.

O rapaz é aquele que foi presidente PROCON, órgão que inclui o VIVA, um programa de prestação de serviços à cidadania criado em 1998 pela governadora Roseana Sarney.

Duarte Jr ganhou notoriedade pela forma midiática com que tocou o PROCON na gestão do Flávio Dino até a data limite de desincompatibilização prevista na legislação eleitoral.

Dizem as boas e más línguas, que a fissura de Duarte Jr por mídia é tamanha que até para ir à missa de batizado de filhos de funcionários do PROCON o cara ia com aquele elegante colete do órgão!

Pois bem. Duarte convida para construir com ele “uma nova forma de fazer política”. Ocorre que há uma distância enorme entre o discurso e prática do ex-xerife do PROCON.

Em primeiro lugar, não parece ser uma “nova forma de fazer política”, por exemplo, aparelhar órgãos públicos com cabo eleitorais travestidos de funcionários como acontece no PROCON e no VIVA, onde até os perfis na redes sociais do “funcionários” têm que ter algo que remeta ao pré-candidato Duarte Jr.

Em segundo lugar, essa forma, digamos, agressiva de Duarte Jr fazer a sua pré-campanha já começa a incomodar funcionários do VIVA que não estão dispostos a caminhar com o ex-presidente da órgão.

É o que está acontecendo com um jovem que trabalha em uma unidades do VIVA em São Luis.

Filiado a um dos maiores partidos da base de Flávio Dino, o jovem, segundo apurou o Blog do Robert Lobato, se diz “obrigado a fazer de conta que vota em Duarte Jr para não perder o emprego”. E como esse jovem deve haver vários na mesma situação!

Para se ter uma ideia, a agressividade da pré-campanha de Duarte Jr é tamanha que já abalou até o sagrado aconchego dos lares familiares causando crises matrimoniais graves, posto que se é funcionário ou funcionária do PROCON/VIVA tem que declarar voto no ex-chefe, caso contrário… rua!

O fato é que Duarte Jr pode até ser bom mídia, propaganda e de marketing, mas está anos-luz de representar “uma nova forma de fazer política”.

É apenas mais dos mesmo, “um museu de grandes novidades”.

Se tiver algo de novo nessa pré-campanha de Duarte Jr é apenas uma única coisa: o jeito ‘Shoktox’ de fazer campanha.