A caminho de votar a favor do Maranhão e do Brasil 18

O Maranhão é muito precioso para se dar um cheque em branco, logo no primeiro turno, para quem já demostrou de que não entendeu a complexidade deste estado.

São 9h11.

Escrevo este post e depois vou para o bairro da Cohab exercer meu direito e dever de cidadão.

Em tempos difíceis para o meu país e meu estado, talvez nunca antes na história, na minha história, estive tão espantado com o clima eleitoral que enfrentamos.

A conjuntura nacional é um horror!

De um lado uma extra-direita que tem como candidato um alguém que brincou de ser candidato sem saber que a brincadeira poderia virar coisa séria e se ganhar a eleição sabe-se lá o que fará com a nação.

No outro extremo, um candidato arrumado de última hora pelo PT em virtude do “capitão” do partido ter sido impossibilitado de entrar na disputa porque encontra-se preso, embora injustamente.

“O teu futuro é duvidoso; Eu vejo grana, eu vejo dor; No paraíso perigoso que a palma da tua mão mostrou”. Esse trecho da música “Bete Balanço”, do saudoso letrista Cazuza, expressa bem este tenebroso momento em que o país atravessa.

Os extremos se encontram em algum lugar. Daqui a pouco devo optar em fugir dessa armadilha extremista!

Para governador do Maranhão estou convencido do meu voto.

Não tenho dúvidas que o melhor para o nosso estado é votar em Roberto Rocha governador-45.

“Ah, Robert Lobato, mas você trabalha com ele”, poderia dizer um algum crítico.

Sim! É verdade que trabalho com Roberto Rocha, mas não seria obrigado a declarar meu voto aqui no blog. Se assim o faço é pela mais completa convicção!

O Maranhão está sob o risco de virar uma espécie de “Coréia do Norte” tropical comanda também por um “gordinho” autoritário e arrogante, só que bem mais alto do que o ditador da Coréia do Norte asiática.

Espero que ainda haja tempo para evitar o pior para o Maranhão.

Espero que você, leitor e eleitor, que ainda não saiu de casa para votar; que está em dúvida sobre quem escolher para governar o Maranhão, pense e reflita com muita tranquilidade sobre o seu voto.

O Maranhão é muito precioso para se dar um cheque em branco, logo no primeiro turno, para quem já demostrou de que não entendeu a complexidade deste estado.

Não vote em quem deseja ser não um governador, mas um imperador!

Um ótimo e abençoado domingo democrático para todos.

#PartiuVotarRobertoRocha-45.

VITÓRIAS CONTRA O “DITADOR”: Um justo reconhecimento aos homens e mulheres que estão garantindo que o MA não se torne uma Coreia do Norte 6

O Blog do Robert Lobato parabeniza os homens e mulheres que estão garantindo, na Justiça, que o Maranhão não se torne uma Coreia do Norte no estilo daquele outro ditador buchudinho.

O jornalista e blogueiro Marco D’Eça fez um contundente e oportuno texto em reconhecimento à equipe de juristas da coligação da candidata ao governo Roseana Sarney-15, que vêm atuando junto à Justiça Eleitoral contra ao autoritarismo e em defesa da democracia, da liberdade de expressão e de imprensa.

“Um time de jovens advogados tem mostrado capacidade interpretativa e entendimento da legislação para impedir o autoritarismo das ações comunistas na Justiça Eleitoral. Na coligação da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), atuam diretamente no TRE os advogados Anna Graziella Santana Neiva Costa, Daniel Blume Pereira de Almeida, Mariana Costa Heluy, Thiago Brhanner Garcez Costa, Sérgio Muniz, Carlos Couto, José Eloi Santana Filho, José Luiz Fernandes Gama e Dirceu Pereira Chaves.”, escreveu o D’Eça (veja a íntegra do post).

De fato a equipe de advogados de Roseana Sarney é muito boa – só esta semana foram 12 derrotas do governador no âmbito do TRE-MA.

Contudo, gostaria de ir um pouco além do que foi o colega Marco D’Eça e contribuir com esse debate.

Ao lado do eficiente trabalho dos juristas de Roseana Sarney, atuam com similar competência outros juristas da oposição como Marcos Lobo que igualmente tem imposto derrotas ao governo comunista na Justiça Eleitoral, inclusive na defesa de jornalistas.

Só para lembrar, foi Marcos Lobo o autor da peça jurídica tecnicamente irreparável que levou à condenação de Flávio Dino em primeira instância tornando-o inelegível e fazendo do comunista um candidato sub judice.

Da mesma forma, pode-se citar o núcleo de combate à fake news instituído pelo candidato a governador Roberto Rocha-45 sob a coordenação do competente jurista Alex Ferreira Borralho.

Assim como os demais operadores de Direto citados anteriormente, Alex Borralho tem garantido vitórias importantes no âmbito da Justiça Eleitoral e mesmo na Justiça comum, todas assegurando a liberdade de expressão dos profissionais da imprensa e impondo derrotas aos poderosos de plantão. Aliás, as vitórias processuais de Alex Borralho tem extrapolado os limites da Justiça no Maranhão, pois o advogado tem vencido os tais poderosos inclusive no Tribunal de Justiça do Distrito Federal!

Enfim, mesmo com toda a estrutura da máquina do Estado a seu favor, um batalhão de advogados onde alguns “comem” nas duas pontas, ou seja, no governo e nos escritórios de advocacia – como é o caso de Carlos Lula que recebe enquanto secretário de Saúde e bamburra através do seu escritório – o governador Flávio Dino tem amargado duras derrotas num campo de batalha onde ele se considerava imbatível, qual seja a Justiça.

É por isso que Flávio Dino pode continuar sendo chamado de “ditador” por quem entender que ele seja um.

O Blog do Robert Lobato parabeniza os homens e mulheres que estão garantindo, na Justiça, que o Maranhão não se torne uma Coreia do Norte no estilo daquele outro ditador buchudinho.

Viva a democracia!

Trump pode ficar com o Nobel, diz presidente sul-coreano Moon Jae-in

Líder se encontrou com ditador norte-coreano na sexta-feira (27) na fronteira entre as Coreias

Kim Jong-un e Moon Jae-in se cumprimentam durante encontro na última sexta-feira (27) na vila de Panmunjom. – AFP

Trump se prepara para se encontrar com Kim, em uma reunião que deve ocorrer dentro de três a quatro semanas. Esse encontro foi o principal assunto de uma conversa privada entre Kim e Moon durante uma breve caminhada na fronteira entre as duas Coreias na semana passada, segundo a autoridade sul-coreana.

Em um aparição pública no sábado (28) em Michigan, Donald Trump falou de um acordo nuclear com o regime de Pyongyang, sorrindo e acenando enquanto seus partidários entoavam “Nobel! Nobel!”

Moon, cuja humildade conquistou os eleitores sul-coreanos, procura ser um mediador entre Kim e Trump.

A casa de apostas britânica Coral aponta Kim e Moon como favoritos para o próximo Nobel da Paz, concedido em outubro, seguido por Trump e pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados

Trump se prepara para se encontrar com Kim, em uma reunião que deve ocorrer dentro de três a quatro semanas. Esse encontro foi o principal assunto de uma conversa privada entre Kim e Moon durante uma breve caminhada na fronteira entre as duas Coreias na semana passada, segundo a autoridade sul-coreana.

Em um aparição pública no sábado (28) em Michigan, Donald Trump falou de um acordo nuclear com o regime de Pyongyang, sorrindo e acenando enquanto seus partidários entoavam “Nobel! Nobel!”.

Moon, cuja humildade conquistou os eleitores sul-coreanos, procura ser um mediador entre Kim e Trump.

A casa de apostas britânica Coral aponta Kim e Moon como favoritos para o próximo Nobel da Paz, concedido em outubro, seguido por Trump e pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.

Fonte: Folha de São Paulo