ELEIÇÕES 2018: Roberto Rocha fala sobre projeto do PSDB para o Brasil e o Maranhão 8

A coletiva vai acontecer a partir das 17h30, no auditório do seu escritório de representação, no Calhau, e contará com a presença de importantes lideranças políticas de todo o estado

O presidente do Diretório Estadual do PSDB no Maranhão, senador Roberto Rocha, concede amanhã, quinta-feira,15, em São Luís, uma coletiva para falar sobre o projeto político-eleitoral dos tucanos para o Brasil e o Maranhão à luz das eleições de 2018.

Na coletiva, o senador deve fazer uma breve avaliação da conjuntura nacional e local, falar sobre a pré-candidatura do governador Geraldo Alckmin a presidência da República, além, claro, da sua pré-candidatura ao governo do Maranhão pelo que convencionou-se chamar de terceira via e ainda a chapa majoritária e proporcional.

Mesmo colocando o seu nome para a disputa ao Palácio dos Leões, Roberto Rocha tem dito que a sua prioridade número um é eleição de Alckimin para presidente. Para tanto, o tucano vai trabalhar intensamente para a formação de um amplo palanque que consiga dar uma boa votação para o governador paulista no estado.

A coletiva vai acontecer a partir das 17h30, no auditório do seu escritório de representação, no Calhau, e contará com a presença de importantes lideranças políticas de todo o estado, além de representantes dos setores sociais do partido no Maranhão, como o PSDB Jovem e o PSDB Mulher.

Ao longo deste mês, durante a abertura da chamada janela partidária, o PSDB vem filiando novas lideranças ao partido dispostas à contribuir com o fortalecimento da legenda no interior e na capital. Esse processo segue em curso e ao final será realizado um grande ato político na nova sede do partido, para o abono das fichas dos novos filiados na presença de lideranças nacionais.

Flávio Dino promove “coletiva camarada” no Palácio dos Leões 12

O comunista selecionou a dedo alguns profissionais da imprensa para um “encontro privé” no Palácio dos Leões para tentar higienizar a sua imagem que está bastante desgastada em virtude de inúmeros escândalos

Governador Flávio Dino concedeu “coletiva camarada” para fazer um balanço das ações em 2017. (Foto: Karlos Geromy).

Uma “coletiva camarada”.

Assim pode ser definida a entrevista que o governador Flávio Dino (PCdoB) concedeu a jornalistas e blogueiros alinhados ao seu projeto político-eleitoral (alguns até com direito a holerite do Governo do Maranhão), realizada no Palácio dos Leões, nesta terça-feira, 19.

O encontro privé aconteceu um dia depois do governador conceder uma outra coletiva para um pool de emissoras a partir da Rádio Timbira, para, da mesma forma, tentar higienizar a sua imagem que está completamente desgastada em virtude de inúmeros escândalos que marcaram o governo comunista em 2017.

Semana passada, essa mesma imprensa alugada caiu matando no pré-candidato a governador Ricardo Murad (PRP) porque o ex-secretário de Saúde organizou uma coletiva em um local privado, bancada com dinheiro privado e não permitiu que alguns jornalistas participassem do evento. Aí foi um Deus nos acuda.

Contudo, Flávio Dino pode selecionar a dedo os profissionais da imprensa que bem lhe convier para um “encontro privé”, num local público (Palácio dos Leões), bancado com recursos (financeiros e materiais) públicos e tudo é considerado perfeitamente normal.

Só no Maranhão de Flávio Dino mesmo…