ELEIÇÕES 2018: O drama de Levi Pontes 10

Essa onda de boatos sobre suposta desistência de Levi Pontes de disputar a sua reeleição, pode ser considerada como um castigo divino para o parlamentar, que andou plantando maldosamente, meses atrás, que o também deputado estadual Paulo Neto não seria candidato porque não tinha condições de saúde para disputar as eleições

O polêmico, controverso e verborrágico deputado estadual Levi Pontes (PCdoB) está enfrentando um drama desgraçado nesse início de campanha.

Candidato a mais uma mandato na Assembleia Legislativa do Maranhão, Levi Pontes tem encontrado dificuldades de conciliar muitas bases com poucos recursos – o parlamentar é daqueles que não mete a mão no bolso para bancar campanha com recursos próprios e reclama de não estar recebendo a “estrutura” que esperava do seu partido, que é o mesmo do governador Flávio Dino.

O resultado diante tantos problemas em torno de Levi Pontes é que começam surgir boatos de que o neocomunista estaria pulando para o lado de Roseana Sarney (MDB) e até mesmo negociando as suas bases para abandonar a disputa.

Se depender do Palácio dos Leões, Levi Pontes pode até desistir de ser candidato desde que seja em favor de Marcos Caldas (PTB), mas a rejeição de “Play” é medonha na região em que Levi atua.

“Ninguém tem culpa dele ser louco [Levi Pontes], quase tudo do Estado na região é dele, as indicações de cargos e vagas em hospitais e etc etc etc etc são 99% dele”, revelou uma fonte qualificada do Baixo Parnaíba via WhatsApp.

Essa onda de boatos sobre suposta desistência de Levi Pontes de disputar a sua reeleição, pode ser considerada como um castigo divino para o parlamentar, que andou plantando maldosamente, meses atrás, que o também deputado estadual Paulo Neto (DEM) não seria candidato porque não tinha condições de saúde para disputar as eleições.

É aquela história: aqui se faz, aqui se paga.

URBANO SANTOS: Folia carnavalesca de qualidade e funcionários com o “faz-me rir” no bolso

Enquanto vários municípios maranhenses estão penúria seja por dificuldades econômicas conjunturais ou por incompetência e malversação dos recursos públicos, em Urbano Santos, cidade localizada na Região do Baixo Parnaíba, é só alegria.

Além de contar com uma vasta e qualificada animação carnavalesca, o povo urbano-santense vai brincar o carnaval em meio a mais obras que serão entregues pela prefeita reeleita Iracema Vale (PT).

Outro diferencial da gestão de Urbano Santos é a situação do funcionalismo público que vai cair na folia com o salário no bolso e totalmente em dia, o que vai de encontro ao que acontece com centenas de outros municípios que estão com meses de vencimentos dos servidores em atraso.

“Em Urbano Santos na Gestão todos os funcionários estão em dias: efetivo, comissionados, contratados, ou seja, todos os nossos colaboradores passarão o carnaval com dinheiro no bolso. E ainda iremos inaugurar 5 escolas construídas com recursos próprios. O trabalho não para”, comemora a prefeita.

É isso aí…