ELEIÇÕES 2018: Waldir Maranhão prepara “contra-golpe” 5

Sabendo que pode levar um golpe de Flávio Dino, Waldir Maranhão já não descarta ser candidato a governador pelo PT, cuja articulações já estão em curso junto à cúpula nacional petista, segundo apurou o Blog do Robert Lobato. Seria uma espécie de “contra-golpe”

Engana-se redondamente quem pensa que o deputado federal e presidente estadual do Avante, Waldir Maranhão, é carta fora do baralho eleitoral de 2018 ou que está morto politicamente.

O ex-presidente da Câmara dos Deputados ainda não desistiu do projeto de senador da República e mantém a confiança de que o governador Flávio Dino (PCdoB) irá honrar o acordo feito em 2016, quando Waldir Maranhão anulou o impeachment de Dilma cumprindo, assim, uma orientação “jurídica” do comunista. Mas, até agora, Flávio Dino tem feito cara de paisagem sobre o assunto.

Então. Sabendo que pode levar um golpe de Flávio Dino, Waldir Maranhão já não descarta a possibilidade ser candidato a governador pelo PT, cujas articulações já estão em curso junto à cúpula nacional petista, segundo apurou o Blog do Robert Lobato. Seria uma espécie de “contra-golpe” de Waldir Maranhão.

“Bob, e se nem Flávio Dino e nem Lula tiverem interesse no Waldir Maranhão, como ele ficará?”, perguntaria aquele leitor sempre participativo e atento.

Bom, nesse caso Waldir teria procurar um outro campo político local e nacional, pois é aquela história, meu caro: “Quem não quer, tem quem queira”.

E depois é segurar o “papoco”.

Simples, simples…

Eleições 2018: “Não tem mais Waldir Maranhão paz e amor”, avisa pré-candidato ao Senado 12

Waldir Maranhão espera que Flávio Dino cumpra o acordo de fazê-lo um dos candidatos a senador pelo seu grupo e já dá sinais de que paciência tem limites.

O deputado federal Waldir Maranhão (Avante) mandou um duro recado para o seu grupo político, especialmente para o governador Flávio Dino (PCdoB).

Em conversa com o Blog do Robert Lobato na tarde desta sexta-feira, 29, Waldir deixou claro que não está brincando quando diz que “acordo é pra ser cumprido”, e voltou a cobrar de Flávio Dino a mesma consideração e apreço que tem em relação ao comunista.

“Não tem mais essa de Waldir Maranhão paz e amor. Sou pré-candidato a senador e espero que seja cumprido o acordo que existe com o governador Flávio Dino, pois sou do tempo que política se faz e se cumpre os acordos. Tenho consideração e apreço pelo governador e exijo reciprocidade. Pode haver quem defenda tanto quanto eu o governador, mas não tem quem defenda mais”, disse.

Waldir Maranhão de fato é um aliado leal a Flávio Dino, mas o governador tem menosprezado o projeto do deputado de ser senador da República com o apoio do Palácio dos Leões.

Não somente o estado do Maranhão, mas Brasil inteiro sabe que o então presidente em exercício da Câmara dos Deputados anulou a votação do impeachment da presidente Dilma numa articulação que teve Flávio Dino como mentor principal.

Na época, o comunista deu garantias, na presença de Lula e Dilma, que se Waldir Maranhão anulasse a votação do processo de cassação da petista ele seria um dos candidatos do governo maranhense ao Senado.

É tão somente isso que Waldir Maranhão espera de Flávio Dino, ou seja, que o governador cumpra o acordo feito e selado com o deputado federal.

Que já dá sinais de que paciência tem limites…

ELEIÇÕES 2018: “Sou candidato do Flávio Dino”, diz Waldir Maranhão sobre disputa pelo Senado 2

Aliados do deputado avaliam que setores do Palácio dos Leões ligados ao PCdoB, não tendo a coragem de romper com o pré-candidato a senador, partem para a utilização de blogs alugados pelo governo para desestabilizar o projeto “Waldir Maranhão senador”

O deputado federal Waldir Maranhão (Avante) voltou a reafirmar que sua disposição de disputar a eleição de senador em 2018 é irreversível e que não está brincado de fazer política.

Em conversa com o Blog do Robert Lobato, por telefone, na tarde desta quarta-feira, 13, o ex-presidente da Câmara dos Deputados disse ainda ser o candidato do governador Flávio Dino.

“Há uma tentativa sistemática de quererem me tirar da disputa para o Senado Federal, mas reafirmo que a minha candidatura é irreversível. Não estou brincando de fazer política, sei das minhas chances e as pesquisas mostram a viabilidade desse projeto que não é apenas do Waldir Maranhão, mas de um conjunto de forças políticas progressistas e democrática. Não adianta plantar falsas notícias achando que isso enfraquece um projeto que será vitorioso. Sou candidato a senador do governador Flávio Dino”, disse.

Aliados políticos do deputado avaliam que setores do Palácio dos Leões ligados ao PCdoB, não tendo a coragem de romper com o pré-candidato a senador, partem para a utilização de blogs alugados pelo governo para desestabilizar o projeto “Waldir Maranhão senador”.

Nesse caso, surge uma pergunta inevitável: o governador Flávio Dino concorda com essa “desestabilização” da candidatura do “camarada” Waldir Maranhão ao Senado Federal via blogs governistas?

Com a palavra, o “camarada-mor”.

IMAGEM DO DIA: Waldir Maranhão amplia conversas sobre candidatura ao Senado

O deputado federal Waldir Maranhão (Avante) fez uma produtiva agenda política nesta terça-feira, 12, em Brasília. Na pauta, os possíveis cenários das eleições de 2018. Pré-candidato a senador, Waldir tem intensificado e ampliado as conversações políticas sobre a sua candidatura à Câmara Alta. Além do deputado Hildo Rocha (PMDB), participaram também da agenda o ex prefeito de Magalhães de Almeida, João Cândido Carvalho Neto, e João Igor, atual prefeito de São Bernardo.

É aquela história: está chegando a hora de vaca desconhecer bezerro…