ELEIÇÕES 2018: Alexandre Almeida e o Senado Federal 2

Jovem, inteligente, articulado, competente advogado e ex-vereador pela cidade de Timon, Alexandre Almeida reúne todas condições para fazer bonito numa eleição para o Senado Federal e concorrer de igual para igual com outros nomes já colocados na disputa, ainda mais por um partido do porte do PSDB, que terá candidato a governador e a presidente competitivos.

Em meio aos movimentos políticos da pré-campanha eleitoral de 2018 à luz o prazo final para definir as filiações partidárias, uma notícia chamou atenção no último final de semana.

Trata-se do convite feito pelo senador Roberto Rocha, presidente estadual do PSDB, para que o deputado estadual Alexandre Almeida (PSD) filie-se ao seu partido e dispute uma vaga ao Senado Federal pela coligação liderada pelo congressista tucano.

Alexandre já vinha dando demonstração de não ter interesse em concorrer a mais um mandato de deputado e começou a pensar em voos mais, então a disputa de senador passou a ser o foco.

Jovem, inteligente, articulado, competente advogado e ex-vereador pela cidade de Timon, Alexandre Almeida reúne todas condições para fazer bonito numa eleição para o Senado Federal e concorrer de igual para igual com outros nomes já colocados na disputa, ainda mais por um partido do porte do PSDB, que terá candidato a governador e a presidente competitivos.

Isso sem esquecer, claro, que Alexandre Almeira será o candidato oriundo da Região Leste, uma das mais importantes e estratégicas do estado, com mais de 1,2 milhão de habitantes, cerca de 700 mil eleitores distribuídos em 44 municípios, e que clama por um representante na chapa majoritária das eleições de 2018.

O fato é que Alexandre Almeida encarna esse sentimento, no seio do povp, por mudança e renovação dos quadros políticos maranhenses.

Está, portanto, credenciado para ser senador da República.

ELEIÇÕES 2018: Alexandre Almeida pode ser o “novo” para o Senado Federal 2

Em meio à tantas pré-candidaturas a senador colocadas no cenário pré-eleitoral, algumas delas pra lá de controversas, polêmicas e, sobretudo, enroladas, o nome do deputado Alexandre Almeida pode ser uma boa opção para o eleitor que está a procura de uma alternativa jovem, competente, séria, enfim, um nome realmente novo para ser colocado no Senado Federal

Começa a ganhar corpo e alma a pré-candidatura do deputado estadual Alexandre Almeida (PSD) para o Senado Federal nas eleições de 2018.

Para início de conversa, o jovem parlamentar já tem o ingrediente fundamental para quem deseja se habilitar a tamanho desafio: coragem! E quem tem coragem, ensina os mais velhos, já tem a metade.

Alexandre Almeida tem dito aos mais próximos que está disposto a trocar a sua reeleição certa de deputado estadual para apostar em voos mais altos na política, no caso o cargo de senador da República.

Vereador pelo município de Timon por um mandato, eleito deputado estadual pela primeira vez em 2010 e reeleito em 2014, e ainda candidato a prefeito da sua cidade por duas vezes (2012 e 2016), Alexandre Almeida é advogado e possui uma carreira política e profissional sem quaisquer máculas que possam impedi-lo de pleitear e disputa uma das duas vagas para o Senado no próximo ano. Ficha limpíssima, portanto!

O fato é que em meio à tantas pré-candidaturas a senador colocadas no cenário pré-eleitoral, algumas delas pra lá de controversas, polêmicas e, sobretudo, enroladas, o nome do deputado Alexandre Almeida pode ser uma boa opção para o eleitor que está a procura de uma alternativa jovem, competente, séria, enfim, um nome realmente novo para ser colocado no Senado Federal.

Isso sem falar que a Região Leste, uma das mais importantes e estratégicas do estado, com mais de 1,2 milhão de habitantes, cerca de 700 mil eleitores distribuídos em 44 municípios, clama por um representante na chapa majoritária das eleições de 2018.

E o timonense Alexandre Almeida pode ser esse nome.

É aguardar e conferir.