ELEIÇÕES 2018: Aliados temem que Roseana Sarney vire um ACM Neto e desista de candidatura ao governo 27

Na semana passada, rumores davam conta de que a emedebista poderia anunciar a desistência da candidatura ao governo, o que seria um duro golpe para o próprio grupo Sarney que ficaria a ver navios e ter de procurar um substituto à altura da força e do carisma de Roseana

Um temor ainda atormentando os aliados da ex-governadora Roseana Sarney (MDB): o temor de que ela possa desistir de ser candidata à sucessão de Flávio Dino (PCdoB) nas eleições de 2018.

Na semana passada, rumores davam conta de que a emedebista poderia anunciar a desistência da candidatura ao governo, o que seria um duro golpe para o próprio grupo Sarney que ficaria a ver navios e ter de procurar um substituto à altura da força e do carisma de Roseana.

Pessoas próximas à ex-governadora, no entanto, negaram ao Blog do Robert Lobato que ela esteja pensando em desistir do projeto Roseana governadora-15. “Pelo contrário, já estamos planejando novas viagens pelo interior. Roseana está animada”, disse uma pessoa que abre a geladeira da ‘Branca’.

De qualquer modo, há quem fique agoniado com a possibilidade de Roseana Sarney virar, amanhã, um ACM Neto, prefeito de Salvador, que após ter pré-candidatura ao governo da Bahia anunciada e trabalhada pelos aliados, resolveu desistir de repente do processo deixando o seu grupo à própria sorte.

É aguardar e conferir.

ELEIÇÕES 2018: “DEM com o PCdoB é casamento de jacaré com cobra d´água”, diz dirigente nacional do DEM 8

A conversa com o Blog do Robert Lobato foi via ligação por WhatsApp, mas o dirigente demista pediu sigilo da fonte porque o partido ainda não bateu o martelo sobre a situação no Maranhão

O Blog do Robert Lobato conversou, na manhã desta segunda-feira, 5, com um dirigente nacional do Democratas, com mandato em Brasilia, sobre a possível aliança entre o partido com o PCdoB.

O dirigente não conversou muito e cravou essa: “DEM com o PCdoB é casamento de jacaré com cobra d´água”. Na política essa expressão é usada para denominar alianças em que dois grupos que se juntam são, em geral, adversários ou mesmo inimigos políticos.

O Blog do Robert Lobato quis saber ainda se o prefeito de Salvador, ACM Neto, que será o futuro presidente do partido, teria a disposição de entregar o partido no Maranhão para o comunista Flávio Dino, no que o dirigente respondeu que acha pouco provável, principalmente porque os aliados de Flávio Dino na Bahia fazem oposição sistemática não somente ao prefeito, mas a todos os políticos do DEM no estado.

“Na minha opinião, acho pouco provável [aliança do DEM com o PCdoB] até porque todos os aliados de Flávio Dino são adversários do ACM Neto na Bahia e lutam sistematicamente para derrotá-lo no estado, então não faz sentido no Maranhão o prefeito fazer um gesto desse para o governador do Maranhão Aliás, duvido se o velho ACM estivesse vivo se isso sequer iria para a mesa de negociação”, assegurou fazendo referência ao lendário ex-governador e ex-senador Antônio Carlos Magalhães, já falecido, avô de de ACM Neto.

A conversa foi via ligação por WhatsApp, mas o dirigente demista pediu sigilo da fonte porque o partido ainda não bateu o martelo sobre a situação no Maranhão, onde há uma disputa entre os deputados federais Juscelino Filho, atual presidente do DEM no Maranhão e aliado de Flávio Dino, e José Reinaldo Tavares, que luta para tirar o DEM do colo governador comunista e levar a legenda para o palanque de uma candidatura da terceira via, podendo ser o senador Roberto Rocha (PSDB) ou o deputado estadual Eduardo Braide (PMN).

Quem diria o PCdoB lutando desesperadamente pelo apoio do DEM…