Pré-candidatos a cargos proporcionais do PSDB defende união em torno de Roberto Rocha 2

Em reunião ocorrida nesta quinta-feira, 14, na sede estadual do PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira, pré-candidatos de várias regiões do estado reuniram-se para discutir sobre as questões eleitorais como tempo de televisão, coligações, troca de experiências e alinhamento ao projeto partidário com a pré-candidatura do senador Roberto Rocha ao governo do estado.

A abertura da reunião foi feita pelos membros do diretório tucano, Sebastião Madeira e Clodomir Paz. A palavra foi passada aos pré-candidatos a senador, deputado federal Waldir Maranhão e deputado estadual Alexandre Almeida.

Waldir Maranhão frisou a importância de levar propostas às bases e de estar em um partido com candidatura própria, que ofereça alternativas viáveis de mudança. Já o deputado Alexandre Almeida, pré-candidato ao senado, ressaltou a mais recente conquista de Roberto Rocha, por meio de atuação parlamentar, que vai impactar no desenvolvimento econômico do Maranhão: a aprovação, nesta quarta-feira, 14, pela Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça do Senado,  da criação da ZEMA – Zona de Exportação do Maranhão, que prevê uma área de livre comércio com o exterior através do Complexo Portuário do Itaqui.

Em seguida o médico e jornalista João Bentivi, pré-candidato a deputado estadual, discorreu sobre a importância da terceira via como opção de alternância de poder no Maranhão.

Durante a palestra foi aprovada uma carta cujo teor incluía uma análise do momento político nacional e os reflexos  no Maranhão. O texto versava, ainda, sobre o pleito eleitoral de 2018, configurado como uma grande oportunidade de mudanças em favor do desenvolvimento do Maranhão, sendo considerado primordial o fato de o PSDB retomar a autonomia, defendendo candidaturas próprias para governo e senado e referendando o nome do senador Roberto Rocha como pré-candidato e líder. “É ficha limpa, tem um mandato de grandes realizações para o Maranhão, oferece ao povo maranhense todas as condições para ser um bom governador”, destacou Bentivi.

Na carta constava, ainda a sugestão da reunião de todas as assinaturas dos pré-candidatos presentes em apoio à candidatura de Roberto Rocha, reafirmando que o tucano traduz todas as aspirações para promover alianças e quaisquer outras ações para o fortalecimento do PSDB do Maranhão, sendo repudiado qualquer outro posicionamento que não seja em apoio à candidatura de Roberto Rocha ao governo do estado.

(Fonte: Blog do Diego Emir)

SENADO 2018: O fator Alexandre Almeida 4

De todas as qualidades que o jovem deputado possui, destaca-se uma que na política é coisa rara: Lealdade.

A disputa pelo Senado Federal no Maranhão está ficando interessante e instigante.

Pelos nomes que estão sendo colocados até aqui, não tem como desconhecer e/ou ignorar a pré-candidatura de senador do jovem deputado estadual Alexandre Almeida (PSDB).

Parlamentar atuante na Assembleia Legislativa do Maranhão, aguerrido, dono de boa oratória, competente, Alexandre Almeida ousou, como é próprio dos jovens “ousar”, abrir mão de um terceiro mandato de deputado estadual e alçar voo rumo ao Senado Federal.

Alexandre Almeida tem uma característica que foge ao padrão genérico dos políticos, qual seja não depender da política para sobreviver.

O pré-candidato tucano é um bem sucedido advogado e sabe separar muito bem a sua condição de operador do direito da sua atuação política.

Em verdade, Alexandre Almeida é produto de uma nova cultura política, por assim dizer, que se estabeleceu no Maranhão a partir da eleição de Roberto Rocha para o Senado Federal em 2014.

“Como assim, Bob Lobato”, perguntaria o leitor. Explico.

É que a eleição de Roberto Rocha para senador abriu uma “porteira” que até então era permitida a entrada somente para os “mais velhos”, via de regra ex-governadores. Roberto mudou essa regra ao eleger-se em 2014. Aí que surgem pré-candidatos ao Senado como o Alexandre Almeida.

Se souber tirar proveito político e eleitoral da sua condição jovem, independente, profissional liberal bem sucedido e principalmente “colar” na imagem do senador e pré-candidato a governador Roberto Rocha, eleito senador sem ainda ter passado pelo Palácio dos Leões, certamente Alexandre Almeida poderá surpreender o Maranhão e eleger-se senador da República.

E Blog do Robert Lobato afirma isso muito à vontade porque foi o primeiro a analisar a possibilidade do deputado estadual Alexandre Almeida ser candidato a senador (reveja aqui).

Por fim, e é importante que se diga, Alexandre Almeida, de todas as qualidades que possui, destaca-se uma que na política é coisa rara: Lealdade.

O fato é que os maranhenses, na intimidade da urna, terá uma ótima opção para o Senado Federal nas eleições de 2018.

E atende pelo nome de Alexandre Almeida.

Otimista ou pessimista?

A reclamação é um hábito na sua vida? Leia o artigo para conferir se deseja transformar a sua comunicação e ganhe o acesso ao meu e-book sobre discurso positivo.

por Aurea Regina de Sá, via Administradores.com

Talvez você diga que depende do ponto de vista, das condições de temperatura e pressão, mas eu lhe digo que é uma questão de decisão: afinal, o que você deseja ver?

Então, vamos às definições para começar o debate:

OTIMISMO é uma atitude mental que reflete uma crença ou esperança de que o resultado de algum esforço específico, ou resultados em geral, será positivo, favorável e desejável.

PESSIMISMO também é uma atitude mental de pessoas que antecipam resultados indesejáveis de uma determinada situação ou acreditam que coisas desfavoráveis vão acontecer na vida mais do que as favoráveis.

Ora, mas se os dois tipos de humor são atitudes mentais, que tal trabalhar a mente para que ela evite direcionar você para o lado mais pessimista? A PNL – Programação Neurolinguística – propõe dinâmicas que podem favorecer essa atitude mental positiva, se é o que você deseja. Uma delas é questionar a mente! Isso mesmo, você pergunta pra sua mente por que motivo ela só reclama, só vê o lado negativo de tudo e só conclui que nada vai dar certo antes mesmo de você tentar. Perceba se essas objeções da mente não estão deixando você paralisado, sem ação, sem iniciativa. Analise se esse comportamento não prejudica você e seu desenvolvimento como pessoa e profissional.

Mas, independente da opção pelo otimismo ou pessimismo, há também a questão do hábito, ou seja, alguém só vê o lado negativo porque sempre fez isso, porque aprendeu com a família, e se resolver analisar mesmo pode nem saber direito por que tem essa mania. Bom, hábitos são aprendidos e podem ser reciclados. A base de sustentação disso é, primeiro, reconhecer o que há de positivo em você. Então, eu vou te desafiar a fazer uma lista dos seus pontos positivos. Pegue um papel e uma caneta AGORA e liste tudo, tudo mesmo que você faz bem. Inclua seus comportamentos e qualidades. Sugiro que chegue a 70 itens! Uau, vale a pena, pode acreditar. Para isso dar certo é preciso estar ATENTO, ACORDADO, ANTENADO para ver o que é real, o que existe mesmo e não o pensamento negativo que às vezes nem existe de verdade.

Um dos benefícios imediatos de reconhecer o seu lado positivo será refletido no seu vocabulário. Palavras de reclamação, semblante desanimado e falta de iniciativa logo dão lugar a uma postura positiva e propositiva que vai estimular outra visão de mundo e outros resultados também.

Para colaborar com essa mudança de comportamento que vai refletir na sua comunicação, eu tenho um presente pra você. É o ebook 5 DICAS PARA USAR A COMUNICAÇÃO A FAVOR DA FELICIDADE, que eu escrevi baseada na minha realidade e na minha decisão por mudar meus comportamentos. É só você enviar um e-mail pra mim (contato@aureareginadesa.com.br) e dizer que deseja receber, e eu envio o material gratuitamente pra você.

Estamos combinados? Quero ver que decisão você vai tomar agora!

Aurea Regina de Sá
Aurea Regina de Sá é Coach de Comunicação Pessoal, especializada em Media Training, treinamento que capacita profissionais que interagem com a imprensa. Com formação em PNL – Programação Neurolinguística, Aurea ministra cursos de Comunicação para empresas públicas e privadas de todo o país. Autora do audiolivro Guia do Porta-Voz: 99 dicas para aparecer bem na imprensa, ela é referência na mídia, já tendo sido entrevistada no Programa do Jô, UOL, Folha de S. Paulo, Revista Época, Valor Econômico, CBN, etc. Lançou recentemente o livro sobre Media Training: BACKSTAGE, à venda em www.editoracomunica.com.br/loja

SENADO 2018: Eliziane Gama e o eleitorado feminino 2

Além de ser evangélica, outro nicho eleitoral de alta relevância, a sua condição de mulher faz da deputada Eliziane Gama uma alternativa muito mais viável, por exemplo, do que o seu concorrente direto, o também deputado federal Weverton Rocha

As urnas do Maranhão mostram que mais da metade do eleitorado é composta por mulheres.

Dos 4.606.603 maranhenses aptos a votar em outubro deste ano, 51% são formados por eleitoras, daí que público feminino é uma espécie de filão eleitoral.

Entre os nomes postos ao Senado Federal nas eleições de 2018, a deputada federal é a única mulher na disputa, logo pode faturar nesse, digamos, nicho eleitoral.

Lógico que não é caso de afirmar-se que “mulher vota em mulher”, mas evidentemente a nossa irmã pode explorar de forma inteligente o fato de ser a única opção do sexo feminino a concorrer à Câmara Alta do Congresso Nacional.

Soma-se a isso o fato inquestionável de que Eliziane Gama sempre pautou a questão de gênero na sua trajetória política, principalmente nos mandatos que exerceu.

Portanto, a pré-candidata pelo PPS jamais poderá ser chamada de oportunista caso assuma a bandeira em defesa das mulheres, violência doméstica, igualdade de gênero etc. Pelo contrário, tem legitimidade política e ideológica para tanto.

Nesse sentido, além de ser evangélica, outro nicho eleitoral de alta relevância, a sua condição de mulher faz da deputada Eliziane Gama uma alternativa muito mais viável, por exemplo, do que o seu concorrente direto, o também deputado federal Weverton Rocha.

Repito: não se trata simplesmente de “mulher votar em mulher”, mas de quem reúne maior legitimidade para fazer da questão da mulher uma bandeira eleitoral.

E isso deve ficar claro já no próximo sábado, 16, durante o ato de lançamento da pré-candidatura de Eliziane Gama ao Senado Federal com a presença de várias entidades dos movimentos sociais.

É a opinião do Blog do Robert Lobato.

SANTA RITA: Prefeitura implanta programa Primeira Renda

O prefeito Dr Hilton Gonçalo cumpriu mais uma promessa de sua campanha. Na quarta-feira (13), a Prefeitura de Santa Rita implantou mais um importante programa de geração de renda no município –  Primeira Renda. A iniciativa surge com o objetivo de trazer desenvolvimento e avanço social no município.

O Primeira Renda é desenvolvido em duas etapas e consiste primeiramente em promover capacitação profissional para pessoas maiores de 18 anos, de ambos os sexos, junto a isso, a Prefeitura de Santa Rita disponibilizará uma bolsa auxílio para cada aluno durante o período de capacitação.

Na segunda etapa, após a conclusão dos cursos, os alunos serão encaminhados para a Secretaria de Emprego e Renda com a finalidade de inserção no mercado de trabalho, através de políticas públicas de geração de renda. Neste primeiro momento, a Prefeitura de Santa Rita oferece o curso de Montagem e Manutenção de Microcomputadores.

“Diferente do Bolsa Família que ajuda na manutenção nos primeiros anos da vida no ensino básico, aqui estamos criando um programa complementar que visa a capacitação técnica ou nível superior, assim garantimos mão-de-obra qualificada em Santa Rita e dinheiro circulando”, relatou Hilton Gonçalo.

O lançamento do programa aconteceu no Centro de Inovação e Capacitação Profissional de Santa Rita. Na ocasião, o prefeito Dr Hilton Gonçalo realizou as primeiras inscrições e acompanhou as primeiras orientações da Semed através do secretário de Educação – o professor Paullo Márcio.

Para maiores informações e inscrições, os interessados devem se dirigir à Secretaria de Educação de Santa Rita portando documentos de RG, CPF e comprovante de residência.

Prefeita Karla Batista comemora assinatura de decreto que regulamenta Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais

A prefeita Karla Batista foi uma líder destacada na luta por esta conquista que vai beneficiar milhares de famílias ao longo das cidades cortadas pela Estrada de Ferro do Carajás, controlada pela Vale do Rio Doce. Além de prefeita, Karla é presidente do Consórcio Intermunicipal Multimodal (CIM)

Prefeita Karla Batista, ladeada pelo deputado Cléber Verde e o senador Roberto Rocha: “Uma grande vitória aos municípios que não recebiam nenhum centavo até hoje pela exploração do minério que passa dentro das nossas cidades”.

A prefeita do município de Vila Nova dos Martírios, Karla Batista (PSDB) comemorou a assinatura do decreto presidencial que regulamenta as novas regras para a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM).

Em cerimônia ocorrida no Palácio do Planalto com a presença de ministros, senadores, deputados federais, prefeitos e autoridades ligadas à atividade da mineração, na terça-feira (12), enfim os prefeitos dos município não produtores, mas que são impactados pelo transporte, operações de embarque e desembarque, ou ainda, para localidades com pilhas de estéril, barragem de rejeitos e instalações serão beneficiados com 13% dos royalties da CFEM.

A prefeita Karla Batista foi uma líder destacada na luta por esta conquista que vai beneficiar milhares de famílias ao longo das cidades cortadas pela Estrada de Ferro do Carajás, controlada pela Vale do Rio Doce. Além de prefeita, Karla Batista é presidente do Consórcio Intermunicipal Multimodal (CIM), daí que há um gosto duplo por essa vitória que, em verdade, é uma vitória de todos os prefeitos e prefeitas envolvidos na causa.

“A palavra de hoje é de gratidão ao senador Roberto Rocha e aos deputados presente. Entendemos que é uma grande vitória aos municípios que não recebiam nenhum centavo até hoje pela exploração do minério que passa dentro das nossas cidades, mas que não deixa nada para a população mais necessitada e carente”, afirmou a prefeita-presidente.

Mais ação do senador Roberto Rocha

Dentro desse percentual, 50% serão destinados exclusivamente para municípios não produtores, mas que são cortados por ferrovias. Essa alíquota foi assegurada pelo senador Roberto Rocha (PSDB-MA), após longa articulação política junto com o Governo Federal, que inicialmente iria contemplar com apenas 25% para localidades não produtoras. Com a fração maior, os municípios maranhenses cortados pela Estrada de Ferro Carajás serão finalmente contemplados de forma mais justa, após 32 anos de luta e esforços.

A partir agora, 23 cidades do Maranhão que são severamente prejudicadas por sucessivos impactos ambientais causados pela poluição e a população com o pó do minério serão recompensadas com recursos que vão reforçar a saúde pública, educação, segurança e melhorias em infraestrutura urbana. Estamos hoje fazendo uma correção de uma injustiça que acontece há mais de 30 anos no Estado”, destacou o senador Roberto Rocha.

O parlamentar maranhense disse ainda que “as novas regras estimulam novos investimentos em regiões onde apenas são deixados rastros de poluição do minério de ferro, proporcionando um novo momento de desenvolvimento nessas localidades”.

Confira os municípios maranhenses contemplados: Açailândia, Alto Alegre do Pindaré, Anajatuba, Arari, Bom Jardim, Bacabeira, Bom Jesus das Selvas, Buriticupu, Cidelândia, Igarapé do Meio, Itapecuru Mirim, Itinga do Maranhão, Miranda do Norte, Monção, Pindaré-Mirim, Santa Inês, Santa Rita, São Francisco do Brejão, São Pedro da Água Branca, São Luís, Tufilândia, Vila Nova do Martírios, Vitória do Mearim.

ZEMA: Vitória do Maranhão no Senado Federal apesar do PCdoB de Flávio Dino 4

Apenas a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) votou contra a proposta que beneficia diretamente o estado do Maranhão.

O Maranhão foi agraciado com uma excelente notícia nesta quarta-feira, 13.

O projeto de autoria do senador Roberto Rocha (PSDB), que cria a Zona de Exportação do Maranhão (ZEMA), foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal.

Pelo projeto, que teve o também senador maranhense Edson Lobão (MDB) como relator, as empresas que se instalarem na ZEMA terão isenção de impostos e contribuições incidentes sobre a importação ou sobre aquisições no mercado interno de insumos, para que possam produzir mercadorias ou prestar serviços destinados à exportação.

Somente as empresas enquadradas na seção “indústrias de transformação” da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) poderão usufruir dos incentivos fiscais aplicáveis à Zema.

Redenção do MA

O projeto da ZEMA é visto por muitos políticos, empresários, estudiosos, acadêmicos etc, como a redenção do Maranhão no sentido do estado conquistar um outro patamar de desenvolvimento.

Roberto Rocha observou que “a Ilha de São Luís apresenta características geográficas que a habilitam a constituir uma área de livre comércio, especialmente pelas condições logísticas que favorecem a entrada de insumos e o escoamento da produção para o exterior”. Segundo ele, o projeto vai ajudar a a desenvolver o Maranhão e melhorar a vida da população.

Apesar do PCdoB de Flávio Dino

Senadora Vanessa Graziotin preferiu votar contra a ZEMA atendendo ao “relator” Flávio Dino.

A ZEMA foi aprovada pela quase totalidade dos senadores da CCJ.

Apenas a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) votou contra a proposta que beneficia diretamente o estado do Maranhão.

Parlamentar amazonense é do mesmo partido do governador Flávio Dino, que, por sua vez, poderia ter pedido para que a “camarada” desse um voto de confiança não ao senador Roberto Rocha, mas ao estado do Maranhão.

Mas, se duvidar, é capaz do comunista-mor do Maranhão ter orientado a senadora Vanessa votar contra a proposta só de mau…

ELEIÇÕES 2018: A popularidade de Waldir Maranhão

Em tempos hostis para a política e os políticos, traços de personalidade com simplicidade, carisma, ser atencioso com as pessoas, cumpridor dos compromissos assumidos etc., são fundamentais para que um postulante a cargo eletivo possa sonhar com o sucesso eleitoral.

O deputado federal Waldir Maranhão (PSDB), por exemplo, é um político que demonstra os traços de personalidade mencionados acima. E mais do que possuir tais características, o tucano as revelam de forma natural, tranquila, nada de artificialidades ou forçações de barra.

Isso ficou bem claro durante a passagem de Waldir Maranhão pelo XVIII Festival da Abóbora, no povoado Faísa, no município de Santa Luzia do Tide, realizado no último domingo, 10.

Cercado de liderança políticas de peso como a prefeita da cidade França do Macaquinho (PP), o vice-prefeito Juscelino Marreca (PEN), primo do deputado federal Júnior Marreca (PEN) que também estava presente no festival, o deputado estadual Zé Inácio, vários vereadores e centenas de populares muitos dos quais se dirigiam ao Waldir para deixar palavras de carinho e apoio, principalmente por conta da sua passagem pela presidência da Câmara dos Deputados quando anulou o impeachment da presidente Dilma, mostrando que o povo tem memória.

Cito esse exemplo da passagem de Waldir Maranhão por Santa Luzia do Tide apenas para efeito de ilustração, mas por onde o parlamentar tem ido por este Maranhão afora a receptividade tem sido marcante do ponto de vista da sua grande popularidade.

Fica difícil, com tanta manifestação de apoio e declarações espontâneas de votos, o deputado federal Waldir Maranhão não pensar e trabalhar para dar voos mais altos na política maranhense já nestas eleições de 2018.

A conferir.

Santa Helena: Programa Saúde na Escola realiza ações com crianças na zona rural

A prefeitura de Santa Helena em parceria com a Secretaria da Saúde, através do PSE (Programa Saúde na Escola)…

A prefeitura de Santa Helena em parceria com a Secretaria da Saúde, através do PSE (Programa Saúde na Escola) realizam ações sobre a saúde bucal na comunidade de São Raimundo.

A equipe de saúde levou palestras de escovação, aplicação de flúor e distribuição de escovinhas para todas as crianças da escola da comunidade. As crianças puderam tirar as dúvidas e aprender como é realizada uma escovação correta.

O Programa Saúde na Escola atua nas escolas da rede pública municipal e leva para crianças, adolescente, jovens e adultos novas oportunidades e esclarecimentos para cuidar da saúde e evitar problemas futuros.

Prefeitura de Santa Helena – União, trabalho e compromisso.

(Por Gleicy Ferreira)