São Luís será sede da XVII Jornada Maranhense de Psiquiatria

São Luís será sede da XVII Jornada Maranhense de Psiquiatria e do II Encontro Estadual de Médicos Residentes em Psiquiatria no Maranhão. Com tema Psiquiatria e Responsabilidade Social o evento terá presença de nomes da área no cenário nacional, entre eles Dra. Ivete Gattás e Dr. Diego Freitas Tavares, além de um minicurso sobre Transtorno do Espectro Autista.

O evento acontece nos dias 23 e 24 de novembro, no auditório do Conselho Regional de Medicina do Maranhão, no bairro do Renascença. As inscrições poderão ser efetuadas no local, com valores de R$60 para profissionais e R$30 para estudantes. Aos participantes será entregue certificado de 20 horas. Mais informações com Lucélia, pelo telefone (98) 98831-0910.

Confira a programação:

JORNADA DE PSIQUIATRIA – PROGRAMAÇÃO

 

RELACIONAMENTOS: A incrível história de Paolo Mendes e suas duas “buchudinhas” 2

Paolo Mendes* é um jovem tranquilo, fala mansa, o tipo de cara que se pode chamar de “gente boa”. Além de tudo, trabalhador, tanto que nas horas vagas faz bico pelo aplicativo Pop 99, um concorrente do Uber.

E não é à toa que o Paolo Mendes tem mesmo que se “virar nos trinta”, pois ele protagoniza uma história digna de reportagem para grandes emissoras de tevê.

O caso é um seguinte.

Paolo casou-se três vezes. Com a sua primeira esposa teve um garoto. Com a segunda separou-se sem ter feito filho na moça – não sei por qual milagre.

Agora, com a sua terceira companheira, o danado já encomendou um “bacuri” e a jovem está grávida de três meses. Até aqui nada demais, não é mesmo? Mas…

É no “mas” que moram os detalhes.

Paolo conta que durante esse seu terceiro relacionamento, teve uma “recaída” pela primeira esposa. E numa dessas “recaídas”, imaginem vocês: ela fica grávida novamente do motorista do 99.

A história poderia acabar por aqui.

Ocorre que quando a terceira mulher, já grávida de três meses, soube pelo próprio Paolo sobre a nova gravidez da primeira esposa, além de ter ficada “revoltada” com a situação, ela disse que não abriria mão dele.

Ao contar para a primeira mulher, agora grávida novamente, não esqueçam, ela teve a mesma reação da terceira e disse que não ia deixar que “a outra” ficassem com seu marido, pois eles ainda eram casados “no papel” – Paolo não chegou a se separar oficialmente do primeiro casamento.

O resultado de toda essa confusão é que Paolo reuniu as suas duas companheiras grávidas e sugeriu que morassem juntos. Isso mesmo! Amor a três, aliás, a três não, a cinco, já que há dois filhos a por vir no meio disso tudo.

Lógico que perguntei como ele enfrentava essa situação; e na sua simplicidade ao falar, respondeu: “Elas não deram escolha. Nenhuma delas aceitaram abrir mão do relacionamento comigo, apenas xingavam uma a outra. Então fiz a proposta para a gente juntos e elas toparam”.

Eu de novo: “E como você vira com a duas dentro da mesma casa”?

Ele: “Cada dia durmo como uma, a gente vai alternando”.

Ao chegar no meu destino, parabenizei o Paolo pela sua história e fiz uma última pergunta:

“Há muita briga entre as suas duas mulheres debaixo de mesmo teto?”

“Muitas, mas coisas de mulher”, minimizou a confusão com um sorriso maroto.

E depois completou: “Mas, minha preocupação maior agora não é com elas, mas com os dois moleques quem estão vindo aí, por isso que estou trabalhando até essa hora” – eram 2h30 da madrugada quando o Paolo me deixou em casa vindo do aeroporto.

Sorrimos juntos e desejei boa sorte ao Paolo.

E para os dois filhos que vão chegar e, claro, para as suas duas “buchudinhas” (Rsrsrs).

Paolo Mendes* é um nome de fantasia, já que não pedi autorização ao motorista do 99 para relatar essa história. Porém, o Blog do Robert Lobato vai entrar em contato com o “Paolo” para saber se esse “herói” topa, pessoalmente, contar essa façanha digna de séries globais.

Eletrobras tem prejuízo de R$ 1,6 bilhão no terceiro trimestre

Saldo é muito pior do que o lucro de R$ 550 milhões registrado em 2017; no acumulado do ano, porém, resultado da estatal é positivo em R$ 1,275 bilhão

Segundo a Eletrobras, o resultado foi impactado principalmente pelas reservas para imprevistos, que somaram R$ 2,201 bilhões, com destaque para o R$ 1,518 bilhão em empréstimos compulsórios. (Foto Marcelo Casal Jr./Agência Brasil)

A Eletrobras registrou prejuízo líquido de R$ 1,613 bilhão no terceiro trimestre deste ano – saldo muito pior do que o lucro líquido de R$ 550 milhões anotados no mesmo período de 2017. O resultado foi divulgado na noite desta segunda-feira (12) pela própria estatal.

Segundo a Eletrobras , o resultado foi impactado principalmente pelas reservas para imprevistos, que somaram R$ 2,201 bilhões, com destaque para o R$ 1,518 bilhão em empréstimos compulsórios. O segmento de distribuição também contribuiu negativamente, registrando prejuízo de R$ 998 milhões no terceiro trimestre.

Os segmentos de geração e de transmissão, por sua vez, apresentaram lucro de R$ 832 milhões e R$ 103 milhões no período, respectivamente. Há ainda R$ 2,8 bi de passivo, referentes à venda das distribuidoras Cepisa, Ceron, Boa Vista Energia e Eletroacre, que poderão ser revertidos no quarto trimestre.

No acumulado dos nove primeiros meses do ano, a Eletrobras registrou um lucro líquido de R$ 1,275 bilhão, R$ 997 milhões a menos do que o verificado no mesmo período de 2017 (R$ 2,272 bilhões). Os segmentos de geração e transmissão anotaram lucro de R$ 2,518 bilhões e R$ 1.629 bilhão, respectivamente, enquanto o segmento de distribuição registrou prejuízo de R$ 2,002 bilhões.

Privatização da Eletrobras

Há cerca de um mês, o Senado rejeitou o projeto que facilitava a venda de seis distribuidoras da Eletrobras. Por 34 votos a 18, os senadores derrubaram a matéria, que havia sido encaminhada ao Congresso pelo governo federal e tramitava em regime de urgência.

A votação foi marcada por embate entre representantes de estados do Norte, que seriam atingidos pela medida, e líderes do governo. Com a rejeição, a matéria sobre a venda de distribuidoras deixa de tramitar no Congresso Nacional.

Das seis distribuidoras incluídas na proposta, o governo já leiloou quatro: Companhia Energética do Piauí (Cepisa), Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron) e Boa Vista Energia, que atende a Roraima.

As outras duas são a Amazonas Distribuidora de Energia, cujo leilão havia sido adiado para a semana seguinte e ainda não foi feito, e a Companhia Energética de Alagoas, que teve sua privatização suspensa por uma decisão judicial.

Para o senador Eduardo Braga (MDB-AM), a rejeição do projeto de venda das distribuidoras da Eletrobras foi a decisão mais acertada. “Creio que [com a rejeição do projeto] muito provavelmente não haverá a concretude da assinatura dos contratos, e isso dará a oportunidade ao futuro governo de decidir [sobre as políticas para o setor]”, disse.

(Fonte: Economia – iG ,com informações da Agência Brasil)

Um terço dos latino-americanos aceitaria postar ‘nudes’ em troca de dinheiro

Pesquisa da Kaspersky Lab integra campanha para conscientizar as pessoas sobre os riscos que elas estão expostas na internet e nas redes sociais quando agem despreocupadamente

De acordo com nova pesquisa da Kaspersky Lab feita com internautas em seis países da América Latina: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru, 23% dos latino-americanos lamentaram compartilhar uma publicação nas redes sociais por conter imagens vergonhosas de si mesmos ou de outras pessoas em festas ou situações sociais. Outros 19% lamentaram a postagem porque ela continha informações pessoais relacionadas à sua moradia, família, trabalho, localização ou contas bancárias e quantias em dinheiro. Enquanto isso, 18% se arrependem de ter publicado comentários negativos para outros usuários em relação à sua personalidade, etnia ou sexo. No entanto, apenas 6% se arrependem de ter publicado fotos com pouca roupa.

Em relação a este último dado, 30% dos latino-americanos estariam dispostos a publicar uma foto nua nas redes sociais por dinheiro, dos quais 44% correspondem a homens e apenas 17% a mulheres. Os argentinos são o povo que lideram este quesito, com 45% dos internautas dispostos a fazê-lo, seguidos pelos mexicanos (31%) e chilenos (27%). Em seguida estão o Brasil (26%), Peru (25%) e Colômbia (24%).

O relatório é o primeiro estudo exclusivamente regional, em conjunto com a consultoria de pesquisa de mercado CORPA, para analisar os usuários de dispositivos móveis com relação ao cibercrime e cibersegurança na América Latina. O estudo faz parte da campanha Ressaca Digital, promovida pela empresa para conscientizar as pessoas sobre os riscos as quais estão expostas na internet e nas redes sociais quando agem despreocupadamente.

O principal objetivo da campanha Ressaca Digital é evitar que os usuários se arrependam após realizar um post, nova conexão ou download por impulso, reduzindo assim possíveis vazamentos de dados pessoais, roubo de identidade, viralização de imagens íntimas, perdas financeiras ou a violação de direitos do menor de idade.

O título “Ressaca Digital” vem da inspiração no próprio comportamento dos usuários quando estão em uma festa em suas redes sociais. “Por exemplo, eles fornecem muitos dados pessoais e bancários e confiam mais do que deveriam no desconhecido. No dia seguinte, essa ressaca, pouco a pouco, os faz lembrar dos erros e imprudência – e já não há como voltar atrás”, explica Dmitry Bestuzhev, diretor da Equipe Global de Pesquisa e Análise da Kaspersky Lab na América Latina.

Daqueles que estão dispostos a publicar imagens sem roupas, 58% são argentinos versus 33% das argentinas . Em seguida aparecem os homens mexicanos com 48%, em comparação com 16% das mulheres mexicanas, e os peruanos com 42%, contra 12% de suas compatriotas femininas. Depois, aparecem os brasileiros (41%), chilenos (39%) e, finalmente, colombianos (35%).

Para Carlos Araos, Ph.D em Ciências da Informação e especialista em ciberpsicologia na Universidade Adolfo Ibáñez no Chile, esse comportamento arriscado de alguns usuários está relacionado ao papel da internet na América Latina. “O que aprendemos com base em outros estudos é que, em comparação com outras regiões onde o uso da internet foca-se na busca por informações ou para entretenimento, os adolescentes e jovens-adultos latino-americanos usam a internet para se manter em contato com seus pares e grupos de amigos com a mesma faixa etária. Neste contexto, a importância que damos às plataformas digitais é criada com base na imagem que queremos transmitir de nós mesmo ou, pelo menos, no controle em que somos percebidos pelas outros. Em outras palavras, nossas vidas digitais é pautada em compartilhar uma parte de nós mesmos e, eventualmente, chegamos a ignorar a preocupação com relação à privacidade”, afirma o especialista.

O acadêmico acrescenta ainda que o percentual de pessoas em cada país que aceitaria publicar fotos íntimas é muito elevado se considerarmos o uso potencial e descontrolado que pode ser feito com as imagens, principalmente nas redes sociais.

Intimidade em risco

A pesquisa identificou ainda que outros 43% dos entrevistados afirmaram ter recebido imagens íntimas de pessoas próximas. Além disso, a investigação revelou que 27% afirmaram ter tirado fotos ou filmado a si mesmo em uma situação íntima com seu dispositivo móvel – e 32% deles são jovens entre 18 e 24 anos.

Identificou-se ainda que, em média, mais de 70% dos entrevistados armazenam suas fotos e vídeos em seus celulares e que 40% compartilham a senha do aparelho com outra pessoa – situação que pode levar a um vazamento de informações e exposição indesejada. Além disso, 28% dos entrevistados aceitariam dar sua senha e o dispositivo móvel a um estranho por 15 minutos em troca de 20 mil dólares.

“Os respondentes justificam esta decisão porque sabem que mais tarde poderão trocar sua senha, mas a verdade é que compartilhá-la com terceiros, mesmo que sejam familiares ou amigos, é o primeiro passo para acabar, eventualmente, sendo vítima de roubo, chantagem ou golpe. Se a senha fosse a chave para nosso diário, compartilharíamos ela facilmente com os outros? Certamente não e é isso que devemos fazer com as senhas dos nossos smartphones, PCs ou tablets: mantê-las seguras e protegidas”, ressalta Bestuzhev.

Em relação ao comportamento das informações nas redes sociais, a pesquisa mostrou que um terço das pessoas possuem um perfil público no Facebook – sendo que 37% deles tem entre 35 e 50 anos. Em relação às contas do Instagram, mais da metade dos latino-americanos usam um perfil público, principalmente jovens entre 18 e 24 anos (39%). O risco aumenta se considerarmos que, em média, 80% dos latino-americanos deixa seus perfis em redes sociais logados em seus dispositivos móveis.

“O risco de ter um perfil público reside no fato de que informações pessoais podem ser vistas por qualquer pessoa e a o proprietário desconhece as intenções de quem o visita e qual será o uso que esta pessoa dará às fotos ou dados publicados”, explica Bestuzhev.

(Fonte: idgnow.com.br)

Não existe guinada à direita no PSDB, diz Alckmin 2

As declarações se dão dias depois de uma reaproximação dele com o governador eleito de São Paulo, o tucano João Doria, que defende abertamente um alinhamento do partido com pautas de Jair Bolsonaro (PSL)

O ex-governador de São Paulo e presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, negou na noite desta segunda-feira, 12, que o partido dê uma guinada à direita à medida que os membros discutam o futuro da sigla.

As declarações de Alckmin se dão dias depois de uma reaproximação dele com o governador eleito de São Paulo, o tucano João Doria, que defende abertamente um alinhamento do PSDB com pautas do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). O grupo de Doria defende que o deputado federal Bruno Araújo (PE) assuma a sigla no ano que vem.

“Não existe guinada à direita”, rebateu Alckmin, ao ser perguntado por jornalistas sobre os rumos do partido. “O PSDB é um partido de centro. É importante para o Brasil ter um partido longe dos extremos. Um partido de centro crítico, reformista, moderno, liberal na economia.”

O ex-governador também minimizou o espaço de Doria na rediscussão dos rumos do partido. “Todos os governadores eleitos são lideranças importantes e vão participar deste processo”, afirmou.

Sobre o calendário das atividades partidárias, Alckmin disse que o congresso em que a sigla discutirá o futuro “provavelmente” será em março. “Nós tínhamos pensado em adiantar para fevereiro. Mas fevereiro tem carnaval, enfim. Nós vamos fazer reuniões, mas o congresso mesmo deve ser em março”, afirmou, durante lançamento de livro do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

O senador José Serra (PSDB-SP) também esteve presente no evento e defendeu que a sigla não se posicione “a priori” em oposição ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

(Fonte: Estadão)

PAÇO DO LUMIAR: Eduardo Bruno surpreende em enquete para prefeito

Eduardo Bruno.

O jovem dirigente do PSDB, Eduardo Bruno, está surpreendendo numa enquete promovida pelo blogueiro Neto Cruz sobre a preferência dos leitores para prefeito de Paço do Lumiar – O blog do Neto Cruz é um dos mais acessados do Paço Lumiar e da Região Metropolitana de São Luis.

Embora não tenha valor científico, chama atenção o desempenho de Eduardo Bruno na referida enquete, principalmente porque ele nunca afirmou que será candidato a prefeito de Paço do Lumiar.

Até a última vez que o editor deste blog viu o resultado da enquete, já tinham 1.220 votos e Eduardo Bruno aparecia em segundo lugar com 13% dos votos, atrás apenas do empresário Fred Campos, que também é advogado e ex-vereador de Paço do Lumiar, logo não é difícil entender porque ele lidera a enquete até aqui.

O desempenho de Eduardo Bruno é tamanho que muitas pessoas, nos grupos de WhatsApp, perguntam curiosos sobre “quem é Eduardo Bruno?”.

A depender das enquetes e do “zum zum zum” que o seu nome está despertando, não vai demorar para o povo de Paço do Lumiar saber quem de fato é Eduardo Bruno.

Contudo, para saber um pouco sobre esta jovem e promissora liderança da nova geração de políticos maranhenses clique aqui.

E para participar da enquete do blog do amigo Neto Cruz basta acessar aqui.

Documentário ‘O Processo’ é pré-indicado ao Oscar 2019 2

O documentário O Processo, sobre o impeachment de Dilma Rouseff, está entre as 166 produções pré-indicadas na categoria de Melhor Documentário no Oscar 2019.

Outros dois documentários brasileiros – Nossa Chape e Piripkura – também estão entre os indicados ao prêmio.

O primeiro conta a história do acidente aéreo sofrido pelo time da Chapecoense em 2016, e o outro retrata a história de dois indígenas que sobrevivem em uma área dominada por madeireiros e fazendeiros.

O Processo é distribuído pela Vitrine Filmes e dirigido por Maria Augusta Ramos.

Confira o trailer do documentário.

(Fonte: 247)

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR: Conjunto de obras iniciado pelo prefeito chega ao Tijupá Queimado

prefeito obras tijupa queimado

Na manhã do último sábado (10), o prefeito Luis Fernando Silva autorizou o início de mais obras de pavimentação. Desta vez, o bairro beneficiado, foi o Tijupá Queimado. Na localidade, o prefeito assinou Ordem de Serviço autorizando o imediato início de serviços de pavimentação e reconstrução das Rua Nova, Rua Nova 2, Rua 1 e Rua 2.

As vias, completamente comprometidas pelo descaso dos famigerados seis anos de destruição a que o município foi submetido, encontra-se praticamente inacessíveis para circulação veículos e locomoção dos moradores da região, mais uma realidade que será transformada.

A conselheira tutelar, Cláudia Lima classificou o momento como “festivo”, uma vez que disse que tudo que existe no bairro foi feito pelo prefeito Luis Fernando e que infelizmente durante sua ausência da prefeitura, o Tijupá Queimado foi abandonado pela gestão pública anterior.

“Esse é um momento festivo e por esta razão a comunidade está feliz. Luis Fernando foi o primeiro prefeito que olhou para nossa realidade e atendeu as necessidades básicas de nossa região, pois se temos saúde, educação foi ele quem trouxe”, desabafou a moradora.

Para o prefeito Luis Fernando a reconstrução do Tijupá Queimado assim como de todo o município é um compromisso de melhorar a condição de vida dos moradores. “Vamos seguir atuando fortemente na

prefeito  O S tijupa queimado

reconstrução do município e apesar de toda a dificuldade financeira que todos os municípios atravessam, não vamos parar”, finalizou o prefeito.

Nas últimas semanas, foram contempladas com esse conjunto de obras fruto de recursos provenientes de convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF) ruas dos bairros Jardim Tropical, Maiobinha, Mestre Antônio e Tijupá Queimado. “Estamos enfrentando as dificuldades financeiras, mas mesmo assim não temos deixado de trabalhar graças as parcerias que temos firmado em favor do município”, completou o prefeito Luis Fernando, durante o evento autorizativo das obras.

Participaram ainda da solenidade o vice-prefeito Eudes Sampaio, o presidente da Câmara, Beto das Vilas, os vereadores Cristiano Pinheiro, Professor Salis, Manoel do Nascimento e Nádia Barbosa, além de secretários, lideranças e moradores do bairro.

Sobre a tal “Escola sem Partido” 2

Nesse sentido, o governador Flávio Dino (PCdoB) está correto ao afirmar que “Escola Sem Partido tem servido para encobrir propósitos autoritários incompatíveis com a nossa Constituição e com uma educação digna.”

Há coisas que realmente parecem acontecer somente no nosso país.

É o caso, por exemplo, dessa história de “Escola sem Partido”.

Isso é de uma bobagem sem tamanho!

Se é verdade que há professores que tentam de alguma forma conquistar mentes e corações de alunos para a ideologia que eles professam, não é menos verdade que uma boa parte não está nem aí para questões políticas e ideológicas, querem somente dar suas aulas e pronto.

Eu mesmo fui muito influenciado por professores de esquerda, mas haviam muitos outros de orientação conservadora e vai do aluno se identificar ou não com uma ou outra posição.O que é ridículo é o Estado querer ordenar o que deve ou não deve ser abordado em sala de aula e, dessa forma, cercear a liberdade de expressão.

Com o advento da internet e das redes sociais, não é muito fácil para um docente “catequizar” alunos. Tiro pelos meus filhos que nem eu mesmo consigo fazê-los ser “esquerdistas’, aliás, nem tento em respeito às próprias escolhas deles.

“Escola sem Partido”, por tanto, é um debate sem sentido, invenção de quem acha que pode esconder fatos histórico por decreto!

Escolas têm quer ser abertas ao pensamento crítico, ao dissenso, à diversidade de concepções de mundo e ao direito dos professores ensinarem livremente, claro, sempre respeitando as diferença e crenças dos seus alunos.

Nesse sentido, o governador Flávio Dino (PCdoB) está correto ao afirmar que “Escola Sem Partido tem servido para encobrir propósitos autoritários incompatíveis com a nossa Constituição e com uma educação digna.”

Que venham escolas com “muitos partidos”, tal como é a nossa sociedade: plural e democrática.

É a opinião do Blog do Robert Lobato.