Sessão solene e exposição de obras raras marcarão as homenagens pelos 184 anos da Assembleia

Uma sessão solene marcará, nesta segunda-feira (25), às 16 horas, a abertura das comemorações dos 184 anos da Assembleia Legislativa do Maranhão, com a presença de representantes dos três Poderes. Na mesma data, será comemorado o Dia do Poder Legislativo. Ao término da solenidade, o presidente Othelino Neto (PCdoB) fará a abertura da Exposição “Memorial do Legislativo Maranhense”.

De acordo com o diretor-geral da Mesa Diretora, Bráulio Martins, a programação da sessão solene vai enfatizar a importância do Legislativo Estadual Maranhense para a população. O advogado e ex-deputado estadual Sálvio Dino proferirá palestra sobre os 184 anos do Legislativo maranhense e a importância histórica das obras raras encontradas no acervo da Casa.

Além de representantes dos Poderes, também foram convidados historiadores, professores universitários do curso de História e integrantes de academias de letras.

Exposição

Logo após a sessão solene, será aberta, pelo presidente Othelino Neto, no Salão Nobre do Palácio Manuel Beckman, a exposição de 13 obras raras que compõem o Projeto “Memorial do Legislativo Maranhense”.

O diretor administrativo da Assembleia Legislativa, Antino Noleto, e o diretor-geral da Casa, Valney Pereira, que coordenam a organização do evento, explicaram que o Projeto “Memorial do Legislativo Maranhense” é uma prioridade da gestão do presidente Othelino Neto.

As 13 obras raras foram encontradas durante o processo de restauração de documentos manuscritos e impressos da Casa, iniciado em fevereiro do ano passado.

Valney Pereira destacou a importância da data e disse que o arquivo contém dados importantes e históricos a respeito do Maranhão, daí a necessidade de preservação, em formato digital, conforme determinação do presidente Othelino Neto.
Dentre as raridades, que datam de 1894 a 1953, foram descobertos registros de atas, expedientes, sessões extraordinárias, atividades parlamentares e leis estaduais relevantes. O material histórico já passou por limpeza, higienização, catalogação e se encontra em fase de digitalização. “Tivemos o cuidado de manter tudo 100% original, pois são peças que fazem parte da história do Maranhão”, explicou Antino Noleto.

Livros centenários

Das treze peças descobertas, a pesquisa detectou nove livros centenários, considerados raros, sendo dois com registros de leis estaduais, sete atas contendo informações de sessões ordinárias, extraordinárias e atividades parlamentares e mais quatro livros do Império, datados do século XIX.

O acervo mostrou um livro de leis estaduais, volume único, com 172 páginas escritas a mão, que traz a descrição de leis estaduais de 1889 a 1902. No mesmo livro, houve outra descoberta: o registro da Lei 294, de 15 de abril de 1901, que criou a primeira seção do Corpo de Bombeiros para extinção de incêndios na capital de São Luís.

O processo de restauração do arquivo revelou, ainda, obras valiosas, como o livro “Império do Brasil: leis e decretos”, de 1833, com 560 páginas; uma coleção de decisões do governo brasileiro da época, com o mesmo título, e outro livro do Império de 1854, que também guarda uma coletânea das decisões do governo.

A população poderá acessar os exemplares originais por intermédio de um link, que estará disponível a partir de março, no site www.al.ma.leg.br.

(Fonte: Agência Assembleia)

MERECIDA HOMENAGEM: Eliziane Gama indica a ex-deputada Helena Heluy para o prêmio Bertha Lutz 2

A premiação promovida pelo Senado, ocorre anualmente e já homenageou 79 mulheres de ­várias áreas de atuação

A senadora Eliziane Gama (PPS) indicou a promotora aposentada, ex-vereadora por São Luis, ex-deputada estadual pelo PT e militante social Helena Barros Heluy, para recebimento do 18° Prêmio Bertha Lutz em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a ser celebrado no dia 8 de março de 2019 no plenário do Senado Federal.

“Indicamos hoje, com muita honra, o nome de nossa tão querida e admirada Helena Barros Heluy para o prêmio Bertha Lutz aqui no Senado. Helena é uma mulher que nos enche de orgulho por ter nascido em nosso Maranhao”, tuitou a senadora que foi  colega de Helena no parlamento maranhense.

A premiação promovida pelo Senado, ocorre anualmente e já homenageou 79 mulheres de ­várias áreas de atuação. Até hoje, apenas um homem, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, recebeu o diploma.  O Conselho do Diploma, presidido pela senadora Simone Tebet (PMDB-MS), é responsável pela escolha dos nomes.

Bertha Lutz
Zoóloga de profissão, Bertha Maria Júlia Lutz é conhecida como a maior líder na luta pelos direitos políticos das mulheres brasileiras. Ela se empenhou pela aprovação da legislação que outorgou o direito às mulheres de votar e de serem votadas.

SANTA RITA: Prefeitura divulga programação de carnaval

A Prefeitura de Santa Rita divulgou a programação de carnaval do município. Ao longo de quatro dias, moradores e foliões poderão aproveitar as atrações para todas as idades. A administração municipal garantiu a presença de bandas conhecidas, assim como também investiu nos artistas locais como forma de valorizar as manifestações culturais locais.

O Carnaval em Santa Rita, terá shows com artista de reconhecimento nacional, além de atrações locais e regional que irão assegurar quatro dias de muita festa para os brincantes. O palco central do carnaval ficará na praça pública, ao lado da prefeitura da cidade.

Dentre as atrações estão a cantora Kátia Cilene, Moleca 100 Vergonha, Bonde do Forró e muito mais.

O prefeito do município Dr. Hilton Gonçalo proporciona o quatro dias de muita diversão para os seus munícipes, turistas e os foliões em geral. — o carnaval de Santa Rita é uma grande tradição, com blocos, escola de samba, brincadeiras e bandas para finalizar a noite. Um carnaval para todos.

Morre Bibi Ferreira, diva do musical brasileiro, aos 96 anos

Em quase 80 anos de carreira, atriz encarnou personagens inesquecíveis, em espetáculos como ‘Gota d’água’ e ‘Piaf’

RIO — Maior diva do teatro musical brasileiro, a atriz Bibi Ferreira morreu na tarde desta quarta-feira (13), após sofrer uma parada cardíaca. Ela estava em sua casa, no Flamengo, quando passou mal. A informação foi confirmada pela filha dela, Teresa Cristina, fruto do relacionamento com Armando Carlos Magno — segundo de seus seis maridos.

— Ela partiu às 13h, serenamente — contou o empresário e amigo, Nilson Raman. — Passou seus últimos dias em casa, dormindo na maior parte do tempo. Hoje, reclamou de falta de ar e, em seguida, se constatou o óbito. Bibi foi protagonista absoluta do seu palco e da sua vida. Foi muito lindo o que ela fez.

Bibi Ferreira nasceu num tempo em que ser ator não era status social aceitável nem sequer profissão regulamentada. Por ser filha da bailarina espanhola Aída Izquierdo e do ator Procópio Ferreira, um dos responsáveis pela profissionalização do ofício no país, viveu e contribuiu para a passagem do então sub-ofício a profissão capaz de transformar artistas em divas.

Logo, Bibi se tornou uma delas. Ou melhor, a maior delas no teatro musical brasileiro. Atuou com firmeza até seus 96 anos, como um mito vivo, em atividade:

— Tenho consciência de tudo o que eu fiz, tudo — disse em entrevista ao GLOBO, em janeiro de 2018. — Embora tenha começado profissionalmente com meu pai, entre 18 e 19 anos, lembro de dançar no Municipal do Rio, com 6 anos, de fazer o filme “Cidade mulher” (de Humberto Mauro) quando tinha 13, de ser ensaiada pelo Noel Rosa… Então, são quase 90 anos no palco. E continuo fazendo.

FOLIA NA BAIXADA: Carnaval de Santa Helena deverá ser o mais atraente da Baixada Maranhense

Faltando vinte dias para o início da temporada carnavalesca, a Prefeitura de Santa Helena, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, deu o pontapé inicial para a realização do ‘Carnaval da Alegria’, festa que promete agitar a cidade e atrair milhares de visitantes. A folia de momo em terras helenenses será no período de 02 a 05 de março, na Praça José Sarney, Beira Rio e ruas adjacentes, no Centro.

Promovido pela administração do prefeito Zezildo Almeida, o  ‘Carnaval da Alegria de Santa Helena’ também tem a chancela do Governo do Estado  e conta com o apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, do senador Weverton Rocha, do ex-deputado Victor Mendes e de lideranças políticas locais como Joãozinho Pavão.

Atrações de renome regional como ‘Brasas do Forró’ e ‘Companhia do Calypso’ estão na programação que também terá a participação de grupos culturais de Santa Helena como  ‘Banda 20comer’ e ‘Swing na Veia’. Ao todo, 15 atrações se revezarão nos palcos durante os quatro dias de folia. Tudo com conforto, segurança e o calor humano contagiante de quem sabe brincar e receber seus visitantes!

Dr Elizabeth Gonçalo é diplomado suplente de deputado federal no TRE-MA 2

O prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, prestigiou na tarde desta terça-feira (12), a diplomação do suplente de deputado federal Dr Elizabeth Gonçalo (Avante).

Natural de Pastos Bons, onde foi prefeito por três oportunidades, Dr Elizabeth Gonçalo foi diplomado suplente de deputado federal pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, Ricardo Duailibe. O médico disputou pela primeira vez, um cargo proporcional e obteve uma votação superior aos 56 mil votos, o que lhe deixou entre as principais lideranças políticas do Maranhão.

A votação expressiva lhe colocou a frente de nomes tradicionais da política maranhense como Paulo Marinho Júnior, Deoclides Macedo, Julião Amim e até do Pastor Gildenemyr que foi eleito através da proporcionalidade.

Dr Elizabeth Gonçalo trabalhou por anos como médico legista do Instituto Médico Legal, assim como atuou em diversos hospitais da rede pública nas cidades de Pastos Bons, Sucupira do Norte, Nova Iorque, Santa Rita e São Luís.

Com um histórico de defesa da população maranhense, especialmente da região do sertão, Dr Elizabeth Gonçalo vive a expectativa de assumir o mandato de deputado federal nos próximos meses.

Dr Elizabeth é considerado, um dos nomes que pode contribuir com o estado no Congresso Nacional. O médico mantém estreita relação com as entidades que compõem o Sistema S, isto é Sebrae, Sesc, Senai, Sesi, Senat, Senar, Sest e Sescoop. Inclusive, o suplente de deputado federal defende que é possível trazer uma série de benefícios para a população maranhense através de uma parceria com o Sistema S.

“Estou pronto para representar o Maranhão na Câmara Federal. É óbvio que dependemos de entendimento para assumir o mandato, mas caso eu chegue no exercício do mandato, o povo maranhense sabe que pode contar com um legítimo representante de suas demandas”, declarou.

Ainda participaram da cerimônia de diplomação, a prefeita de Bacabeira, Fernanda Gonçalo; o vice-presidente do Sebrae do Maranhão, Celso Gonçalo; o presidente da Fiema, Edílson Baldez.

Com a iminente ida de Rubens Pereira Júnior (PCdoB), para o secretariado de Flávio Dino, Dr Elizabeth Gonçalo passa a ser o primeiro suplente, uma vez que Simplício Araújo está ocupando a função de secretário de Indústria e Comércio e Gastão Vieira deve assumir o mandato.

Dr Elizabeth Gonçalo é irmão do prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, o qual foi responsável por coordenar a candidatura do ex-prefeito de Pastos Bons a deputado federal e de Ariston Sousa a deputado estadual, ambos obtiveram expressivas votações, demonstrando a força do grupo Gonçalo na disputa eleitoral.

Blogs precisam ter linha editorial e postura profissional? 2

Recomendo aos colegas da blogosfera maranhense a leitura do texto a seguir. Vale a pena.

Ainda rola muito preconceito e muito conceito deturpado quando o assunto é blog. Muitos criticam sua profissionalização e outros já criticam a sua falta de profissionalização. Em eventos ou encontros sempre rolam debates sobre diversos pontos extremamente interessante, porém alguns simplórios também são debatidos, já que é muito fácil tratar blogs como mídias amadoras que não necessitam de linha editorial e que são livres para publicar qualquer porcaria.

Em parte, tudo isso é verdade. É bacana um blog expressar opinião própria, mas é inaceitável que um blog que queira ser referência em sua área não atue com profissionalismo. É muito mais sensato tratar o leitor como um cliente ou consumidor de informação, parceiro do blog, do que um invasor intrometido que pode ser expulso do nosso território a qualquer momento. Enquanto profissionais baterem na tecla que blogs podem publicar qualquer porcaria, os blogs serão qualquer porcaria.

Blogs são canais que podem ser trabalhados de forma profissional ou como mídias amadoras, exatamente como emissoras de televisão ou rádio fazem. É muito primário crer que um blogueiro possa postar textos com erros de português, focar apenas em “barracos” e que não precisa ter o menor compromisso com o leitor. É como discutir o papel da imprensa, da “velha mídia” ou se jornalistas e blogueiros podem conviver juntos.

Outro ponto interessante que merece reflexão é acerca do papel dos blogs em uma era com tantas redes sociais. Facebook, Twitter, YouTube ou Instagram são canais que devem trabalhar de forma complementar com os blogs. Um não atrapalha e não prejudica o outro. Discutir se o Facebook vai acabar com a blogosfera tem o mesmo peso que já teve a afirmação de que a televisão iria morrer com a popularização da web. E o que ainda se vê é a “junção” desses diversos canais, indo contra a opinião dos gurus.

Confira também  Portal oferece cursos online sobre comunicação, marketing e jornalismo

Blog não é só hype. Blog sério tem conteúdo sério. Blog sério tem contextualização e linha editorial. Quem afirma que blog não tem linha editorial não trata o blog como um canal sério, portanto, não é blogueiro. A investida dos grandes meios de comunicação em criar “blogs” para jornalistas da redação tem atrapalhado – e muito – a profissionalização da blogosfera brasileira. Lá fora blog é blog e é tratado com mídia de respeito. Aqui blog é uma seção onde um jornalista pode publicar qualquer “3 linhas” e ir embora.

Achar que jornalistas e blogueiros são profissões extremamente diferentes e incompatíveis é lamentável. Nesses casos, vale uma fantasia de dinossauro para alguns profissionais. Blogs e jornalismo andam juntos. Blogueiros e jornalistas andam juntos. A profissão blogueiro e a profissão jornalista são complementares, compatíveis e formam a mídia web. O discurso de “diário de adolescente” ou “velha mídia” não merece nem 140 caracteres.

(Fonte: BlogMidia8)

LUTO: O Maranhão perde o poeta, radialista e escritor Chico Arara

Chico Arara: 06/06/1966 – 03/02/2019

Sempre dei valor às pessoas espontâneas, autênticas, versáteis, enfim, verdadeiras, que prezam uma boa e saudável polêmica.

Henrique Augusto de Miranda, o Chico Arara, era uma pessoa com as características acima. Infelizmente, a vida resolveu deixá-lo no início da noite deste domingo, 3, para tristeza de seus familiares e uma legião de amigos que ficam órfão da sua alegria e irreverência.

Chico Arara passou mal e foi levado com urgência para uma Unidade de Pronto Atendimento em São João dos Patos, onde permanecia entubado e sob coma induzido, respirando com ajuda de aparelhos. Aliás, Chico era natural de Nova Iorque, mas adotou a bela São João dos Patos como sua cidade do seu coração, talvez porque o município tem muito a ver com a sua personalidade.

Poeta popular, Chico Arara chegou a lançar um livro e atualmente apresentava dois programas na Rádio Sertão FM: “A Verdade”, voltado para a política e variedades; e outro em tributo ao rei Roberto Carlos. Ambos campões de audiência em São João dos Patos e região.

Este blogueiro estava com viagem pré-agendada para visitar o amigo Chico Arara na companhia do nosso querido e talentoso Tom Cleber, cantor e compositor, também patoense.

O que conforta o meu coração é que Chico Arara não passou sem eu ter a oportunidade de conhecê-lo.

No ano passado tive o prazer de me encontrar com Chico na Assembleia Legislativa do Maranhão e depois tomar boas “geladas” na Avenida Litorânea com esse que foi um grande exemplar da raça humana, coisa que a cada dia está mais difícil de se encontrar neste mundo.

Chico Arara deixa a esposa e dois filhos.

Vá em paz, meu amigo.

Certamente sua passagem não é sinal de descanso eterno, posto que seres humanos com você não descansam jamais, nem em outros planos.

A alegria não deixa.

Valeu, Chico Arara!!!

Pesquisa destaca cinco coisas que todo mundo precisa saber sobre o futuro do jornalismo

Pensar o futuro do jornalismo atento aos sinais do presente. O Reuters Instituto divulgou na última semana um relatório com informações importantes para esse exercício. O documento destaca cinco coisas que todo mundo precisa saber a esse respeito.

Intitulado “Mais importante, mas menos robusto? Cinco coisas que todo mundo precisa saber sobre o futuro do jornalismo”, o estudo chama a atenção para os riscos representados pelo crescimento na desigualdade informacional, além de problemas em modelos de negócios e a importância das plataformas de mídias sociais neste processo.

Os cinco tópicos destacados pelos pesquisadores são:

1 – Mudamos de um mundo onde as organizações de mídia eram guardiãs da verdade informativa para outro no qual a mídia ainda produz a agenda de notícias, mas as empresas de plataforma controlam o acesso ao público;

2 – A mudança para mídia digital multiplica as fontes de informação acessadas pelas pessoas, mesmo que bolhas de filtro funcionem como câmaras de eco de notícias e pensamentos;

3 – O jornalismo está perdendo a batalha pela atenção das pessoas e, em alguns países, pela confiança do público. Isso tem reflexos diretos na audiência e frequência de acessos diários às notícias;

4 – Os modelos de negócios que financiam as notícias muitas vezes enfraquecem o jornalismo profissional, deixando a mídia mais vulnerável a pressões comerciais e políticas;

5 – Com a era digital, a notícia nunca esteve tão diversificada e o melhor jornalismo, em muitos casos, melhor do que nunca, tendo como objeto desde os políticos mais poderosos até as maiores empresas privadas.

Os pesquisadores indicam, contudo, que apesar de demandar atenção e adaptações, o setor ainda tem perspectivas abertas por vários motivos.

“A mídia digital traz muitos desafios para o jornalismo e nossas sociedades, mas também oportunidades muito reais tanto para a mídia quanto para o público. O desafio para jornalistas e mídias de notícias é continuar a se adaptar à mídia digital e construir uma profissão e um negócio”, destacou Rasmus Kleis Nielsen, diretor do Instituto Reuters para o Estudo do Jornalismo.

“O papel do jornalismo em muitos casos diferentes, incluindo o movimento #metoo, no confronto com a corrupção entre funcionários públicos e no fomento ao debate público em torno das práticas de poder e privacidade das plataformas, ressaltam a relevância contínua do jornalismo investigativo”, acrescentou Meera Selva, coautora da pesquisa.

Acesse a íntegra do relatório. (em inglês).

(Fonte: Portal Imprensa)