VITÓRIA DO MEARIM: Município completa 185 anos e o seu povo ganha melhorias na educação, saúde e infraestrutura…

Vitoria do Mearim completou, no último dia 19, 185 anos, cujos festejos foram marcados por inaugurações de reformas e aplicações em escolas, do hospital municipal, na inovação administrativa com o novo Centro, onde o povo poderá ser atendido pela gestão da prefeita Dídima Coêlho com dignidade, além de um mega show, que encerrou os festejos. “Queremos cumprimentar a todas as pessoas que de uma forma ou de outra, que com união ajudou a dá uma nova roupagem ao nosso município. Estou honrada em poder participar da história da nossa Vitória do Mearim”, falou a prefeita Dídima Coêlho.

Buscando resgatar a educação de Vitória do Mearim, a prefeita Dídima Coêlho reformou e ampliou diversas escolas municipais, trazendo um ambiente prazeroso aos professores e alunos, além da aplicabilidade correta dos recursos do Fundeb e do FNDE.

Diante de tantas escolas reformadas e aplicadas, foram inauguradas as reformas e ampliação, durante as festividades dos 185 anos de Vitória do Mearim, das escolas dos Povoados de Jaguary e Jacarey, na sede foram entregues as escolas Antonia Farias, Mon Senhor Arthur Gonçalves, a escola infantil Menino Jesus.

“As reformas e ampliações dessas escolas foram feitas com os recursos constitucionais do Fundeb, buscando atender as exigências do Ministério da Educação. A minha administração está na luta por uma educação de qualidade ao meu povo, isso com escolas que transmitam um ambiente prazeroso, valorizando o corpo docente e respeitando o corpo discente, cujo foco e a qualidade do ensino/aprendizagem estão empenhados na formação de cidadãos críticos e questionadores”, afirmou a prefeita Dídima Coêlho.

Fotos antes das reformas e ampliações das escolas:

Fotos após as reformas e ampliações efetuadas pela gestão Dídima Coêlho:

Dando sentido real a uma gestão voltada para o povo, Dídima Coêlho inaugurou o Centro Administrativo Cristovam Dutra Martins. A prefeitura anteriormente funcionava em diversas casas alugadas, não dando conforto àqueles que buscavam a administração municipal para solucionar seus problemas, além de consumir o montante de R$ 36 mil aos cofres municipais com alugueis. Com esse novo Centro Administrativo, a prefeitura passou a economizar R$ 16 mil e deu um atendimento humanitário aos munícipes que buscam o poder público.

“Eu visei uma administração concentrada, onde o atendimento fica adequado e de respeito à cidadania. É preciso respeitar o povo dando-lhe um bem-estar. Eu estou prefeita e não entrei para aproveitar do dinheiro público, visto que sempre tive equilíbrio econômico/financeiro e tenho meus bens patrimoniais bem antes de entrar na vida pública, continuo apenas com eles. Sinto-me honrada em assumir o destino que o eleitor da minha terra me conferiu. Estou administrando Vitória do Mearim apenas com os recursos constitucionais, haja vista que recebi a prefeitura inadimplente junto aos governos estadual e federal. Porém minha gestão vem lutando para que o município se torne adimplente e, assim, possamos fazer mais por minha gente”, alertou a prefeita Dídima.

A prefeitura antes de Dídima Coêlho

Centro Administrativo na gestão Dídima Coêlho

Nesses 185 anos, Vitória do Mearim recebeu uma nova infraestrutura no Hospital Municipal Kalil Moises da Silva. A reforma se fazia necessária, visto que nessa unidade hospitalar os índices de infecção e de maus tratos superavam todas as expectativas dá má gestão. A reforma e a implantação de serviços essenciais estão dentro das exigências da OMS, num resgate digno dos 50 leitos adequados e humanizados. O Centro Cirúrgico foi reformado dentro das exigências que o caso requer. O laboratório e o RX emitindo resultados em conformidade com os princípios médicos. A nutrição oferecendo alimentações dentro dos preceitos nutricionais tanto aos pacientes, aos acompanhantes e seus funcionários.

“O resgate da nossa principal unidade hospitalar e das demais unidades foi visando dá aos munícipes uma saúde pública de qualidade, isso com as aplicabilidades dos recursos de acordo com suas necessidades, através da compra equipamentos, kits laboratoriais, alimentação adequada e, principalmente, cumprindo com o pagamento dos profissionais”, destacou a prefeita.

Foto antes das reformas do hospital municipal:

Fotos após as reformas e ampliações efetuadas pela gestão Dídima Coêlho:

Vitória do Mearim está rumo certo e a busca por inovações sempre serão bem vidas…

(Fonte: Blog do Caio Hostílio)

MORROS: Prefeito participa do lançamento do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

O prefeito de Morros, Sidrack Feitosa juntamente com gestores de outros 13 municípios que compõem a Região Metropolitana da Grande São Luís (RMGSL), participou nesta terça-feira (17), do Seminário de Lançamento do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana da Grande São Luís. O evento aconteceu no auditório do Palácio dos Leões, e contou ainda com a presença de secretários de Estado e representantes de entidades de classe e da sociedade civil.

A abertura do Seminário, foi realizada pelo presidente da Agência Executiva Metropolitana (AGEM), Lívio Jonas Mendonça Corrêa que destacou a importância do Plano para a integração e gestão de resíduos na Região Metropolitana. “O documento será um norteador de ações para os 13 municípios que compõe a Região e por essa razão precisa da participação efetiva de todos”, completou.

Para o prefeito Sidrack que vem participando de todo o processo desde a concepção da Região Metropolitana, até a sua aprovação, os avanços já alcançados significa se aproximar cada vez mais das soluções conjuntas para destinação adequada não apenas do lixo, como também fomentar mecanismos que possibilitem a geração de recursos por meio dele.

“Sabemos que o lixo sempre vai existir e com perspectiva de aumento, porém a formatação do plano prevê exatamente soluções sustentáveis que não apenas dê uma destinação ao volume como também suscite meios de reaproveitamento para geração de renda”, avaliou o prefeito.

Projeto

O Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de São Luís, define as políticas e estabelece as diretrizes para a gestão integrada de resíduos sólidos na RMGSL. O Plano inclui cinco etapas, sendo a primeira delas, o diagnóstico, seguido do prognóstico e estudo de alternativas, em seguida o estudo de viabilidade da implementação da alternativa selecionada e diretrizes para educação ambiental da comunidade, estratégias de implementação, capacitação, difusão e promoção do Plano. E finalmente a quinta e última fase é a conclusão do Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos e preparação dos produtos em sua forma definitiva.

VITÓRIA DO MEARIM: Prefeita Didima entrega escolas, hospital e novo Centro Administrativo

Prefeita Dídima Coelho.

Para celebrar os 185 anos de emancipação política, a Prefeitura de Vitória do Mearim vai entregar diversos presentes a população do município. Com uma vasta programação que se inicia nesta quinta-feira (18) e se estende até domingo (22), a prefeita Didima Coelho (MDB), vai entregar importantes equipamentos urbanos, além de garantir lazer e diversão através de diferentes manifestações culturais.

Nesta quarta-feira (18), a partir das 15h, a prefeita Didima e sua equipe de trabalho entregam o Colégio Municipal Jaguary, devidamente reformado. Logo em seguida será a vez do Colégio Municipal de Jacarey. Na mesma tarde ainda ocorre um culto evangélico em frente ao Centro Administrativo que fica as margens da BR-222.

O primeiro dia da programação dos 185 anos de Vitória do Mearim será encerrado com a realização de vários shows gospeis com as bandas Ágape, Fogo no Altar, R.M.S. e Raízes de Jessé.

Na quinta-feira (19), dia do aniversário de Vitória do Mearim, a programação se inicia às 6h da manhã com a banda “Bragas de Ouro”. Logo em seguida ocorre a missa de Ação de Graças na Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazaré.

A partir das 9h são retomadas as inaugurações, iniciando pelo Centro Administrativo municipal. Às 10h mais quatro escolas serão entregues: Jardim de Infância Menino Jesus, Jardim de Infância Monsenhor Artur Gonçalves, Escola Municipal Maria Corrêa e Escola Municipal Antônia Farias.

Às 12h30, Didima Coelho e seu secretariado entregam o Hospital Municipal Kalil Moisés devidamente reformado e pronto para atender com eficiência a população. No período da tarde várias atividades vão ser desenvolvidas no Cras da Praça Rio Branco.

Na noite de quinta-feira (19) e durante o domingo (22), várias bandas locais e artistas de fora se apresentam na Praça Rio Branco e na Beira Rio.

(Fonte: Blog do Diego Emir)

O Palácio dos Leilões 2

Não será de causar espanto, ao menos para o Blog do Robert Lobato, se a qualquer momento estourar um escândalo envolvendo o governo e VIP Leilões de proporções iguais ou maior ao que houve no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde

O pátio da Vip: confisco para bancar a fúria arrecadatória do governo comunista.

O governo Flávio Dino (PCdoB) segue com a sua política vergonhosa, autoritária, imoral e ilegal de confiscar motos e automóveis dos proprietários com IPVA atrasado para, em seguida, leiloá-los.

Pelos quatros cantos do estado, da capital ao interior, a ordem é multar, confiscar e mandar os veículos para o pátio da famigerada empresa VIP Leilões, localizada na BR-135, no Distrito Industrial de São Luis.

Essa política nefasta de confisco de bens dos cidadãos maranhenses é para manter outra política, não menos nefasta para os contribuintes, que é fúria arrecadatória do governo comunista por impostos. Ou seja, um governo tão glutão por impostos quanto o governador por comidas e bebidas.

A situação é tão desgraçadamente dramática que há casos onde proprietários, tomados por uma revolta perfeitamente compreensível, preferirem destruir suas motos ou carros a vê-los guinchado pela VIP Leilões – que praticamente se tornou sócia do governo nesse negócio milionário! Aliás, não será de causar espanto, ao menos para o Blog do Robert Lobato, se a qualquer momento estourar um escândalo envolvendo o governo e VIP Leilões de proporções iguais ou maior ao que houve no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde.

Será o momento em que maranhenses descobrirão que, em verdade, o nome da sede do Governo do Maranhão chama-se Palácio dos Leilões.

Lições do caso Mariano de Castro 16

Tivesse levado a sua vida tranquilamente como médico, o destino poderia ter sido totalmente diferente para Mariano. O mesmo vale para muitos dos envolvidos nesse caso escabroso, incluindo o secretário Carlos Lula, que optou por deixar a atividade jurídica onde tem conhecimento e talento para aventurar-se na gestão pública – Lula nunca mais deixará de ter problemas como a Justiça e queira Deus com Polícia Federal

O caso Mariano de Castro não foi o primeiro e está longe de ser último envolvendo política, corrupção e dinheiro, muito dinheiro.

Muito provavelmente, o médico imaginou que nunca aconteceria com ele tudo o que aconteceu. Quando aceitou a ser operador de diversas maracutaias na área da Saúde do governo Flávio Dino, Mariano deu as costas para a sua profissão e resolveu ganhar dinheiro fácil através de esquemas de milhões de reais.

Ocorre que tudo que chega fácil também vai embora fácil. E se tratando de dinheiro oriundo de corrupção a coisa complica ainda mais, pois “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23). O médico Mariano de Castro provou dessa verdade da forma mais trágica possível ao tirar a própria vida.

Tivesse levado a sua vida tranquilamente como médico, o destino poderia ter sido totalmente diferente para Mariano. O mesmo vale para muitos dos envolvidos nesse caso escabroso, incluindo o secretário Carlos Lula que optou por deixar a atividade jurídica, onde tem conhecimento e talento, para aventurar-se na gestão pública – Lula nunca mais deixará de ter problemas como a Justiça e queira Deus não tenha com Polícia Federal.

Com a divulgação póstuma das cartas de autoria de Mariano de Castro é imprevisível saber exatamente onde tudo isso vai dar.

Mais suicídios virão por aí? Assassinatos de pessoas envolvidas poderão ocorrer? Quantas prisões de autoridades públicas deverão ainda ser pedidas? O governo Flávio Dino resistirá aos desdobramentos de tamanho episódio lúgubre?

São questionamentos que surgem a partir do que pode vir por aí com as investigações da Polícia Federal sobre as circunstâncias do suicídio de Mariano de Castro Silva.

O fato é que dá para tirar muitas lições desse caso, principalmente quanto a não cair em tentação de embolsar milhões através de esquemas com o dinheiro público que estão, cada mais, monitorados pelos órgãos policiais, judiciais e de controle.

Mariano “falará” do além-túmulo.

E salve-se quem puder.

VITÓRIA DO MEARIM: Prefeitura prepara cestas básicas para distribuição entre os desabrigados

Entrega de cestas básicas pela Prefeitura de Vitória do Mearim garante transparência e qualidade no atendimento. As cestas básicas serão doadas gratuitamente pela Prefeitura Municipal, visando atender as famílias desabrigadas em decorrência do volume crescente das águas do Rio Mearim.

Os beneficiados serão famílias em situação de vulnerabilidade social e insegurança diante dos fenômenos da natura, que aumentou o volume de água do Rio Mearim.

A medida adotada tem como objetivo concentrar as entregas de forma que possa levar a essas famílias condições alimentar, cujo atendimento será feito de maneira alinhada e organizada pela Prefeita Dídima Coêlho.

Outros aspectos de grande importância decorrentes desta medida é a transparência em todo o processo e a continuidade do abastecimento.

Pare de perder tempo com pessoas tóxicas

“Não sou eu, é ele” é o que a maioria de nós costuma dizer. Somos rápidos para culpar os outros pelo que sentimos

Darius Foroux, Administradores.com

Você já se irritou com o comportamento sórdido de um colega de trabalho, amigo ou mesmo familiar. Bom, se você deixa os outros lhe irritarem, a culpa não é deles.

“Não sou eu, é ele” é o que a maioria de nós costuma dizer. Somos rápidos para culpar os outros pelo que sentimos.

Dizemos que os outros nos fazem sentir de determinada maneira. Trata-se de um equívoco. Você devide como sentir acerca das coisas que acontecem na sua vida.

Não são os eventos que nos ferem. São as nossas percepções de tais eventos que nos ferem. Essa é uma das ideias mais importantes da filosofia estóica.

Em outras palavras, você decide qual significado atribuir às coisas que acontecem na sua vida. Se seu amigo mente sobre você para outras pessoas e você se irrita, você tomou a decisão de se irritar.

Afinal, você não controla os outros. É por isso que as pessoas com quem você passa seu tempo é uma questão de vida ou morte.

O grande filósofo estóico, Epiteto, disse o seguinte em seu Manual para a Vida.

“Evite se relacionar com pessoas que não compartilham os seus valores. A associação prolongada com essas ideias falsas só vai embaçar seu pensamento”.

É algo em que acredito. Já vi pessoas destruírem as vidas de outras o suficiente para não dar importância a essa ideia.

Aposto que você também já teve experiências com pessoas tóxicas, na falta de um termo melhor, na sua vida.

É algo em que acredito. Já vi pessoas destruírem as vidas de outras o suficiente para não dar importância a essa ideia.

Aposto que você também já teve experiências com pessoas tóxicas, na falta de um termo melhor, na sua vida.

Há dois tipos de pessoas
Pessoas com valores;
Pessoas sem valores.
Acredito que menos de 1% da população tem valores, que nada mais são do que respostas para questões como:

Como eu trato outras pessoas?
Como eu me trato?
O que é certo e o que é errado?
Eis uma maneira fácil de detectar pessoas sem valores: quando você vê que alguém se tornou uma pessoa completamente diferente em um segundo — é aí que sabemos que essa pessoa não tem valores.

Por exemplo, na nossa empresa recentemente contratamos um estagiário tóxico. Ele se transformou numa pessoa completamente diferente daquela que havíamos contratado.

É claro, o erro foi nosso. Mesmo que ele tenha falado bastante sobre valores durante o processo de entrevista, não detectamos nenhum sinal suspeito.

E tudo correu bem durante a primeira semana. Mas assim que o estagiário encontrou um parceiro entre os demais estagiários, tudo começou a mudar.

De repente, com esse novo parceiro, começaram as fofocas, tentativas de manipulação dos outros e de criar dissidências. Felizmente, identificamos rapidamente o comportamento e comunicamos a nossa política de tolerância zero para comportamentos tóxicos.

Não é algo difícil de acontecer em organizações. As pessoas escondem suas verdadeiras cores. Eu diria que elas escondem o fato de não terem cor alguma.

Quando você não tem valores, automaticamente gravita para o comportamento humano natural, que é extremamente obscuro. Recentemente li 12 rules for life (sem edição em português), do Dr. Jordan Peterson, um psicólogo clínico e professor na Universidade de Toronto.

Sua proposta fundamental é que pessoas são naturalmente más e que viver é sofrer. Para provar a hipótese, Peterson detalha exemplos convincentes da história.

Ele está certo. As pessoas sempre mentiram, mataram e traíram ao longo da vida.

Mas há uma alternativa
Você pode facilmente entrar pelo ralo dos comportamentos sórdidos. Basta perder tempo suficiente com pessoas ruins — eventualmente, você se tornará uma delas.

Você também pode gastar seu tempo com fofocas, mentiras e manipulações. Talvez vocẽ até se sinta bem com isso. A sensação de poder, não importa como é adquirida, dá prazer às pessoas. É assim que nossa mente trabalha.

Portanto, quando você reconhecer alguém que não tem princípios, demonstre atitudes reprováveis e tenha várias caras — pule fora.

Cerque-se de pessoas que querem o melhor para você.

Não de pessoas que são invejosas, que não suportem ver o seu sucesso e que sejam negativas em tudo. Acredito que isso é importante para qualquer pessoas que queira viver uma boa vida.

Alguns anos atrás, quando comecei a viver uma vida consciente, precisei me despedir de pessoas que queriam apenas viver uma vida de prazer.

Também vi outros amigos que começaram a mudar suas vidas para melhor, mas foram puxados de volta para o poço sem fundo da escuridão por outras pessoas.

Mas, como você e eu sabemos, a vida também é cheia de pessoas amáveis. Não é ruim de todo.

Seja exigente com o seu tempo
“Você é a média das cinco pessoas com quem passa mais tempo”. Parece um velho clichê. Mas creio que ainda não entendemos por completo o impacto que outras pessoas têm em nós.

Como afirmou Epiteto, os outros podem embaçar seu pensamento. Vale a pena?

Encare da seguinte maneira: você daria R$ 1000 para cada pessoa na sua vida se elas pedissem? Se a resposta é não, pare de dar seu tempo a essas pessoas que não têm os mesmos valores que você.

Eu restringi a lista de pessoas com quem passo 90% do meu tempo apenas para meus familiares mais próximos e meus dois melhores amigos. O restante do meu tempo eu dedico ao trabalho e aos exercícios. É o que eu mais faço. E eu nunca aproveitei tanto a minha vida como agora.

Se você tem um trabalho que ama e pessoas que ama, então você não tem mais com o que gastar seu tempo.

Nada dará mais satisfação do que ter uma carreira significativa e uma família forte.

“Mas e se minha família for tóxica?”

Inspire seus familiares a mudarem para melhor. Eu não desisti da minha família. Mesmo que leve 10 anos, eu ainda tentarei ajudá-los.

Crie seus valores e agarre-se a eles
Para viver uma vida virtuosa, você precisa de princípios. Sem princípios (ou valores), não temos caráter. E sem caráter, não somos ninguém.

“Quem se importa?”

Mais do que qualquer pessoa, você deveria se importar. É você quem se olha no espelho todos os dias. Você está feliz com o que vê?

Essa é a única medida que tenho para minha vida. Eu preciso gostar da pessoa que vejo no espelho. Se eu não gosto dela, eu mudo. É o que sempre fiz. E é o que faço até hoje.

Melhore
Qual a alternativa? Como Peterson concluiu em 12 rules for life, não há outra opção viável para a vida.

Só existe um caminho para a felicidade: seguir em frente.

Você precisa da promessa do que você poderia ser. Você precisa de um caminho para uma vida melhor. Nenhum de nós é perfeito.

Não importa se vamos alcançar ou não o nosso destino. O que importa é nossa melhoria constante.

Movimentos farão dia nacional de luta em defesa da Eletrobras 2

Sindicatos, movimentos populares e trabalhadores do setor elétrico estatal vão dar mais uma demonstração de que não aceitam a entrega da maior empresa de energia elétrica da América Latina à iniciativa privada. Na próxima segunda-feira, 16, vão ocorrer paralisações, atos e manifestações em todos os estados na defesa da Eletrobras pública, eficiente e para todos

247 – Sindicatos, movimentos populares e trabalhadores do setor elétrico estatal vão dar mais uma demonstração de que não aceitam a entrega da maior empresa de energia elétrica da América Latina à iniciativa privada. Na próxima segunda-feira, 16, vão ocorrer paralisações, atos e manifestações em todos os estados na defesa da Eletrobras pública, eficiente e para todos.

Em Brasília, às 10h, acontece um grande ato em frente ao Ministério de Minas e Energia contra o desmonte do setor elétrico estatal.

Impedir a aprovação da venda da Eletrobras é o principal desafio do momento. A população brasileira que vem sofrendo uma série de ataques, com retirada de direitos e desemprego, vai ser mais uma vez penalizada com a privatização da Eletrobras.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a venda da Eletrobras vai resultar em um aumento inicial na tarifa de energia de 16,7%, no mínimo. Alguns especialistas apontam reajustes superiores a 70%.

Outro impacto é o corte na tarifa social que garante descontos na conta de energia para pessoas de baixa renda e beneficia mais de 8 milhões de lares brasileiros e será extinta com base na proposta da nota técnica nº 5, proveniente da consulta pública nº 33, que altera o marco regulatório do setor elétrico. Segundo dados da Aneel, do total, 56% dos favorecidos pelo programa estão no nordeste e 24% no sudeste.

A Eletrobras, responsável por mais da metade da energia elétrica consumida no país, controla 47 hidrelétricas, 114 térmicas (energia gerada a partir da queima de carvão, gás ou óleo), 69 eólicas e distribuidoras de energia de seis estados: Acre, Alagoas, Amazonas, Piauí, Rondônia e Roraima. Estão entre os estados com menores IDH do país Piauí, Alagoas e Acre.

FAMEM viabiliza auxílio para municípios através da tecnologia de filtragem de água

Joaquim Neto expõe aos prefeitos sobre seu invento

Premiado internacionalmente, o médico veterinário Joaquim Neto, atualmente exercendo o cargo de secretário municipal de Educação de Rosário, participou, na última quinta-feira (12), de reunião na sede da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), em São Luís.

Na oportunidade, prefeitos e prefeitas de várias regiões do estado, além de representantes do governo maranhense e da Defesa Civil, discutiram estratégias para amenizar o sofrimento de moradores de várias cidades que foram alvos das enchentes.

Joaquim Neto, que é inventor, se colocou à inteira disposição da entidade, presidida pelo prefeito Cleomar Tema, no sentido de levar para os municípios atingidos tecnologia desenvolvida por ele e que consiste na implantação de equipamentos que filtram água contaminada e a transforma em líquido potável para o consumo humano.

A ideia foi prontamente aceita por Cleomar Tema, que hipotecou apoio ao projeto, além de ter destacado aos gestores municipais a importância de tal tecnologia, já testada e aprovada.

Cleomar Tema sugeriu aos seus colegas prefeitos que também adotem as medidas necessárias para a decretação do estado de emergência, identificando número de desabrigados, prédios públicos e privados danificados e que recorram de imediato à Defesa Civil.

De acordo com ele, a decretação do estado emergência faz-se necessária com o objetivo de fazer com que as prefeituras atingidas estejam aptas a receber recursos federais e estaduais.

Em 1994, durante um surto de cólera no Maranhão, ele apresentou seu invento, ajudou na eliminação do problema, foi alvo de uma vasta matéria do Fantástico da TV Globo e seu invento foi adotado pela Universidade de São Paulo (USP). Posteriormente foi premiado no Brasil e no exterior.

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR: Prefeitura entrega mais 260 títulos definitivos de propriedade à famílias ribamarenses

Dando sequência ao programa de regularização fundiária que iniciou em 2017 com a criação da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária (SEMREF) em São José de Ribamar, o prefeito Luis Fernando Silva entregou na última sexta-feira (06) mais 260 títulos de propriedade definitivos à moradores de 19 bairros ribamarenses.

Nesta segunda etapa, foram entregues títulos individuais, que ocorre quando o cidadão pede a regularização do imóvel. Com o documento em mãos, os proprietários poderão a partir de agora, obter a matrícula do imóvel diretamente junto ao Cartório de Registro de Imóveis e assim exercer todos os direitos reais sobre os mesmos.

Durante a solenidade, o prefeito Luis Fernando, ressaltou a importância da iniciativa, que vem sendo realizada desde o ano passado com o objetivo de assegurar as famílias o direito a posse da área onde vive.

“Em 2016 entregamos em uma grande cerimônia coletiva, mais de 1300 títulos para as comunidades de Canudos e Terra Livre. Hoje voltamos a convocar as famílias para entregar mais 260 títulos, e em maio outros 300 documentos de posse já estão sendo programados para entrega. Essa é sem dúvida uma das ações mais gratificantes para qualquer gestor, que é de garantir em lei o que é seu, sua casa, seu lar, sua moradia”, disse o gestor.

Dona Vanderlina Santos de 84 anos, disse que esperou 30 anos para sentir a emoção de poder receber o título que simboliza seu pedaço de chão. “Eu estou muito feliz e satisfeita. Foram 30 anos de espera, mais hoje já posso chamar minha propriedade de minha”, comemorou a aposentada.

Além da região da Sede, também receberam títulos de propriedade, famílias dos bairros Sarney Filho, Panaquatira, Vila Kiola, Jardim Tropical, Araçagy, Vila Cafeteria, Tijupar Queimado, Matinha, Cohatrac, Vila Santiago, Jota Câmara, São Raimundo, Piçarreira, Vila Dr. Julinho, Trizidela, Parque Jair, Cohabiano, Quinta e Jota Lima.

De acordo com o secretário de regularização fundiária, Daniel Menezes, a previsão é que até maio, também sejam entregues títulos individuais e coletivos. “O prefeito já determinou que o trabalho de levantamento e regularização seja acelerado para que as famílias que aguardam há anos regularizar seu imóvel, tenham concretizado seu sonho no menor tempo possível”, revelou.

Além do vice-prefeito, Eudes Sampaio, também participaram da entrega os vereadores Paulo Alencar, Marlene Monroe, e o vereador professor Cristiano, líder de Governo.