Jornalista americano Glenn Greenwald comenta sobre posse do seu marido na Câmara em substituição a Jean Wyllys

Nascido na favela do Jacarezinho, David Miranda era amigo da vereadora Marielle Franco, assassinada no ano passado, e tem forte proximidade com o movimento negro.

O jornalista americano Glenn Greenwald usou a sua rede social do Twitter para comentar  sobre o posse do seu marido na Câmara dos Deputados, o também jornalista David Miranda (PSOL), em substituição Jean Wyllys, que anunciou que não assumirá o mandato deputado federal alegando ameaças de morte.

“O substituto de Jean Wyllys para o Congresso é meu marido, David Miranda. A saída de Jean significa que David se tornará o único LGBT em todo o Congresso na era de Bolsonaro. Conforme Jean sempre fez, David está muito pronto para lutar”, tuitou o Greenwald.

Glenn Greenwald.

Assim como Jean, Miranda é homossexual e ativista da causa LGBT. Em 2016, ele foi o primeiro vereador gay a ser eleito para a Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

Nascido na favela do Jacarezinho, David Miranda era amigo da vereadora Marielle Franco, assassinada no ano passado, e tem forte proximidade com o movimento negro.

(Com informações da Revista Fórum)

Deixe uma resposta