Conheça Mecias de Jesus, o maranhense que derrotou Romero Jucá na eleição de senador em Roraima

Embora não seja um novato na política, já que elegeu-se vereador em 1993 e foi por seis vezes deputado estadual e presidiu a Assembleia Legislativa de Roraima por duas gestões, Mecias Pereira derrotou ninguém menos do que o peso pesado da política roraimense e nacional Romero Jucá, presidente do MDB.

O Senado brasileiro terá quatro maranhenses nesta legislatura que se inicia no próximo dia 1º de fevereiro.

Além de Roberto Rocha (PSDB), Eliziane Gama (PPS) e Weverton Rocha (PDT), chega na Câmara Alta do Congresso Nacional, Antônio Mecias Pereira de Jesus (PRB), 56 anos e natural de Graça Aranha (MA).

Trajetória

Em 1974, com 12 anos, mudou-se para Roraima com a família instalando-se em São João da Baliza, no sul do estado. Ele trabalhou como engraxate, garçom e jardineiro até ingressar no serviço público em 1979, em seguida gradou-se em gestão financeira.

Embora não seja um novato na política, já que elegeu-se vereador em 1993, foi por seis vezes deputado estadual e presidiu a Assembleia Legislativa de Roraima por duas gestões, Mecias Pereira derrotou ninguém menos do que o peso pesado da política roraimense e nacional Romero Jucá, presidente nacional do MDB, ex-governador do estado, nomeado pelo então presidente José Sarney, senador de vários mandatos 1994, 2002 e 2010, além de ex-presidente do Senado Federal.

Romero Jucá foi ainda líder do governo no Senado designado pelos presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Ele também foi líder no governo de Michel Temer até 27 de agosto de 2018, quando deixou a liderança por não concordar com a forma como o Palácio do Planalto conduzia a crise dos imigrantes venezuelanos em Roraima.

Pois foi exatamente esse “monstro” da política brasileira que o simpático maranhense chamado Mecias de Jesus derrotou nas urnas por pouco mais de 450 votos de diferença.

Durante a campanha, Mecias disse que a educação será prioridade em seu mandato como senador.

(Com informações da Agência Senado)

Deixe uma resposta