SANTA LUZIA: Em nota, prefeita França do Macaquinho informa que ajuizou ações contra blogueiros

Na nota, a gestora considera ainda que os blogueiros foram “irresponsáveis” nas suas publicações, entendendo que procurar a Justiça é “a atitude correta”.

A prefeita de Santa Luzia, França do Macaquinho (PP), resolveu procurar a Justiça após considerar que dois blogueiros, um de São Luis e outro da própria cidade de Santa Luzia, utilizaram-se de “afirmações levianas e mentirosas atribuindo-lhe comportamento indevido em relação a julgamento de processo no âmbito do egrégio Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA)”.

Na nota de esclarecimento, a gestora municipal considera ainda que os blogueiros foram “irresponsáveis” nas suas publicações, entendendo que procurar a Justiça é “a atitude correta” e que confia “na seriedade, honestidade, e na imparcialidade dos membros do Poder Judiciário”.

A seguir a íntegra da nota da prefeito França do Macaquinho.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeita de Santa Luzia-MA, França do Macaquinho, eleita legitimamente por quase 20 mil eleitores, cuja Administração tem aprovação de cerca de 70% da população, segundo pesquisas recentes, vem, por meio da presente nota, informar que ajuizou ações judiciais contra os blogueiros Domingos de Jesus Costa (autor do Blog do Domingos Costa) e Platiny da Silva Oliveira( responsável pela divulgação do Blog “O Blogueiro Luziense”), tendo em vista afirmações levianas e mentirosas publicadas por ambos, atribuindo-lhe comportamento indevido em relação a julgamento de processo no âmbito do egrégio Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA).

Informa, ainda, que entende ser essa a atitude correta para responder aos irresponsáveis blogueiros, confiando na seriedade, honestidade, e na imparcialidade dos membros do Poder Judiciário (e sem fulanizar ou politizar o assunto em redes sociais), sobretudo porque, ao divulgar matérias infundadas e mentirosas para atender a grupos políticos interessados na cassação de seu mandato, os mencionados blogueiros, para além de violar a liberdade de imprensa, desrespeitaram a imagem e a honra de pessoa de bem, que tem passado e presente limpos, a merecer a devida condenação quando do julgamento dos processos por ela ajuizados.

Esclarece por fim que continua firme no exercício do mandato e na defesa de cada um dos milhares de votos legítimos que o povo de Santa Luzia lhe outorgou, sempre confiando que a justiça, ao final, prevalecerá.

Deixe uma resposta