LAURO JARDIM: Briga no reino evangélico maranhense

Foto: Jorge WIlliam | Agência O Globo

Eliziane Gama, senadora eleita pelo Maranhão, com farto apoio evangélico, recebeu um pito do pastor Pedro Audi Damasceno, chefe das Assembleias de Deus do Maranhão, por ter declarado voto em Fernando Haddad. Damasceno gravou um áudio em que diz que nenhum evangélico “pode nem deve atender” ao pedido de Eliziane para votar no petista.

Sem dizer de onde tirou a informação, Damasceno chega a dizer que Haddad “vai fechar igrejas” e repete a mentira de que Manoela Dávila disse que Jesus é gay.

Fonte: Blog do Lauro Jardim.

Deixe uma resposta