ELEIÇÕES 2018: No Maranhão, o PT deve ir de “triplex”

Mesmo com todo a força do governo, Flávio Dino terá que amargar o fato do PT em 2018 não se dividir em apenas dois campos políticos como de outras vezes, mas em três.

Por não ter conseguido viabilizar um projeto próprio para as eleições 2018, o PT deverá se dividir em ao menos três posição no pleito de outubro.

Oficialmente o partido está na aliança pela reeleição de Flávio Dino (PCdoB), mas haverá petista pedindo e apoiando também as candidatura de Roseana Sarney (PSDB) e Roberto Rocha (PSDB).

Em conversas com militantes e dirigentes petistas fica claro a “tríplice” divisão do PT no estado, numa demonstração de que o partido está longe de se seguir unido em mais uma eleição por estas terras.

Pior que na atual conjuntura, sequer o PT participará de uma chapa majoritária, nem mesmo na liderada por Flávio Dino que apenas vai se utilizar do tempo e do fundo partidário da sigla, como se fosse um “gigolô” político-eleitoral.

De qualquer, e mesmo com todo a força do governo, Flávio Dino terá que amargar o fato do PT em 2018 não se dividir em apenas dois campos políticos como de outras vezes, mas em três.

É a terceira via também movimentando o Partido dos Trabalhadores..

Enfim, é o “triplex” do PT no Maranhão.

Deixe uma resposta