PRESIDENCIÁVEIS 2018: Por que Ciro Gomes e Jair Bolsonaro não são opções para o país

 “Brasil que o Brasil quer para o futuro”, para parodiar aquele besteirol da Globo, dois entre os principais pré-candidatos a presidente da República não têm condições de oferecer nada de bom ou seguro para o nosso país.

Um é Ciro Gomes (PDT), o outro é Jair Bolsonaro (PSL).

Mas, como nos ensinara Jack, o estripador, vamos por partes. Ciro Gomes primeiro.

Ex-deputado estadual, ex-deputado federal, ex-prefeito de Fortaleza, ex-governador governador do Ceará, ex-ministro da Fazenda (governo Itamar Franco) e ex-ministro da Integração Nacional (governo Lula), ninguém pode negar que Ciro Gomes tem um currículo de gestor público admirável, tanto quanto o seu currículo partidário: PDS, PMDB, PSDB, PPS, PSB, Pros e agora PDT – sabe-se lá até quando.

Ciro Gomes poderia ser um bom presidente não fosse sua personalidade completamente doentia, incompatível com as exigências emocionais que requer a liturgia do maior cargo da República.

Bipolar, Ciro Gomes vai do médico ao monstro em apenas um milésimo de segundo, basta ser contrariado, questionado, criticado ou confrontado com algo que não lhe agrade.

Se esquecer de tomar o seu remédio controlado, Ciro Gomes espanca até a sua mãe! Aliás, o presidenciável tem fama de valentão, inclusive de ser chegado à uma violência doméstica básica, segundo noticiou tempos atrás a imprensa falada, escrita e televisiva.

O problema é que Ciro sempre parece esquecer de tomar o “tarja preta”, aí, meu amigo, cai capa do bom gestor público e sobe a do doidão, do emocionalmente desequilibrado.

O maior anti-Ciro é o próprio Ciro.

Jair Bolsonaro

Passemos agora para o milico Jair Bolsonaro.

Bom, esse nem currículo de gestor público possui.

Porém, no quesito infidelidade partidária o presidenciável Jair Bolsonaro supera o seu colega de “gênio” Ciro Gomes.

Enquanto o ex-governador cearense passou por sete agremiações partidárias, o deputado fluminense passou por oito: PDC, PP, PPR, PPB, PTB, PFL, PP (o retorno) e agora o PSL. Ufa!

Jair Bolsonaro é uma tábula rasa no que diz respeito a assuntos e temas importantes sobre a gestão, economia, desenvolvimento, relações internacionais, entre outros que exigem de um candidato a presidente da República conhecimentos suficientes para enfrentar um debate sério sobre o país.

Noves fora defender questões que o senso comum aceita como verdades, Bolsonaro é uma aberração política. E o Brasil descobrirá isso quando ele for exprimido nos debates com os seus concorrentes ou mesmo naqueles promovidos por entidades de classe com participação de jornalistas, acadêmicos, intelectuais etc.

Em verdade, Bolsonaro é fruto dessa zorra institucional e política que o Brasil atravessa. Figuras como Adolf Hilter, por exemplo, também surgiram pelo desolamento aos quais os cidadãos sentiam nos seus países.

De qualquer forma, e seja como for, nem Ciro Gomes e nem Jair Bolsonaro lograrão êxito em chegar à Presidência da República.

Isso poque, de fato, ambos não são opções para o país.

E a campanha eleitoral vai revelar isso.

Para o bem do Brasil e do povo brasileiro.

18 comentários sobre “PRESIDENCIÁVEIS 2018: Por que Ciro Gomes e Jair Bolsonaro não são opções para o país

  1. júnior disse:

    O melhor nome é o de Lula, como não voto em partido e em ideologia partidária, Lula não sendo candidato, então o mais preparado para governar o Brasil é Geraldo Alckmin.

  2. Um mar de gente! Multidões em êxtase! Efeitos da gratidão de um povo, que reconhece um líder diferenciado, um governante moderno, um cumpridor de propostas. Foi o que se viu nessa terça-feira em 3 cidades que receberam o Governador Flávio Dino!

  3. mohamad disse:

    kkkkkkkkkkk e quem seria tuas opções, o larapio Alckmin , Henrique Meireles boca de sapo gordo, kkkkkkk ou Collor de melo, kkkkk hilario não kkkkkkkk.

  4. Gustavo Júnior disse:

    Dilma, o poste de Lula, era e é despreparadissima para ocupar a presidência da república, e o Bob não enxergou isso em 2010 e em 2014.

  5. CIRO2018 disse:

    me diz uma vez em que Ciro Gomes em algum cargo deu uma demonstração de personalidade doentia ou bipolarismo? Leia bem, em exercício de algum cargo.

  6. Navas disse:

    Quem dera se um dia alguém governasse o MA enxugando a máquina pública como fez Ciro. Aumentou consideravelmente o turismo no CE. O MA está anos luz em comparação ao Ceara, triste.

  7. Stenio Guilherme disse:

    O cara vir falar que um Oficial formado na AMAN, a maior academia Militar da América Latina, considerada ainda uma das 10 melhores do mundo, não tem preparo, e, ainda dizer que um alcoólatra, analfabeto, é preparado e solução para o Brasil, não pode está com suas faculdades mentais em boas condições.

Deixe uma resposta