OS ENROLADOS: Marcelo Miller, Willer Tomaz, Weverton Rocha e a gestão Edivaldo Holanda

Em Brasília, já se fala na possibilidade do ex-procurador Marcello Miller fazer uma delação premiada o que poderia colocar, mais uma vez, o advogado Willer Tomaz no olho do furação dos escândalos que assolam o país, que por sua poderia abrir o bico e contar muita coisa envolvendo dinheiro da JBS em negócios no Maranhão

Ministério Público Federal apresentou, ontem, 25, à Justiça Federal do Distrito Federal, uma denúncia contra o ex-procurador da República Marcello Miller, a advogada Esther Flesch, o empresário Joesley Batista e o ex-diretor jurídico da JBS Francisco de Assis e Silva.

No entendimento do MPF, o ex-procurador recebeu vantagem indevida de R$ 700 mil para ajudar o J&F (grupo do qual a JBS faz parte) a obter informações para fechar acordo de delação premiada para ajudar os negócios dos famigerados irmãos Batista, Joesley e Wesley, e, por tabela, atingir o presidente Michel Temer no que conseguiram ao preço de colocar o país numa das maiores crises dos últimos tempos.

Para o MP, Marcello Miller “serviu a dois senhores” entre fevereiro e abril, a PGR e a J&F, ao “mantendo-se no cargo de Procurador da República e valendo-se da confiança do então Procurador-Geral da República [Rodrigo Janot] e membro auxiliar do Grupo de Trabalho Lava Jato, orientou a confecção de acordo de colaboração entre o MPF e seus ‘clientes’, em razão de promessa de pagamento ofertada pelos denunciados Joesley e Francisco.”

Em outubro do ano passado, durante depoimento à CPMI da JBS, o notório advogado Willer Tomaz, que também representava as tenebrosas transações da J&F, fez acusações graves contra o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot.

De acordo com membros da CPMI, o advogado se emocionou por diversas vezes e reclamou do fato de ter ficado 76 dias preso sem ser ouvido, conforme matéria do site da Folha de São Paulo publicada na época (veja aqui).

Weverton Rocha e a administração Edivaldo Holanda

“Mas, Bob, o quem a ver o deputado federal Weverton Rocha e a administração do prefeito Edivaldo Holanda em toda trama sórdida”?, perguntaria um leitor de boa-fé.

Bom, diria que tem tudo a ver direta e/ou indiretamente.

Em Brasília, já se fala na possibilidade do ex-procurador Marcello Miller fazer uma delação premiada o que poderia colocar, mais uma vez, o advogado Willer Tomaz no olho do furação dos escândalos que assolam o país, que por sua poderia abrir o bico e contar muita coisa envolvendo dinheiro da JBS em negócios no Maranhão.

Ora, Willer Tomaz é “chegado”, aliás, mais do que “chegado”, do deputado Weverton Rocha que atualmente é o homem forte da administração Edivaldo Holanda Júnior, que não é nenhum modelo de gestão ética – este blogueiro que o diga.

Se de fato Marcello Miller vier fazer uma delação premiada poderá envolver Willer Tomaz, que poderá envolver Weverton Rocha e chegar em São Luis, bem no colo do prefeito Edivaldo, num efeito casca tipo o poema “Quadrilha”.

Só que sem magia e delicadeza do poema de Carlos Drummond de Andrade.

28 comentários sobre “OS ENROLADOS: Marcelo Miller, Willer Tomaz, Weverton Rocha e a gestão Edivaldo Holanda

  1. mayra disse:

    Acho é graça desses blogs que ficam supondo as coisas que nem sabe se pode realmente acontecer ou se eles tem realmente algum envolvimento nisso só pra tentar evolver de alguma forma o Weverton Ou Edivaldo em algum escandalo.

  2. ANTONIO disse:

    É NECESSÁRIO QUE SE DESMASCARE A POSTURA DESSE WEVERTON ANTES DAS ELEIÇÕES, POIS NÃO PODEMOS DEIXAR QUE O CIDADÃO SEJA ENGANADO,, MAIS UMA VEZ,POR ESSE MELIANTE.
    PARABÉNS ROBERT. ESSE AI É O PIOR DE TODOS OS CANDIDATOS AO SENADO.

  3. Carlinhos disse:

    É tanto achismo nessa matéria, que poderia ser e faz uma enrolada e nao tem nada realmente comprovado, aí. É só p vc colocar o nome dos seus desafetos

    • Robert Lobato disse:

      Resposta: “Achismo”? “Nada comprovado”? Poxa, matérias e matérias nacionais sobre os rolos desse povo e você me vem esse mimimi. Paciência.

  4. CHARLES disse:

    Pow Robert sou um leitor assiduo teu, porém essa tua obcessão por Weverton é mt chata cara! Para com isso vc é muito bom pra ta com essas chatisses tentado criar caso. Abraços!

    • Robert Lobato disse:

      Resposta: Não se trata de obsessão não amigo, mas informações que precisam ser analisadas. O deputado é polêmico e está sempre gerando notícias. E continue com a gente.

  5. Carvalho disse:

    Tomara que essa promiscuidade entre PGR e JBS não venha servir de desculpa pra livrar a cara de Temer no futuro. Em relação a dobradinha entre WR e EH há pelo menos um episódio em que esta se consolidou como um prejuízo prático para uma comunidade: A quadra do Japão, Liberdade, foi “destruída” após ter passado por uma mini-reforma bancada pelo programa “fala São Luis” encabeçado pelo vereador Honorato Fernandes. A “destruição” em questão aconteceu por conta de um projeto de reforma total daquela praça de esportes, com orçamento de emenda parlamentar do “ilustre” pre-candidato ao senado wevertom Rocha e administrado pela prefeitura. Este é um verdadeiro “tapa na cara” do cidadão, uma aberração administrativa, pois jamais foi realizado dentro de qualquer conformidade. Os problemas vão do fato de ter sido realizado por uma “obscura” empresa que deixou um “entulho” de aberrações trabalhistas até ao fato de que o pouco que foi feito não passa por nenhuma inspeção de engenharia feita pela Caixa econômica Federal. Já se foi mais de três anos desde a “inauguração” da placa da obra (que também sumiu), com a presença de políticos e pseudo-lideranças e sequer há uma explicação satisfatória por parte da prefeitura e nem daqueles que são a “voz” do deputado na região ( incluindo alguns bem “emPenhados). Resta um jogo de empurra e uma área “degenerada” servindo para amontoar lixo, água empossada e um monte de outros problemas sociais que vem a reboque do abandono. Vale a pena conferir, infelizmente, os efeitos desse descaso administrativo e gargalo de dinheiro público.

  6. Mauro disse:

    Rapá se puxar a ficha corrida desse deputado maranhanense desde os tempos de UMES, passando pela secretaria de esportes até chegar a Dep federal… dará mais que um poema. 😂😂😂

  7. Telles disse:

    Quem defende esse cara de baiacu ewerton rocha (sempre com letras minúsculas por motivos óbvio) é porque deve ter muita gratidão para defender lo. Como pode uma pessoa não tinha uma jumenta para montar e num curto espaço de tempo arrendar uma emissora de televisão?

  8. CARLA disse:

    Certo, vamos esperar essa questão chegar numa conclusão, não sou muito de dizer quem esta certo ou errado, a apuração dos fatos vão definir essa questão, até la, temos bastantes pontos positivos, e negativos.

  9. Jorge disse:

    O que tá enrolado aí, é essa matéria toda tendenciosa e de factual naaada, só observo. Chega próximo as eleiçoes e vem matérias desse tipo, p confundir o eleitor

  10. Todo tempo esse rpz tentando envolver o deputado em algum escandalo, tentando ligar a imagem dele de alguma forma a qualquer notícia ou pessoas envolvidas em algum tipo de investigação.

    • Robert Lobato disse:

      Resposta: Caramba! Você jornais, sites de notícias, inclusive nacionais, blogs etc? Pelo jeito não. E vem mais coisas por aí.

Deixe uma resposta