LEONARDO BOFF: Uma generosidade franciscana do teólogo da libertação

O teólogo esteve no estado na condição de assessor de movimentos populares para participar 3º Encontro Interconselhos do Maranhão, realizado em agosto de 2017. Ou seja, o nosso querido e bom franciscano passou um único dia no Maranhão, o que é pouquíssimo tempo para afirmar que Flávio Dino está resgatando o MA.

O teólogo Leonardo Boff é muito mais do que um dos maiores intelectuais do brasil e do mundo.

Antes de mais manda o ex-frade franciscano é um humanista, um militante das boas causas que dão sentido à vida. É também, claro, um militante político e social de esquerda forjado na Teologia da Libertação, corrente do pensamento teológico cristão  fundada, entre outros, pelo próprio Boff, que tem no materialismo histórico marxista a base filosófica/histórica para interpretar a situação concreta do fenômenos sociais, políticos e econômicos da humanidade.

Como todo humanista, Leonardo Boff é uma pessoa generosa, e foi exatamente pela sua generosidade que fez esta declaração pelo Twitter: “Quando chegar o momento de escolher um candidato para Presidente, não vamos esquecer o nome de FlávioDino .Sua ficha é 100% limpa e está resgatando o Maranhão, especialmente pela educação. Estive lá e vi e dou testemunho”.

Como não podia deixar de ser diferente, Flávio Dino e seus asseclas trataram logo de faturar politicamente as palavras de Boff.

Também pelo Twitter, o comunista agradeceu: “Este testemunho, vindo de um dos maiores intelectuais brasileiros, muito me honra. Porém, neste ano escolhi cumprir meu compromisso em impedir que o vil coronelismo volte a se instalar no Maranhão e escravizar a nossa população. Obrigado, Professor Leonardo Boff”.

Ora, está claro que Leonardo Boff não conhece a fundo a educação do governo Flávio Dino. Ele esteve no estado na condição de assessor de movimentos populares para participar 3º Encontro Interconselhos do Maranhão, realizado em agosto de 2017. Ou seja, o nosso querido e bom franciscano passou um único dia no Maranhão.

Então, convenhamos: em apenas um dia não dá para dizer, categoricamente, que Flávio Dino está “resgatando o Maranhão, especialmente pela educação”.

Leonardo Boff é generoso.

16 comentários sobre “LEONARDO BOFF: Uma generosidade franciscana do teólogo da libertação

  1. Ih, Caramba! As declarações de Boff gerou ciúmes na sarneyzada. Mas meu caro Robert Lobato, ele só falou daquilo que testemunhou, daquilo que viu – As mudanças aconteceram no governo Flávio Dino e pra melhor! Só não vê quem não quer. Você, por exemplo, é pago para não ver e só criticar. Boff elogiou especialmente a maneira como vem sendo trabalhada a educação no Estado. O Maranhão está numa fase de cerscimento com bons indicadores socioeconômicos e isso causa um certo mal-estar na sarneyzada. Kkkkkkkkk…

  2. mohamad disse:

    Teu conhecimento é inexistente para questionar o Filosofo seu baba saco de Judas e se realmente ele teve essa visão passando um só dia, imagine os restantes dos dias do ano. Com certeza ele indicava o nosso grande homem e Governador Flavio Dino ao Oscar e a presidência da ONU.
    E se tem alguém que pode se pronunciar a respeito de tal assunto, convenhamos; o sindicato e os Professores, e não um bajulador de plantão que só sabe lambê e cheira os ovos do patrão,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

  3. roberto disse:

    Bob , meu amado, basta ver o IDEB que cresceu e continuará a crescer Das 1.300 escolas da rede estadual. o Felipe já reformou 700 . A rede estava caindo aos pedaços.

  4. júnior disse:

    Esse Boff não tem conhecimento do que acontece no Maranhão para falar uma asneira dessa, é mais fácil uma caveira fazer bochecha do que Flávio ainda ser presidente, Sarney foi por pura sorte.

  5. mohamad disse:

    “Quando chegar o momento de escolher um candidato para Presidente, não vamos esquecer o nome de FlávioDino .Sua ficha é 100% limpa e está resgatando o Maranhão, especialmente pela educação. Estive lá e vi e dou testemunho”.
    Então, convenhamos: em apenas um dia não dá para dizer, categoricamente, que Flávio Dino está “resgatando o Maranhão, especialmente pela educação”.

Deixe uma resposta