GESTÃO E ECONOMIA: Por que o Ceará avançou e o Maranhão parou no tempo

O Maranhão nunca conseguiu ser um “Ceará”, embora reúna todas as condições e potencialidades para ser um “tigre” do Nordeste.

Chegou até este editor um instigante artigo da lavra do editor-executivo dos núcleos de Negócios e Economia do grupo O Povo, Jocélio Leal, publicado no seu blog, no site do referido grupo e intitulado “Ceará, terra de paradoxos”.

No texto, o autor discorre sobre algumas contradições ocorridas no estado nordestino que nas últimas décadas teve um “boom” na gestão pública e na economia privada, mas que ainda não conseguiu avançar a contento, por exemplo, no combate ao analfabetismo que atinge cerca de 15% da população cearense.

Contudo, alguns dos dados sobre o Ceará levantados por Jocélio Leal são surpreendentes e fazem com que, nós maranhenses, reflitamos do porquê do nosso estado está parado no tempo do ponto de vista econômico e do empreendedorismo. Senão vejamos.

– A empresa que lidera o mercado de águas no País é cearense. Conforme o Euromonitor Internacional, o Grupo Edson Queiroz é líder nacional no mercado de água engarrafada, com 10,7%. A empresa cearense adquiriu a Nestlé Waters Brasil, a quinta colocada no ranking, com 1,9% do mercado – um oceano de água doce de R$ 24 bilhões no ano passado e 10,3 bilhões de litros.

– Alimentos. A líder de massas e biscoitos do País tem sede no Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza. A M. Dias Branco é uma gigante detentora de impressionantes 32% de market share (fatia de mercado) no Brasil. Na Bovespa, atingiu R$ 20.390 bilhões.

– Telecomunicações. No Interior do Estado, fica um dos cases nacionais no setor. A Brisanet, com sede em Pereiro (CE), atende 170 mil famílias no interior do Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte com serviços de telecomunicações – internet, TV e telefonia. Já entregou mais 10 mil quilômetros de fibra ótica até no fim do mês passado. Acaba de fechar R$ 20 milhões com o BNDES, em operação que o Banco do Nordeste tinha o maior interesse.

– Um dos destaques no segmento de saúde privada é de Fortaleza. O Hapvida tem cerca de 4 milhões de clientes em 11 estados. É um case de eficiência como empresa e está em pleno período de silêncio que antecede sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

–  O SAS. Uma plataforma de educação que desenvolve conteúdo, tecnologia e serviços de excelência para mais de mais de 700 escolas, sendo que 80 novas escolas só em 2018 e mais 430 mil alunos. Tem planos de igualmente ir para a Bovespa. E nem se fale nos índices de aprovação no ITA, IME e Enem. Vide as escolas privadas locais. Farias Brito, 7 de Setembro, Master e outros. Ou também no varejo farmacêutico. A Pague Menos tem mais de 1 mil lojas, mas quer duas mil e um IPO.

INVESTIMENTOS PRIVADOS e CULTURA EMPREENDEDORA

Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP)

Chega a ser constrangedor, e mesmo vergonhoso, observar que o Ceará teve a coragem de romper com um clico de atraso que há anos imperava no estado, e o Maranhão sequer dá sinais de que pode efetivamente ser um local seguro do ponto de vista político, jurídico e institucional para investimentos privados.

Por estas terras persiste a economia estatal sob sucessivos governos, inclusive no atual; de abusar dos recursos públicos aumentando gastos com a folha de pagamento, para isso, basta ver o caso do programa “Mais Capelães”, que hoje somam mais de uma centena de nomeados pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

Falta para o Maranhão estabelecer as condições para que seja criada uma cultura empreendedora, seja na forma de encarar a gestão pública para que dê resultados que a sociedade/contribuintes exigem, seja setor produtivo privado estimulando micro, pequenos, médios e grande negócios.

O fato é que governo Flávio Dino, e dele que temos que cobrar pois prometeu um paraíso nas eleições de 2014 e o que se vê hoje é um Maranhão estagnado, inviabilizado e liquidado administrativamente, com o sério risco de a qualquer momento não conseguir honrar com o pagamento do funcionalismo.

Não por acaso que reportagem da revista Valor Econômico, divulgada nesta segunda-feira (30), confirma essa tendência de crise e pobreza extrema no estado, conforme macrodados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) -, a revista aponta que, entre 2016 e 2017 o número de maranhenses vivendo com menos de US$ 60 por mês cresceu assustadoramente em São Luís (48%) e segue crescendo no interior (1%).

Esse é o Maranhão.

Que nunca conseguiu ser um “Ceará”, embora reúna todas as condições e potencialidades para ser um “tigre” do Nordeste.

Uma lástima!

34 comentários sobre “GESTÃO E ECONOMIA: Por que o Ceará avançou e o Maranhão parou no tempo

  1. Gargamelo disse:

    O maranhão está parado no tempo desde o primeiro mandato do Sarney. Melhorou um pouquinho na gestão Jackson Lago que teve seu mandato tomado via golpe judicial impetrado por esse velho nojento. Agora começou andar pra frente com Flávio Dino e temos esperança que assim continue.

    • Antonio Vidal disse:

      O estado esta andando com Flavio Dino?, meu caro Gargamelo vc não tem a minima noção do que estamos passando com este desgoverno no estado do Maranhão, se com a turma do Sarney estava ruim, com o Flavio Dino ficou mil vezes pior, e olha que eu ainda votei nesta lastima

      • Robert Lobato disse:

        Resposta: Simplesmente o governador deixou o estado refém de empréstimos a serem pagos com os recursos do FDE e de uma carga intolerável de impostos massacrando principalmente os pequenos e médios empresários e, claro, os contribuintes mais fracos. Esse é o Maranhão de Flávio Dino.

  2. júnior disse:

    Esse Gargamelo não deve ser maranhense, o Maranhão sempre foi mal administrado politicamente, havendo apenas algumas exceções durante décadas.

  3. Philip Horta disse:

    Uma coisa bem simples!
    Se qualquer técnico que trabalhe em uma das Secretarias de Estado lhe der uma lista dizendo o que tinha sido previsto fazer e o que realmente foi feito. Dá pra ter pelo menos ter @noção que não tem mais o porquê de votar em Flávio Dino e tbm quiçá em Roseana.
    O que chato é que toda vez que se fala da inércia, ineficácia do governo dele, logo tem um pra dizer e Sarney!!
    Ou seja sempre a comparação de que merecemos governante de ** sujo ou mal lavado.
    E sempre temos a certeza é que novamente precisamos é mudar até encontrar bons resultados para assim.poder continuar.
    Pra mim ADEUS FLÁVIO E ATÉ NUNCA MAIS ROSEANA SARNEYS.
    VAMOS AVALIAR E APOSTAR EM OUTROS!!

    • Antonio Vidal disse:

      Concordo plenamente com vc meu caro Philip Horta, esta é a ideia que temos que seguir, tentarmos até encontrar alguém que tenha dó deste estado sofrido

  4. mohamad disse:

    O Junior deve ser um sarneista cretino igual o blogueiro baba ovo deve ser por isso q para eles o MA não avançou. Kmarada blogueiro baba ovo de judas o Sr é um babão fiel kkkkkkkkkkkkk.

  5. Eu fico do lado do Mohamad. A gente nota o puxassaquismo do blogueiro pelo excesso de elogios que faz à oligarquia. Com certeza ele faz isso por conveniência. O fato é que essa múmia velha chamada Sarney (88 anos) já está é fazendo hora extra. Mas Flávio Dino está aí, mais folgado do que cama de viúva! Certo de que vai levar a eleição logo no primeiro turno, ele nem liga para o desespero da sarneyzada.
    Bita do Barão vai ter muito que bater tambor!

  6. Ângelo Goethe disse:

    Há controvérsias…

    Primeiro lugar a pessoa que escrever isso já está o fazendo com intuito de exaltar o estado do Ceará e menosprezar o Maranhão…

    Vamos ser ponderados e corretos com os dados e conosco mesmo….?

    Primeiro, um dos motivos cruciais para o atraso do Maranhão é a oligarquia que se instalou no estado por meio século….
    Em 3 anos o estado avançou muito, seu ‘clubismo’ aceitando ou não, você gostando do atual governador ou não…. Lembrando que esse atual governador pegou o estado na pior crise econômica da historia do Brasil… Por sí só é desonesto comparar com gestões passadas mas mesmo assim se for comparamos com essa distorção provocado pela recessão econômica do país se sai melhor.

    O Maranhão foi o estado brasileiro que mais cresceu ano passado a patamar chines de 9,7%.

    Além do mais, poderia discorrer por horas aqui o motivo pela qual o estado do Ceará tem uma economia maior que a maranhense, força populacional de trabalho, melhores governos ao longo da história, etc….

    Porém não vamos esquecer que aquele estado não está com essa bola toda não viu…. A capital Fortaleza é a capital brasileira mais violenta do Brasil a vários anos, e é um indicado que teima não cair, os índices de desemprego, e sociais no geral estão longe de fazer inveja para alguém. Fortaleza é a 5ª capital com maior taxa de analfabetismo do país (5,4%), Já São Luís está entre as 10 mais alfabetizadas (2,6%).

    • Robert Lobato disse:

      Resposta: O Maranhão tem deficit primário de mais de R$ bi! Pouco atrativo privado, nada de obras estruturante, nada de projeto a longo e médio, de forma que O Ceará está melhor do que o MA no conjunto da obra. Fato! “A pessoa que escrever isso já está o fazendo com intuito de exaltar o estado do Ceará e menosprezar o Maranhão”. Quanta desonestidade!

    • Telles disse:

      Engraçados esses comunistas sorveteiros, a exemplo disso é o salario dos servidores que ele não pagou dentro do mes, disseram que ele não tem obrigação que cumpriu o calendário, se ele tivesse pago dentro estariam soltando foguete dizendo que diferente de muitos estados que o salario está sendo parcelado. Quando não está favorável para eles colocam a culpa na tal oligarquia que receberam uma herança maldita, Agora esse cidadão vem falar que o Brasil passou por uma das maiores crises, sim o Brasil, não como aquela de 2009, que foi mundial, agora eu pergunto quem estava no poder era foi Lula e Dilmanta. Por que esse travestido de governador nunca fala isso? Bob ja que voce falou do deficit primario é bom ficarmos de olhos abertos se ele nao está querendo pedalar, seria comico se nao fosse tragico mais com aquele bucho acredito que nao. Mas voce entendeu.

  7. E tem mais! A múmia velha sabe do desgaste de Roseana no Maranhão e da boa avaliação que tem Flávio Dino, não só aqui mas em todo Brasil, no aspecto político. Sarney sabe decerto que Roseana não reúne nenhuma condição para enfrentar um governador tão bem avaliado. E aí bate o desespero…

  8. roberto disse:

    Me chamou atenção a questão das muitas empresas e empregos no Ceará. Lembrei do Cemitério de Galpões que é o Distrito Industrial. Por ali, uma tal USIMAR na qual desviaram 42 milhões da SUDAN . Lembrei-me também de um Super-secretário do Planejamento, que na sua ganância impediu mais de 60 empresas de se instalar no Maranhão, entre elas a Bungue, que tem hoje a sua fábrica em Uruçuí-PI, cidade encostada no MA, que era o interesse real da empresa e por aí vai.

  9. Automação Senai disse:

    Pouco resta para ser comentado, quando um sujeito imbecil feito o LOBISOMEM entra em cena. As sugestões para se falar o que interessa até aparecem e o que mata mesmo é o festival de idiotice que vem em troca.

  10. mohamad disse:

    Meu nobre baba ovo sei que vcs estão desesperados mas mesmo assim insistem em manter a pose kkkkkkkkkkkkk mas o babão come migalhas da mesa de Sarney Antonio Vidal não segurou mais os ânimos e partiu pra cimado nosso ilustre, intelectual e grande Governador Flavio Dino destilando seu veneno de bajulador kkkkkkkkkkkkkk.
    Valeu Lobisomem o Robert está desesperado pois sabe que tem pouco tempo de bajulador babão de judas kkkkkkkkkkkkkkk.

  11. cacador disse:

    Porque não avançou em 30 anos? a matéria deveria porque não avançamos em 50 anos porque SARNEY não deixou. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  12. Milton disse:

    Ridículo e chega a ser criminoso uma pessoa fazer qualquer comparação de governos com o do FD. É chamar seus leitores de IDIOTAS, BURROS, ACÉFALOS, bem como alguns políticos nos tratamentos mesmo.
    Antes de defender seu emprego medíocre ( desculpe por isso), pense em fazer um bem a população.
    Quantos anos o governo do Ceará teve pra mudar sua história? Quantos anos de atraso político o CEARA teve? Quanto tempo o FD está a frente do governo do MA?

    • Robert Lobato disse:

      Resposta: Ridículo e criminoso é você vir aqui atacar as pessoas que criticam com dados um governo que nem de longe fez o dever de casa para iniciar um processo de reconstrução do estado como houve no Ceará. Teu emprego, que nem faço questão de saber qual é, pelo jeito é o de “Babão Sênior”, que te torna um beócio emérito, um babaca de primeira grandeza.

Deixe uma resposta