Em artigo para o 247, jornalista critica apoio de Flávio Dino a Ciro Gomes e vê “uma face obscura do governador maranhense”

Agora foi o jornalista Guilherme Coutinho que, em artigo do site Brasil 247, criticar duramente as posições oportunistas de Flávio Dino chegando a dizer que a sua entrevista à Folha revelou “uma face obscura do governador maranhense”.

Continua repercutindo horrores, e negativamente, a entrevista do governador Flávio Dino (PCdoB), concedida à Folha de São Paulo, defendendo o nome de Ciro Gomes (PDT) para presidente da República no lugar de Lula ou de qualquer outro candidato do PT.

Na entrevista, Flávio afirma que Lula “está inabilitado” e que “o PT não tem nome capaz de unir nesse momento”.

No campo das esquerdas a reação majoritária foi de contrariedade com o comunista.

Nas redes sociais, militantes locais e nacionais do PT criticaram Flávio Dino. “Dino faria melhor em propor a seu partido que desista de candidata do que dizer ao PT de desistir do seu”, tutiou o petista Emir Sader, um dos intelectuais mais respeitados do Brasil.

Já a coluna “Essencial”, do site esquerdista Diário do Centro do Mundo (DCM), analisou as declarações contraditórias de Flávio Dino e ao final da análise a coluna diz: “O Diário do Centro do Mundo (DCM) solicitou entrevista ao governador, para entender melhor a posição dele, mas ainda não obteve resposta”, o que mostra o quanto foi um desastre a entrevista do “Professor de Deus”.

Agora foi a vez do jornalista do Guilherme Coutinho, em artigo para o site Brasil 247, também ligado às esquerdas, criticar duramente as posições oportunistas de Flávio Dino chegando a dizer que a entrevista do comunista à Folha revelou “uma face obscura do governador maranhense”.

Fiquem com a íntegra do artigo de Guilherme Coutinho que, aliás, traz alguns elementos já analisados pelo Blog do Robert Lobato. Confira.

ATÉ TU, DINO?

Há um mês, Lula está preso em Curitiba.  No entanto, apesar de privado de sua liberdade, injustamente, é bom frisar, o ex-Presidente continua elegível e candidato à Presidência da República. Nesse aspecto, como o próprio petista já frisou, buscar um substituto para alguém que, como candidato não está ausente, é esperar espólio de pessoa viva. Já foram várias pessoas que sugeriram que o PT abandonasse Lula ao apoiar outro candidato, o que sempre soou para parte da militância como traição. Mas uma dessas declarações chamou a atenção: Flávio Dino, do PC do B, declarou em entrevista que o PT deveria desistir de Lula para apoiar Ciro Gomes. Assim, em uma só tacada, Dino abandonou Lula, a candidata de seu partido, Manuela d’Ávila, e apoiou um candidato que nutre profunda antipatia no eleitorado lulista.

Flávio Dino é considerado um dos melhores quadros políticos da atualidade. Governador do Maranhão, ele tem feito uma excelente gestão, com valorização de classes sucateadas pelas sucessivas gestões do clã Sarney, como os professores, por exemplo. Dino, que foi aprovado em primeiro lugar no concurso que Moro se tornou juiz, tem experiência no campo jurídico, pois já atuou como magistrado. Por isso a estranheza. Como um nome tão importante da esquerda propõe o abandono de Lula, ignorando que seu partido já tem uma candidata, tudo isso para apoiar Ciro Gomes, um candidato que, há poucos dias, destruiu as pontes com o PT e que tem pouca, ou nenhuma, identificação com o comunismo, a bandeira maior de seu partido.

Mesmo que ele tenha tentado amenizar as declarações nas redes sociais, suas palavras, ditas à imprensa tradicional (anti-lulista pela própria natureza), já haviam criado um grande impacto – negativo – e revelado uma face obscura do governador maranhense. “Está chegando o momento de admitir uma nova agenda. Se não oferecermos uma alternativa viável, você pode perder a capacidade de atrair outros setores do centro que se guiam também pela viabilidade; Ciro é hoje o melhor posicionado. Lula está inabilitado e o PT não tem nome capaz de unir nesse momento”.

Se não é razoável pensar que uma declaração acabaria com todo o legado de um político, também é certo que a decepção é um sentimento reservado apenas àquelas pessoas por quem já tivemos admiração. “Até tu, Brutus?” teria dito Júlio César ao ser esfaqueado pelas costas pelo seu aliado. A expressão se tornou uma metáfora amplamente usada para traições de onde menos esperamos. Por isso, repetimos: até tu, Dino?

6 comentários sobre “Em artigo para o 247, jornalista critica apoio de Flávio Dino a Ciro Gomes e vê “uma face obscura do governador maranhense”

  1. jeffersson disse:

    Bom dia Robert, esse autor do artigo declara que o Flavio Dino passou em “primeiro lugar” no concurso que tambem o Segio Moro foi aprovado, se isso for verdade é uma constatação que nem sempre quem passa em primeiro é o melhor . Você tem informações de como foi a atuação do Juiz Federal Flavio Dino? Qual foi a contribuição dele para a sociedade? Abraços

    • Robert Lobato disse:

      Resposta: Pelo que sei, Flávio Dino teve uma passagem efêmera pela Justiça Federal, se dedicando mais da metade da carreira à entidades como Ajufe e CNJ.

  2. mohamad disse:

    Continua repercutindo horrores, e negativamente, a entrevista do governador Flávio Dino (PCdoB), concedida à Folha de São Paulo, defendendo o nome de Ciro Gomes (PDT) para presidente da República no lugar de Lula ou de qualquer outro candidato do PT. A tua eficiência só serve pra baba ovo podre de judas kkkkkkkkkkkkk negativamente e boçal é teu ponto de vista do artigo kkkkkkkkk é muito idiotice do baba ovo kkkkkkkkk. Vejamos um pouco mais do artigo o qual o Sr cretino baba ovo tira as conclusões obscura ; Flávio Dino, do PC do B, declarou em entrevista que o PT deveria desistir de Lula para apoiar Ciro Gomes. Assim, em uma só tacada, Dino abandonou Lula, a candidata de seu partido, Manuela d’Ávila, e apoiou um candidato que nutre profunda antipatia no eleitorado lulista. Ai existe um pensamento subjetivo da interpretação da fala pelo o autor do artigo. Agora olha só q pensamento lindo; Flávio Dino é considerado um dos melhores quadros políticos da atualidade. Governador do Maranhão, ele tem feito uma excelente gestão, com valorização de classes sucateadas pelas sucessivas gestões do clã Sarney, como os professores, por exemplo. Ai estar toda estrutura q serve como base para o artigo, q lindas palavras e assim não nos resta mas duvidas q o nosso guerreiro Flavio Dino é o melhor Governador do Brasil, pois até os baba ovos do clã estão divulgando em seus blogues os seus feitos kkkkkkkkkkkkkkkkk.

Deixe uma resposta